terça-feira, setembro 9

DATAS & FATOS ANTONINENSES

(Colaboração: Celso Meira)

Janeiro
02/01/1740 Falecia Manuel do Valle Porto
02/01/1960 Falecia o Dr. Carlos Gomes da Costa
12/01/1713 João Rodrigues França, Governador da Capitania de Paranaguá, concedia terras a Manuel do Valle Porto (sesmaria da Graciosa)
14/01/1871 Nascia, em Curitiba, Ermelino Agostinho de Leão
26/01/1971 Inaugurada a Usina Capivari-Cachoeira
29/01/1857 Villa Antonina era elevada à categoria de Cidade
30/01/1942 Chegada dos heróis escoteiros ao Rio de Janeiro
30/01/1955 Inaugurado o prédio do Fórum

Fevereiro
08/02/1931 Falecia, no RJ, Antônio Luiz Von Hoonholtz, Barão de Tefé
10/02/1937 Falecia, em São Paulo, o Conde Francesco Matarazzo
11/02/2004 Falecia Heitor Vieira (Relen Salumberg)
15/02/1842 Nascia, em Porto de Cima, Antônio Ribeiro de Macedo (Coronel)
16/02/1854 Nascia Teófilo Soares Gomes
16/02/1947 Era fundada Escola de Samba do Batel
17/02/1962 Inaugurado o Cine Ópera
27/02/1932 Falecia, em Curitiba, Ermelino Agostinho de Leão

Março
01/03/1841 A Freguesia de Morretes era elevada à Vila, desmembrando-se de Antonina
01/03/1876 Nascia João Thiago Peixoto
02/03/1870 Nascia Francisco Antônio Marçalo (Coronel)
05/03/1919 Falecia, em São Paulo, o Dr. Brasílio Machado
06/03/1947 Era fundada a Escola de Samba Batuqueiros
08/03/1851 Nascia Manoel Vicente da Silva (Monsenhor)
09/03/1854 Nascia, em Castellabate, Salerno, Itália, Francesco Matarazzo
11/03/1836 Nascia, em Morretes, Manoel Alves de Araújo (Conselheiro, Ministro do Império, Presidente da Província)
13/03/1939 Inaugurado o Grupo Escolar Rocha Pombo
19/03/1875 Falecia, em São Paulo, João da Silva Machado (Barão de Antonina, primeiro senador pela Província do Paraná)
19/03/ . ...... Nascia, em Diamantina, MG, José Justino de Mello (Dr.)
21/03/1795 Nascia, em Lisboa, o príncipe Dom Antônio
22/03/1865 Nascia Francisco da Costa Pinto (Padre)
23/03/2007 Falecia Alceu Ribeiro Baron
27/03/1996 Falecia Dona Júlia Graciano (Nhá Gabriela)

Abril
01/04/1917 Inaugurado o Moinho Matarazzo
03/04/1873 Criada a Comarca de Antonina e Morretes
17/04/1958 Inaugurado o prédio da Capitania dos Portos
20/04/1900 Falecia, na Lapa, o Padre Pinto (Francisco da Costa Pinto)
22/04/1888 Falecia, em Palmeira, o Comendador Antônio Alves Araújo (político, industrial, duas vezes presidente da província)
26/04/1935 Falecia, em Curitiba, Teófilo Soares Gomes
28/04/1914 Nascia, em Penedo-AL, Aguinaldo Pereira da Silva (Profeta)

Maio
02/05/1719 Criada a Freguesia de N. Senhora do Pilar da Graciosa
09/05/1837 Nascia, no Rio de Janeiro, Antônio Luiz von Hoonholtz (Barão de Tefé)
11/05/1932 Fundado o Clube Literário e Recreativo de Antonina
14/05/1879 Nascia, em Antonina, Caetano Munhoz da Rocha
18/05/1866 Nascia Nestor Pereira de Castro
20/05/1880 D. Pedro II e comitiva visitavam a cidade (almoço na casa do Comendador Antônio Alves Araújo)
23/05/1921 Falecia João Thiago Peixoto
26/05/1874 Falecia, em Piracicaba-SP, Antônio Pereira Rebouças Filho
26/05/1968 Falecia Manuel Eufrásio Picanço
28/05/1931 Nascia Heitor Vieira (Relen Salumberg)
28/05/1955 Incêndio destruía as instalações da empresa Luiz G. A.Valente
29/05/1919 Fundada a Associação Atlética 29 de Maio

Junho
01/06/1855 Instalada a Mesa de Rendas de Antonina
01/06/1968 Lei Estadual 5783 cria a APA (Administração do Porto de Antonina)
05/06/1947 Fundada a Assoc. de Proteção à Maternidade e à Infância
09/06/1917 Falecia o Coronel Francisco Antônio Marçalo
13/06/1839 Nascia, na Bahia, Antônio Pereira Rebouças Filho
17/06/1782 Nascia, em Taquarí-RS, João da Silva Machado (Barão de Antonina)
18/06/1904 Nascia Manuel Eufrázio Picanço
20/06/1909 Falecia o Monsenhor Manoel Vicente da Silva
20/06/1984 Falecia Salvador Graciano (Nhô Belarmino)
21/06/1935 Falecia Aguinaldo Pereira da Silva (Profeta Aguinaldo)
28/06/1953 Inaugurado o prédio dos Correios

Julho
04/07/1854 Falecia, em Morretes, Antônio Vieira dos Santos
11/07/1801 Falecia, em Lisboa, o príncipe Dom Antônio
20/07/1873 Inaugurada a Estrada da Graciosa
22/07/1933 Falecia o ‘profeta’ Aguinaldo
25/07/1879 *Nascia Davi Antônio da Silva Carneiro
25/07/1936 Fundado o Sindicato dos Arrumadores de Antonina
28/07/1923 Nascia, em Curitiba, Julia Alves (Graciano) (Nhá Gabriela)
30/07/1949 Falecia o escoteiro Milton Oribe

Agosto
05/08/1924 Nascia Milton Oribe
07/08/1942 Falecia o Dr. Heitor Soares Gomes
07/08/1943 Explosão e incêndio destruíam a estação ferroviária da Laranjeira
13/08/1860 João da Silva Machado recebia o título de ‘Barão de Antonina’
14/08/1906 Falecia Nestor Pereira de Castro
15/08/1885 Inaugurada a Casa Escolar Dr. Brasílio Machado (Brasílio Augusto Machado de Oliveira era o Presidente da Província)
18/08/1892 Inaugurados o ramal ferroviário Morretes-Antonina e a estação ferroviária da Laranjeira
20/08/1854 Iniciada a construção da estrada da Graciosa
29/08/1797 Portaria do Governador da Capitania de São Paulo, Antônio Manuel de Mello e Castro Mendonça, elevava a Freguesia de Nossa Senhora do Pilar da Graciosa à Villa Antonina
31/08/1946 Fundado o Ginásio Municipal de Antonina

Setembro
01/09/1888 Nascia Heitor Soares Gomes
02/09/1918 Era lançado o livro ‘Fatos e Homens’, de Ermelino de Leão
04/09/1848 Nascia, em São Paulo, Brasílio Augusto Machado de Oliveira
04/09/1857 Nascia, em Morretes, José Francisco da Rocha Pombo
07/09/1922 Inaugurada a Estação Ferroviária em frente à Igreja do Bom Jesus
07/09/1938 Fundado o Grupo de Escoteiros ‘Valle Porto’
11/09/1915 Nascia Carlos Gomes da Costa
12/09/1714 Atendendo pedido de Manuel do Valle Porto o Bispo do Rio de Janeiro, Frei Francisco de São Jerônimo, autorizava a construção de uma capela na fazenda Graciosa
23/09/1931 Falecia o Coronel Antônio Ribeiro de Macedo
28/09/1898 Inaugurado o Mercado Municipal (demolido em 70?)
28/09/1902 Nascia, em Esp. Santo do Pinhal-SP, João da Cruz Leite

Outubro
08/10/1888 Inaugurada a agência da Caixa Econômica Federal do Paraná (Segunda na província)
11/10/1906 Falecia, em Paranaguá, o Dr. José Justino de Mello
19/10/1887 Nascia Octávio Secundino
30/10/1949 Falecia João da Cruz Leite

Novembro
04/11/1920 Nascia, em Rio Branco do Sul, Salvador Graciano (Nhô Belarmino)
06/11/1797 Instalada a ‘Villa Antonina’ pelo Dr. Manuel Lopes Branco e Silva, Ouvidor Geral e Corregedor da Comarca de Paranaguá
06/11/1830 Nascia, em Morretes, Antônio Alves de Araújo (Comendador)
07/11/1797 Primeira eleição em Villa Antonina para camaristas e juizes ordinários
10/11/1971 Lei Estadual 6249 revoga a Lei 5783 e o porto de Antonina volta à tutela de Paranaguá com a recriação da APPA
13/11/1944 Fundada a Liga de Defesa Contra a Tuberculose
22/11/1999 Inaugurada a sede do Corpo de Bombeiros

Dezembro
11/12/1908 Falecia, no Rio de Janeiro, o Conselheiro Manuel Alves Araújo
11/12/1968 Criado o SAMAE – Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto
13/12/1784 Nascia, no Porto, Portugal, Antônio Vieira dos Santos
14/12/1884 A Princesa Isabel visitava a cidade
16/12/1941 Cinco escoteiros partiam a pé para o Rio de Janeiro a fim de entregar mensagem ao Presidente Getúlio Vargas
21/12/1974 Falecia Honório de Oliveira Machado
28/12/1961 Inaugurada a Agência do Instituto Brasileiro do Café
31/12/1949 Inaugurada a Rádio Antoninense Ltda., ZYX-6

____________
NOTA: Amigo Celso Meira, nesta lista que carinhosamente você envia ao Bacucu com Farinha, não podemos deixar de acrescentar que em 5 de outubro de um certo ano, foi eleito para prefeito a maior farsa da história política antoninense, esta data e o nome deste sujeito terá que ser perpetuado para sempre... amém!!!

5 comentários:

  1. Meu caro bloguista, é melhor para nossa cidade lembrarmos que no próximo dia 5 de outubro teremos a grande oportunidade de nos redimir da besteira que cometemos há quatro anos. Enquanto isso, vamos nos penitenciando. Espero que a listagem dos fatos possam comprovar que temos, o ano inteiro, muitos motivos para comemorações. Um abraço,

    ResponderExcluir
  2. parabens,Neuton gosto muito do bacucu,muito bom, mesmo, abraço

    ResponderExcluir
  3. Valeu Beth!!!

    Obrigado, tudo é feito com muito carinho, pensando sempre em vocês os Bacunautas, fico feliz em ver que o objetivo está sendo atingido...

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. E com grande alegria, que parabenizo-te por esta tão importante iniciativa para a memória do povo capelista.

    ResponderExcluir
  5. Francisco Antonio Marçallo IV27 de junho de 2011 06:10

    Como curiosidade o Cel. Francisco Antonio Marçallo, filho de Francisco Marçallo, teve um filho e vários filhas. O seu filho se chamava Francisco Antonio Marçallo. Este por sua vez colocou o nome de Fancisco Antonio Marçallo em seu filho que por alegria era meu pai. Sou capelista de coração. Aprendi desde pequeno amar esta grande cidade.

    ResponderExcluir

COMENTÁRIOS SOMENTE COM CONTAS NO GOOGLE