quarta-feira, dezembro 28

FELIZ 2012


Seja feliz nos seus sonhos
E tenha a felicidade de buscá-los...

Seja feliz nos seus projetos
E tenha a felicidade de realizá-los...

Seja feliz nos seus desejos
E tenha a felicidade de concretizá-los...

Seja feliz nos seus sucessos
E tenha a felicidade de obtê-los...

Seja feliz sempre, em todos os momentos...

“Feliz 2012”


São os meus sinceros votos...

Neuton Pires

domingo, dezembro 25

REFLEXÃO

“Aquele que vende sua dignidade para chegar ao poder, será refém de seu erro e terá criado uma cilada para si próprio de difícil saída. Como ninguém sai impune de seus erros, um dia eles serão cobrados".
(Guilhobel)  

______
NOTA.:

Em um desses carnavais antoninense, tive o prazer de conhecer o Guilhobel Camargo na casa da sua filha Daniele Camargo esposa do meu amigo de infância o Odilon (Dila-Dila), tivemos um papo longo naquela noite aconchegante e convidativa para a festa de momo na avenida do samba em Antonina.

Pelo pouco tempo com o Guilhobel, que para os amigos é "Lélo", reparei que se tratava de uma pessoa diferente, especial, uma pessoa rara nos dias de hoje... 

...por alguns instantes, compartilhamos nossos sonhos de ver uma Antonina melhor, compartilhamos também nossos acertos e principalmente os nossos erros. Porém, este último nos dando a certeza plena de que, só se acerta errando.

Fiquei triste em saber que o atrevido amigo parou com o site GAZETA DE NOVO , entretanto, devo respeitar a vossa decisão... 

...perdemos todos nós com as informações coerente e sempre relevante ao povo paranaense que o site Gazeta de Novo diariamente nos dividia mas, pensando de outra forma... estamos ganhando novamente O ANTONINENSE Guilhobel.

Guilhobel espero que esta sua parada na mídia online não seja um off-line definitivo, e sim, um stand by.

Neuton Pires






...porém o reino não a reconheceu... - Tube 51:69

Banda Marcial do CFN


Aos  antoninenses
Em Antonina só meia duzia de pessoas estavam nas ruas para assistir, Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais (Marinha do Brasil),  o atual prefeito (Canduca) não divulgou. E essa meia duzia parou para assistir porque estavam andando na calçada por um acaso do destino.

O prefeito da cidade e seu secretario de turismo ou de cultura estavam muito ocupados com suas atividades em prol da cidade e não podiam perder 10 minutos para comunicar a população.  Foi o menor público da história da banda que:  em 1953, - para comemoraração do centenário do Paraná - foi a principal atração do desfile na rua XV de Novembro. Mais de 50.000 pessoas lotaram a rua para assistir a Banda. 

Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais (Marinha do Brasil)  em uma  apresentação - no maior festival de bandas militares do mundo ,-  "Edinburgh Military Tattoo 2011"  , realizado na  Escócia  no período de 05 a 27 de agosto, do corrente ano.
Tocando gaita escocesa dentro da...Escócia, é de arrebentar. 

abs. Guilhobel 

________
NOTA.:

Eu, e os amigos Aguinaldo (Ratinho) e Luis Amilton (Pirulito) descemos até Antonina para ver a apresentação desta que, sem dúvida alguma, é um dos maiores orgulhos do Brasil.
Foi de arrepiar!!! Uma pena que, como o amigo Guilhobel coloca em seu comentário com propriedade, somente uma meia duzia de antoninenses poderam assistir ao show devido a falta de divulgação por parte dos órgãos competentes... PREFEITURA X SECRETARIA DE TURISMO X SECRETARIA DE CULTURA


Neuton Pires

sábado, dezembro 24

TENTANDO DEFENDER O INDEFENSÁVEL...

Áudio da conversa de Merval Pereira com Sardenberg



Apareceu uma parelha que sai em defesa ao Çerra e sua Gangue, todos nós estamos, (principalmente eu), carecas em saber que o Merval Pereira e Sardenberg da CBNN aliada ao PIG, assim também como outros Tucanos que fazem parte da grande mídia brasileira tais como: Bonner, Miriam Leitão a Pururuca, Frias, Diogo Mainardi e Et caterva, irião aos poucos darem as caras (de pau) e defender o indefensável.

Os Tucanos partidários agora, (eu disse agora, depois de praticamente duas semanas que foi lançada a bomba do Amaury)... sairam do ninho e publicaram uma nota em apoio a José Serra. Até o Farol de Alexandria apareceu defendendo (o que não era surpresa para ninguém) o Padim Pade Çerra e ainda teve a audácia de sair em defesa de Ricardo Sérgio também... 

...bom, para concluir: os Plumados que Sabotaram e quase Destruiram o Brasil, partido que liquidou o patrimõnio público com as nefastas privatizações, ainda acha pouco o que está escrito e documentado no livro do Amaury. E este tal de Merval Pereira e a grande mídia (*PIG) em geral também concorda, pois “faltam provas”. - Como diria um amigo blogueiro antoninense, o Cequinel... - PUTAQUEOSPARIU - Faltam provas???

Car#@$%&,  está tudo documentado no livro do Amaury Ribeiro Jr, está lá os documentos que comprovam o roubo po$#@¨&*a.

Merval você está totalmente errado, dos pés a cabeça!!! Prova é o que não falta. O que está faltando mesmo é vergonha na cara!

________
NOTA.:

Por que será que o jornalista parcial da grande mídia brasileira Merval Pereira saiu, sai e sempre sairá em defesa do Tucanato...

É capitão-do-mato, o bicho pegou para o jornalismo "independente" brasileiro dominado pelas cinco famílias ao qual o senhor é subserviente.

MILAGRE DE NATAL...



Vou ter que seguir este cara também, isso sim é um milagre, elE conseguiu deixar essa música pior que a original...

...se o arrebatamento realmente acontecer, "Diga Ao Povo Que Fico".

Boas Festas

Um Grande e Fraterno Abraço Aos Bacunautas.

Neuton Pires

sexta-feira, dezembro 23

Conheça o destino dos presidentes latinoamericanos que fizeram as privatizações em seus países!

Sabe o que aconteceu com os presidentes que fizeram privatizações em seus países, no auge da onda neoliberal nos anos 1990?

- O presidente do México que fez a privatização fugiu para a Irlanda e hoje vive escondido num bunker na cidade do México.

- O presidente da Bolívia que fez a privatização saiu a correr para o aeroporto ao gritos de “assassino! ” e fugiu para Miami (Miami!).

- O presidente do Peru que fez a privatização está numa cadeia peruana.

- O presidente da Argentina que fez a privatização arrumou um mandato de senador para escapar da cadeia.

- E no Brasil… Fernando Henrique Cardoso (PSDB) cobra R$ 50 mil para dar palestras e tem seus livros medíocres comentados com grande carinho em toda a mídia corporativa.

Até quando vamos tolerar isso? CPI DA PRIVATARIA JÁ! CADEIA PARA FHC, SERRA E TODOS OS OUTROS BANDIDOS QUE FICARAM MILIONÁRIOS ÀS CUSTAS DO DINHEIRO PÚBLICO! 

Fonte: Tudo Em Cima

quinta-feira, dezembro 22

OLHA ESTE VÍDEO SENSACIONAL DO AMAURY RIBEIRO JR

O Amaury Ribeiro Jr não jogou merda no ventilador não, ele jogou merda é numa turbina...

FRUTA DE ÉPOCA

Aproveitem, está caindo de maduro...

DEPUTADO PROTOCOLA PEDIDO DE CPI PARA INVESTIGAR PRIVATIZAÇÃO

 

Por Reuters

O deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) protocolou nesta quarta-feira na Mesa Diretora da Câmara um pedido de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar denúncias de irregularidades nos processos de privatização durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).
O pedido de instalação da CPI teve o apoio de 206 deputados, segundo a Agência Câmara. A comissão pretende investigar as denúncias publicadas no livro "A Privataria Tucana", do jornalista Amaury Ribeiro Jr.
Protógenes foi o delegado da Polícia Federal responsável pela Operação Satiagraha, que prendeu, entre outros, o banqueiro Daniel Dantas, do Banco Opportunity, uma das figuras mais controversas do processo de privatização do setor de telefonia do país.
O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), disse que as assinaturas serão verificadas no início do ano que vem e, se o pedido atender a todas as exigências, a CPI será instalada em 2012.
Um dos citados pelo livro é o ex-governador de São Paulo e candidato derrotado na eleição presidencial do ano passado José Serra.
No livro, Serra é acusado de receber propinas de empresários que participaram das privatizações conduzidas pelo governo Fernando Henrique (1995-2002).
Serra é um dos possíveis candidatos do PSDB à prefeitura de São Paulo no ano que vem e à Presidência em 2014. Protógenes, no entanto, negou que o pedido de criação da CPI tenha motivação eleitoral.
"Não vamos explorar isso em nenhum momento. Vamos ter responsabilidade. Não vamos permitir que a CPI seja objeto de ataques a A, B ou C ou (palanque) em eleição", garantiu o deputado.
"Não queremos fazer um processo revisional nas privatizações brasileiras. mas todos os atores envolvidos relacionados no conteúdo do livro merecem prestar esclarecimentos na CPI, mas quem vai determinar (os depoimentos) são os integrantes da CPI."
Em declarações divulgadas pelo site do PSDB na Internet (www.psdb.org.br), o presidente da legenda, deputado Sérgio Guerra (PE), disse que o livro traz denúncias "velhas" e que tem o objetivo de encobrir denúncias de irregularidades recentes no governo da presidente Dilma Rousseff.
"O livro é distribuído num instante em que o governo federal sofre o desgaste de denúncias que contra ele foram feitas pela imprensa, por toda a imprensa brasileira, e que já vitimou alguns ministros", disse o presidente tucano.
"Nesse instante, (as denúncias) ameaçam um ministro do Partido dos Trabalhadores e, seguramente, pode continuar (a ameaçar) outros ministros", acrescentou, numa referência às suspeitas em torno dos serviços de consultoria prestados pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, que é do PT.
As privatizações de empresas públicas realizadas durante o governo FHC atingiram os setores de telecomunicações, energia e mineração.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello) 
______________________________________________________
__________
Por: Neuton Pires

Houve opiniões contrarias, e vários deputados não assinaram a CPI da Privataria é lógico, a bancada do DEM e do PSDB foi quase unânime em não assinar... 
...agora o que mais me deixa com a pulga atrás das zorelhas... são esses deputados aqui da lista abaixo que também não assinaram:

Deputados do PT que NÃO assinaram a CPI da Privataria

CÂNDIDO VACCAREZZA PT SP – dep.candidovaccarezza@camara.gov.br
MARCO MAIA PT RS – dep.marcomaia@camara.gov.br
BENEDITA DA SILVA PT RJ – dep.beneditadasilva@camara.gov.br 
CARLINHOS ALMEIDA PT SP – dep.carlinhosalmeida@camara.gov.br 
DALVA FIGUEIREDO PT AP – dep.dalvafigueiredo@camara.gov.br 
DÉCIO LIMA PT SC – dep.deciolima@camara.gov.br 
EDSON SANTOS PT RJ – dep.edsonsantos@camara.gov.br 
GILMAR MACHADO PT – MG dep.gilmarmachado@camara.gov.br 
JESUS RODRIGUES PT PI – dep.jesusrodrigues@camara.gov.br 
JILMAR TATTO PT SP – dep.jilmartatto@camara.gov.br 
JOSÉ AIRTON PT CE – dep.joseairton@camara.gov.br 
MIGUEL CORRÊA PT MG – dep.miguelcorrea@camara.gov.br 
ODAIR CUNHA PT MG dep.odaircunha@camara.gov.br 
PAULO TEIXEIRA PT SP dep.pauloteixeira@camara.gov.br 
PEDRO EUGÊNIO PT PE dep.pedroeugenio@camara.gov.br 
REGINALDO LOPES PT MG dep.reginaldolopes@camara.gov.br 
RUI COSTA PT BA dep.ruicosta@camara.gov.br 
SÉRGIO BARRADAS CARNEIRO PT BA dep.sergiobarradascarneiro@camara.gov.br 
ZECA DIRCEU PT PR dep.zecadirceu@camara.gov.br
POR QUÊ NÃO ASSINARAM??? 
Pessoal, segue os devidos endereços eletrônicos dos deputados..., caso queiram saber o motivo de não terem assinado a CPI... é só enviar um e.mail e aguardar as vossas manifestações... caso algum Bacunalta tenha a devida justificativa dos nobres deputados do PT e quiser usar este blog como ferramente de comunicação... fiquem a vontade.
__________
NOTA.:


Tem mais artilharia pesada contra os Tucaninhos e assemelhados... Leiam aqui:


Chora Merdal, chora! Merval e os tucanos

Quem precisa do PIG?


Livro atiça bicadas entre Serra e Aécio.

O LIVRO "A PRIVATARIA TUCANA" MARCA O FIM DE UMA ERA

Luis Nassif: "Livro marca o fim de uma era"

por Luis Nassif, em CartaCapital

O livro “A Privataria Tucana” marca o desfecho de uma era, ao decretar o fim político de José Serra. A falta de respostas de Serra ao livro – limitou-se a taxá-lo de “lixo” – foi a comprovação final de que não havia como responder às denúncias ali levantadas.

O livro mostra como, após as privatizaçōes, o Banco Opportunity – um dos maiores beneficiados – aportou recursos em paraísos fiscais, em empresas da filha Verônica Serra. Depois, como esse dinheiro entrou no país e serviu, entre outras coisas, para (simular) a compra da casa em que Serra vive.
Tem muito mais. Mostra a extensa rede de pessoas cercando Serra que, desde o início dos anos 90, fazia negócios entre si, utilizando o Banespa, o Banco do Brasil, circuitos de paraísos fiscais, as mesmas holdings utilizadas por outros personagens controvertidos para esquentar dinheiro

Provavelmente o livro não suscitará uma CPI, pela relevante razão de que o sistema de doleiros, paraísos fiscais, foi abundantemente utilizado por todos os partidos políticos, incluindo o PT. Aliás, uma das grandes estratégias de José Dirceu, assim que Lula é eleito, foi mapear e cooptar os personagens estrangeiros da privatização que, antes, orbitavam em torno de Serra.

Essa a razão de ter terminado em pizza a CPI do Banestado, que expunha personagens de todos os partidos.


Nesse imbróglio nacional, a posição mais sensível é a de Serra – e não propriamente para a opinião pública em geral, mas para seus próprios correligionários. Afinal, montou um esquema que em nada ficou a dever a notórios personagens da República, como Paulo Maluf. Jogou pesado para enriquecimento pessoal e da família.

Com as revelações do livro, quebra-se a grande defesa de Serra, algo que talvez a sociologia tenha estudado e que poderia ser chamada de “a blindagem dos salões”. É quando personagens controvertidos se valem ou do mecenato, das artes, ou da proximidade com intelectuais para se blindarem. O caso recente mais notável foi o de Edemar Cid Ferreira e seu Banco Santos.

Serra dispunha dessa blindagem, por sua condição de economista reputado nos anos 80, de sua aproximação com o Instituto de Economia da Unicamp. Graças a isso, todos os pequenos sinais de desvio de conduta eram minimizados, tratados como futrica de adversários.
O livro provocou uma rachadura no cristal. De repente todas aquelas peças soltas da história de Serra foram sendo relidas, o quebra-cabeças remontado à luz das revelações do livro.

Os sistemas de arapongagem, que permitiram a ele derrubar a candidatura de Roseana Sarney no episódio Lunus; o chamado “jornalismo de esgoto” que o apoiou, as campanhas difamatórias pela Internet, as suspeitas de dossiê contra Paulo Renato de Souza, Aécio Neves, o discurso duplo na privatização (em particular apresentando-se como crítico, internamente operando os esquemas mais polêmicos), tudo ganhou sentido à luz da lógica desvendada pelo livro.

Fica claro, também, porque o PSDB – que ambicionava os 20 anos de poder – jogou as eleições no colo de Lula.

Todas as oportunidades de legitimação da atuação partidária foram preteridas, em benefício dos interesses pessoais da chamada ala intelectual do partido.

A perda do bonde do real
No início do real, os economistas enriqueceram com operações cambiais, em cima de uma apreciação do real que matou a grande oportunidade de criação de um mercado de consumo interno. A privatização poderia ter sido conduzida dentro de um modelo de fundos sociais, que permitiria legitimá-la e criar um mercado de capitais popular no país. Mas os interesses pessoais se interpuseram no caminho do projeto político do partido.

O cavalo encilhado
O fim da inflação permitiu o desabrochar de um mercado de consumo de massa, dez anos antes que o salário mínimo, Bolsa Família e Pronaf abrissem espaço para a nova classe média. Estariam assegurados os 20 anos de poder preconizados por Sérgio Motta, não fosse o jogo cambial, uma manobra de apreciação do real que enriqueceu os economistas mas estagnou a economia por uma década. FHC jogou fora a chance do partido e do país. Conto em detalhes essa história no livro “Os Cabeças de Planilha”.

A falta de Mário Covas
Fica claro, também, a falta que Mário Covas fez ao PSDB. Com todas as críticas que possam ser feitas a ele, a Lula e a outros grandes políticos, havia neles o sentimento de povo. Na campanha de 2006, ouvi de Geraldo Alckmin a crítica – velada – à ala supostamente intelectual do PSDB. “Covas sempre me dizia para, nos finais de semana, andar pelas ruas, visitar bairros, cidades, para não perder o sentido do povo”.

Os construtores e os arrivistas
Não se vá julgar impolutos Covas, Lula, Tancredo, Ulisses, o grande Montoro, Grama e outros fundadores do Brasil moderno. Dentro do modelo político brasileiro, montaram acordos nem sempre transparentes, participaram dos pactos que permitiam o financiamento partidário, familiares se aproveitaram das relações políticas para pavimentar a vida profissional. Mesmo assim, imperfeitos que eram – como políticos e seres humanos – havia neles a centelha da transformação, a vontade de deixar um legado, o apelo da redemocratização.

A ala intectual do PSDB
Esses atributos passavam ao largo das ambições da ala intelectual do partido, os economistas financistas de um lado, o grupo de Serra do outro. O individualismo exacerbado, a ambição pessoal, a falta de compromisso com o próprio partido e, menos ainda, com o país, fizeram com que não abrissem espaço para a renovação. Com exceção de Serra, FHC não legou para o partido um ministro sequer com fôlego político. Como governador, Serra não permitiu o lançamento político de um secretário sequer.

A renovação tímida
A renovação do PSDB se deu pelas mãos de Alckmin – ele próprio não revelando um secretário sequer com fôlego para sucedê-lo – e, fora de São Paulo, de Aécio Neves. Ao desvendar as manobras de Serra, o livro fecha um ciclo de ódio, personalismo, de enriquecimento de pessoas em detrimento do país e do próprio partido. No começo, será um baque para o PSDB. Passado o impacto inicial, será a libertação para o penoso reinício político.

_____________
 Recebi via e.mail do amigo Bacunauta, Fortunato Machado Filho.

ESTÁ DO JEITO QUE O TINHOSO GOSTA...

Antonina registrou ontem a maior temperatura de todo o litoral paranaense... os termômetros marcaram 39,9 graus na sombra...

...está do jeito que o tinhoso gosta, eu, dia 28 estarei pegando o meu enxofrezinho e o tridente... e estarei  desembarcando na casa de papai... o caldeirão vai ferver mais ainda...


CARACA MEU... O BICHO TÁ PEGANDO!!!

As eleições em Antonina ainda nem começaram e o bicho já está pegando...

Não entedeu???

Então clique AQUI

quarta-feira, dezembro 21

AGORA VEM O VERÃO...

PRESENTE DE NATAL

O BcF antecipa o presente de natal aos Bacunautas... 


...você leitor desta bagaça que nem sonha em comprar o livro do Amaury Jr - "A PRIVATARIA TUCANA". Os teus problemas acabaram, este blog como diria o Çerra, "É um lixo" e acaba de disponibilizar um link onde você poderá baixar na íntegra o livro mais procurado dos últimos tempos. 

Então, prepare-se: este livro que chega finalmente às suas mãos não é uma narrativa qualquer. Você está embarcando em uma grande reportagem que vai devassar os subterrâneos da privatização realizada no Brasil sob o governo de Fernando Henrique Cardoso. É, talvez, a mais profunda e abrangente abordagem jamais feita deste tema.

Essa investigação — que durou 10 anos! — não se limita a resgatar a selvageria neoliberal dos anos 1990, que dizimou o patrimônio público nacional, deixando o país mais pobre e os ricos mais ricos. Se fosse apenas isso, o livro já se justificaria.

Quer ler, então clique AQUI para baixar (Download) o livro...

________
NOTA.:

Hou... hou... hou ... Feliz Natal!!!



25 ANOS DO GALO`S... - Valeu galera...

Desde 1986... 25 anos de pura alegria...

Diretoria: Xindo, Edinho, Jaco, Newton Guaiá, Jana, Lídio, Gales, Carlos Bandeira, Odilon (Dila-Dila), Tilho (Tititi), Gibi, Peme, Gorgó e Toco...
Participação especial e aguentando sempre o pessoal: Dona Regina

DR. ROSINHA DENUNCIA GASTO ILEGAL EM PUBLICIDADE DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO PARANÁ...

BLOG DO DR. ROSINHA 

O deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR) denunciou nesta terça-feira (20) a ocorrência de gastos ilegais em publicidade pela Assembleia Legislativa do Paraná.
Dr. Rosinha teve acesso a uma minuta de contrato firmado em meados de 2009 entre a Assembleia e a empresa Editora Cabeza de Vaca Ltda, de propriedade do jornalista Luiz Fábio Campana.
Promovida na modalidade carta-convite, a licitação permitiu o contrato entre a empresa de Campana e a Assembleia por um valor total de R$ 75 mil, entre abril e dezembro de 2009. Objeto do contrato: “divulgar materiais de interesse desta Assembleia Legislativa”.
A contratação da empresa de Campana foi ilegal porque ele faz parte, ao menos formalmente, do quadro de servidores efetivos do Legislativo paranaense.
Em seu artigo 9º, a lei federal 8.666, de 1993, proíbe a participação em qualquer processo licitatório de servidores do órgão responsável pela sua realização. “A contratação da empresa de Campana é um ato de improbidade administrativa. Fere os princípios de legalidade, moralidade e impessoalidade”, avalia Dr. Rosinha. “Permite o favoritismo, o acesso a informações privilegiadas. Esse é um caso que lembra, e muito, o escândalo Derosso.”
Em 2009, a Assembleia Legislativa do Paraná era presidida pelo deputado estadual Nelson Justus (DEM), hoje presidente da Comissão de Constituição e Justiça.
A minuta do contrato denunciado por Dr. Rosinha foi publicada na edição de 6 de maio de 2009 do “Jornal do Estado”. Na mesma página, outras duas minutas, relativas a contratos similares, também foram publicadas.
Com idêntico objeto (“divulgar materiais de interesse” da Assembleia), os outros dois contratos foram firmados com as empresas Engepublic Ltda (R$ 73 mil) e Cezarini Publicidade S/C Ltda (R$ 52 mil). A primeira edita o jornal “Impacto Paraná”. A segunda, a revista “Divulgação Paraná”.
“Que materiais de interesse eram esses? Promoção pessoal, como a que fazia o Derosso em Curitiba?”, questiona Dr. Rosinha, que pretende acionar o Ministério Público ainda nesta semana. O deputado federal também irá solicitar da Assembleia do Paraná a íntegra dessas três licitações por carta-convite.



Funcionário fantasma


Os próprios deputados estaduais relatam que jamais viram Fábio Campana trabalhando na Assembleia.
“Gostaria de saber em que horário esse cidadão trabalha na Assembleia Legislativa e em qual setor? Salvo uma explicação convincente, nunca se viu, pelo menos nos últimos anos, esse conhecido colunista cumprindo horário no Poder Legislativo. E ainda com direito a férias”, discursou, em meados de junho deste ano, o deputado Edson Praczyk (PRB). O parlamentar se referiu a Campana como “suposto funcionário deste Poder que nunca trabalhou aqui”.
“Em 8 anos, nunca vi o funcionário Fábio Campana aqui na Assembleia”, também observou Tadeu Veneri (PT), em discurso no último mês de maio.
Em março de 2010, o atual senador Roberto Requião (PMDB-PR) afirmou o seguinte, através de sua conta no Twitter: “Depois de 20 anos sem trabalhar [Fábio] Campana pede licença da Assembleia. Concedê-la é crime de ocultação de cadáver”.
"Tanto o contrato com a empresa Editora Cabeza de Vaca quanto a situação funcional de Fábio Campana precisam ser investigadas, e com rigor", defende Dr. Rosinha.

Sobre a empresa


Fábio Campana criou a empresa Editora Cabeza de Vaca Ltda em outubro de 2004. Objeto social dela: impressão de livros e periódicos e veiculação de anúncios publicitários de terceiros.
Sempre em sociedade com familiares, Campana nunca deixou de ter menos de 95% de participação na empresa. Hoje, detém 99%; 1% pertence a Denise de Camargo, esposa dele.
Na época do contrato com a Assembleia, Campana detinha 95% das quotas do capital social e seu filho, Rubens Dionísio de Camargo Campana, os outros 5%. Todas essas informações foram obtidas por Dr. Rosinha através de certidões emitidas esta semana pela Junta Comercial do Paraná.









Confira o nome de Luiz Fábio Campana na lista de funcionários estáveis da Assembleia do Paraná
http://www.alep.pr.gov.br/transparencia/relacao-dos-funcionarios/estaveis/
Luiz Fábio Campana no banco de dados dos “Diários Secretos” da Gazeta do Povo
http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/diariossecretos/pordentro/ficha.phtml?nome=LUIZ%20FABIO%20CAMPANA
A minuta do contrato a que se refere Dr. Rosinha (pág. 13)
http://www.bemparana.com.br/arquivos/uploads/1800.pdf

O que diz a Lei de Licitações
Art. 9º Não poderá participar, direta ou indiretamente, da licitação ou da execução de obra ou serviço e do fornecimento de bens a eles necessários:
[...] III – servidor ou dirigente de órgão ou entidade contratante ou responsável pela licitação.”

Fonte:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8666compilado.htm
O que diz a Lei da Improbidade Administrativa
Art. 10. Constitui ato de improbidade administrativa que causa lesão ao erário qualquer ação ou omissão, dolosa ou culposa, que enseje perda patrimonial, desvio, apropriação, malbaratamento ou dilapidação dos bens ou haveres das entidades referidas no art. 1º desta lei, e notadamente:
[...]VIII – frustrar a licitude de processo licitatório [...]”

Fonte:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8429.htm

terça-feira, dezembro 20

O SONHO DE SER PRESIDENTE ACABOU...

EU NÃO SOU LIXO...


Este vídeo eu dedico pra você..., você, você também, pra você, você, você, você aí, lá, aqui, você lá no fundo... - ah!!! você também, pensou que eu iria esquecer de você?... e principalmente para você que me envia todos os dias e.mails onde supostamente o "PIG" denuncia sem provas cabais os seus opositores... você sabe muito bem a quem estou me referindo... é, isso mesmo, exatamente..., você!!!

ESPERAMOS QUE AGORA O BRASIL DESPERTE PARA UMA NOVA ERA...

Pessoal

Referente ao livro 'A Privataria Tucana' ou, como o Farol de Alexandria gostaria que o livro fosse chamado "Le Privetê Tucanê"..., para os que leram o livro, sabem muito bem que o Amaury reuniu provas... não são denúncias vazias como "PIG" vem fazendo atualmente... alguém poderia me explicar o porque do silêncio do "PIG" ?




segunda-feira, dezembro 19

Desvendando a mídia e a farsa do combate à corrupção


"De todos os vídeos  que vi na internet neste fim de semana, achei este o mais importante, pois retrata a realidade. É uma reportagem da TV dos Trabalhadores, onde se faz um jornalismo sério/ético/investigativo e o principal dá voz ao contraditório. Não manipula mostrando "verdades" subjetivas de quem quer esconder-se da realidade".
Fortunato Machado Filho
 

NOTA DE FALECIMENTO

Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós.
Amado Nervo

É com pesar que noticiamos o falecimento da Sra. Laura Veiga de Camargo ocorrido neste domingo, o corpo está sendo velado na Capela da Igreja São Benedito em Antonina... e o funeral será no cemitério Bom Jesus do Saivá às 15:00 hs. Nossas condolências aos seus familiares e amigos.

sexta-feira, dezembro 16

quarta-feira, dezembro 14

SERÁ???

Contas irregulares podem tirar ex-prefeitos da disputa em 2012

tce2Irregularidades nas prestações de contas poderão tirar quatro ex-prefeitos do litoral do Paraná da disputa eleitoral em 2012: Mario Roque (Paranaguá), José Ananias dos Santos (Guaratuba), Francisco Carlim dos Santos “Xiquinho” (Matinhos) e Munira Peluso “Mônica” (Antonina).

Os quatro são considerados “bons de voto”. Apesar das incertezas, Ananias, Xiquinho e Mônica ainda são apontados como os mais fortes adversários dos prefeitos que tentam a reeleição: Evani Justus (Guaratuba), Eduardo Dalmora (Matinhos) e Carlos Augusto Machado “Canduca” (Antonina).

Mario Roque está entre os favoritos nas últimas pesquisas junto com Alceuzinho Maron e o candidato que será apoiado pelo atual prefeito José Baka Filho – que cumpre o segundo mandato e por isto não disputará.

A lista oficial dos gestores com contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE) deve ser divulgada em junho de 2012 com os nomes dos quatro ex-prefeitos. A relação é enviada ao Tribunal Regional Eleitoral que decide pela inelegibilidade ou não dos gestores.

Em muitos municípios do Brasil afora ainda há expectativa sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito do alcance da Lei da Ficha Limpa. Para o Litoral do Paraná a decisão não faz diferença. Todos os ex-prefeitos apontados como pré-candidatos seriam alcançados pela lei anterior, que estabelece inegibilidade por cinco anos. Leia abaixo o que o STF ainda não decidiu sobre a Lei da Ficha Limpa.

Contas reprovadas

Ananias teve as contas de sua gestão, do exercício de 2003, rejeitadas pela Câmara Municipal de Guaratuba em abril de 2010, pelo placar apertado de cinco votos a quatro. Houve recurso na própria Câmara, que manteve a decisão.

Mônica também teve as contas do exercício de 2003 rejeitadas pelos vereadores, em votação realizada no mês de outubro de 2011, pelo placar de 7 votos a 1 e com uma ausência. Em novembro, ela obteve da Justiça a suspensão da decisão. A Câmara recorreu.

Xiquinho teve as contas de 1997 e 2004 consideradas irregulares. Além disso, em novembro de 2010, o TCE condenou o ex-prefeito de Matinhos a devolver mais de R$ 200 mil por irregularidades na construção do Ginásio de Esportes, uma obra iniciada em 1999 e encerrada sem ter sido concluída em 2001. Xiquinho é o único que aparece na lista de irregularidades do TCE divulgadas em 2010.

Mario Roque tem contas reprovadas referentes aos anos de 2001 (julgadas irregulares em 2009) e de 1997 (julgadas em 2009). Em outubro de 2011, o TCE o condenou a devolver dinheiro de uma compra de imóvel feita em sua administração no ano de 1997.

Transferência de votos

A situação dos aliados de três dos ex-prefeitos é diferente nas especulações sobre substitutos e transferência de votos. Em Guaratuba, o nome de José Ananias dos Santos Júnior – atual vice-prefeito, mas dissidente da prefeita Evani Justus – já circula como possível candidato de oposição em lugar do pai. Em Matinhos e Antonina, os aliados de Xiquinho e Mônica ainda não têm nomes fortes para substituí-los.

A situação incerta de Roque o coloca numa posição semelhante ao do ex-prefeito de Guaratuba, Miguel Jamur – que está inelegível e não cogita disputar nova eleição. O apoio dos dois é considerado muito importante, mas se discute se o fato de tê-los no palanque traz ou tira mais votos.

Multa do TCU

Apontado como favorito numa eventual disputa em Morrtes com o atual prefeito Amilton Paulo da Silva, o ex-prefeito Helder Teófilo dos Santos por enquanto tem apenas uma multa, no valor de R$ 10 mil, aplicada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Discussão no Supremo não afeta ex-prefeitos do Litoral

A Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº135) está em vigor desde junho de 2010 e vale para as eleições de 2012. Isto não se discute.

A Lei da Ficha Limpa altera pontos da Lei Complementar nº 64, de 1990, que estabelece os casos e os prazos de inegibilidade e cassação de direitos políticos.

A LC 64 já estabelecia a inegibilidade dos gestores que tiveram suas contas rejeitadas. O que muda na Lei da Ficha Limpa é que o prazo de inegibilidade aumentou de 5 para 8 anos. O prazo começa a contar a partir da condenação pela Justiça ou rejeição das contas pelas câmaras municipais.

O que o Supremo Tribunal Federal ainda discute é se os efeitos da Lei da Ficha Limpa alcançam as condenações ocorridas antes de 2010, ou seja, se os políticos condenados antes da nova lei ficariam inelegíveis por cinco ou oito anos.

terça-feira, dezembro 13

TAÍ... UMA EXCELENTE PEDIDA...

TARIFA ÚNICA JÁ – TRANSPORTE COLETIVO DE ANTONINA

A motivação para a elaboração deste trabalho partiu da premissa comumente aceita de que a adoção de um valor único para a tarifa do transporte coletivo urbano, teria por finalidade promover justiça social. 

Isto porque, tradicionalmente a periferia tem sido ocupada pela população de baixa renda e tarifas diferenciadas de acordo com a distância das viagens, elevariam as despesas com transportes de uma população já socialmente penalizada.

Adotar tarifa única seria, desse modo, uma forma de aliviar um pouco os custos de transporte dessa população. Esta medida, portanto, beneficiaria a população mais pobre de nossa sociedade e promoveria a justiça social. É impossível admitir que a comunidade do Cedro, Faisqueira, Rio Pequeno, paguem mais de R$ 7,00 a passagem, enquanto que o transporte até Paranaguá por Rodovia Federal (asfaltada) custa menos que R$ 4,00.

Por isso adote este Movimento, Tarifa Única para o transporte coletivo local de Antonina, seja na zona urbana ou na zona rural. 

_____
NOTA.:

Eu já adotei a este movimento... uma pena que recebi este projeto via anônimo, gostaria que o autor se identificasse sobre esta bela iniciativa...

Meus amigos vereadores, que tal transformar isso em prática?

Um projeto deste de graça não é todo dia que aparece... fica aí a dica.

JÁ QUE O 'PIG' NÃO DIVULGA POR LÁ... VAMOS NOS VIRANDO POR AQUI...

Por que a grande mídia não dá destaque ao livro do Amaury "Privataria Tucana"?

E agora José Çerra..., e agora Farol de Alexandria..., e agora Aécio '''Bafon-Time''' Neves..., e agora Alvaro '''Botox''' Dias?

Como é que fica... ou não fica?

E o pessoal do DEMo, irão falar o que diante de uma situação dessa... Isso se tiverem c$%u#@l&hão para falar alguma coisa contra lo's hermanos de bico...


segunda-feira, dezembro 12

O BRASILEIRÃO... PELO JEITO AINDA NÃO TERMINOU EM MINAS DE AÉCIO NEVES...

Paraná se levanta contra o jogo da vergonha

Paraná se levanta contra o jogo da vergonha Foto: Divulgação

Candidato à presidência do Atlético-PR, Mario Petraglia, diz que o Furacão continuará na primeira divisão em 2012 se forem encontrados indícios de venda no Cruzeiro 6 x 1 Atlético-MG; favorito na disputa para a prefeitura de Curitiba, Gustavo Fruet, entra na briga; MP também acompanha o caso

12 de Dezembro de 2011 às 03:31
 
247 – Na próxima quinta-feira 15, serão eleitas as novas diretorias de alguns dos principais clubes do Brasil. Entre elas, a do Atlético Paranaense, rebaixado para a segunda divisão, e a do Atlético Mineiro, que manteve o arquirrival Cruzeiro na primeira, ao ser derrotado por 6 x 1 no último domingo, numa partida que vem sendo classificada nas redes sociais como o “jogo da vergonha”, porque, segundo a própria torcida do Galo, teria sido entregue ao arquirrival. Candidato à presidência do Furacão, Mario Celso Petraglia, que já comandou o clube, avisa que não vai deixar barato. “Existe a presunção de inocência, mas se forem encontrados indícios de favorecimento ao Cruzeiro, o Atlético Paranaense não cai”, disse ele ao Brasil 247.
Antes do chamado “jogo da vergonha”, o Atlético-MG tinha a melhor defesa do segundo turno da competição e o Cruzeiro, o pior ataque. Se o Atlético empatasse, a raposa mineira seria rebaixada, mas o Galo perdeu com extrema facilidade. Notícias postadas na internet antes do jogo (leia mais aqui) sinalizaram um possível acordo entre os dois clubes, que são patrocinados pelo mesmo banco – o BMG, de Ricardo Guimarães, que foi também financiador do “Mensalão”. Hoje, o principal candidato à prefeitura de Curitiba é o pedetista Gustavo Fruet que, na época do escândalo político, se destacou ao revelar a conexão entre o BMG e o financiamento da base aliada. “O Ministério Público tem que entrar no caso e, se algo ficar comprovado, nós vamos lutar pelos direitos do Atlético Paranaense”, disse ele, que é torcedor do Coritiba, ao 247.

Quem está desconfortável com a repercussão negativa do “jogo da vergonha” é o atual presidente do Atlético-MG, onde também haverá eleições no dia 15, Alexandre Kalil. Ele próprio afirmou que vai pedir ao Ministério Público que investigue o jogo. "O Ministério Público, em vez de ficar proibindo tambor e bandeira, que tome atitude, que investigue a venda do jogo, que vá fundo, que quebre sigilo telefônico de presidente de clube, de presidente de banco, de jogador, de treinador, do diabo a quatro, e descubra o que aconteceu. O Atlético-MG está aberto. Tem que investigar, porque é uma coisa que não pára na rede social", declarou Kalil em entrevista à Rádio Itatiaia. O mandatário atleticano frisou que acredita que não houve nada de errado no clássico, mas que se ficar provado que existiu entrega do resultado, que os culpados têm que ir para a cadeia. "Quem fez isso tem de ir para a cadeia, tem que mudar para outro planeta, porque, onde ele estiver, o atleticano vai querer pegar ele", disse.

O caso, na prática, já chegou ao MP, por meio de uma representação pública. Se ficar comprovado favorecimento, o Brasileirão 2011 poderá terminar na Justiça. Há rumores de que o próprio ex-governador Aécio Neves, cruzeirense fanático e amigo dos dirigentes dos principais clubes mineiros, teria entrado na jogada, em busca de um entendimento entre os dois grandes rivais do futebol mineiro.

Leia mais aqui sobre a representação ao MP:

Prezado Sr Adailton Ramos do Nascimento, procurador-chefe da Procuradoria da República de Minas Gerais

Nós, brasileiros, viemos por meio desta solicitar que o Ministério Público Federal em Minas Gerais inicie uma investigação a respeito dos acontecimentos de domingo, 4 de dezembro, envolvendo Clube Atlético Mineiro e Cruzeiro Esporte Clube em partida entre as duas agremiações válida pelo Campeonato Brasileiro de Futebol.

A investigação se faz necessária porque há indícios de compra de resultados, o que contraria frontalmente o artigo 41 do chamado Estatuto do Torcedor (Lei 10.671/2003 http://tinyurl.com/Estat-Torc), segundo o qual é crime "solicitar ou aceitar, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem patrimonial ou não patrimonial para qualquer ato ou omissão destinado a alterar ou falsear o resultado de competição esportiva" (art. 41-C)

O pedido de investigação baseia-se nos seguintes fatos:

1. Em caso de vitória do Clube Atlético Mineiro, o Cruzeiro Esporte Clube poderia cair para a série B, o que lhe traria milhões de reais em prejuízo
2. O resultado da partida, 6x1 para o Cruzeiro, é anormal, uma vez que, no segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Atlético apresentava a melhor defesa dentre dos 20 times do Campeonato e, em contrapartida, o Cruzeiro tinha o pior ataque.
3. Interessava ao Clube Atlético Mineiro vencer a partida pois a vitória garantiria à equipe uma vaga na Copa Sul-Americana.
4. Lances da partida apresentam jogadores visivelmente desmotivados, num claro contraste com o comportamento eufórico da torcida nos dias anteriores, o que motivou diversas charges em jornais. A partida também apresenta lances bisonhos, como tropeços na bola, quedas, "furadas", cruzamentos na área em que nenhum defensor subiu para cabecear etc.
5. O presidente do Atlético, sr. Alexandre Kalil, é dotado de uma personalidade provocadora, em particular quando se trata de partidas contra o Cruzeiro, o maior rival. Entretanto, estranhamente, o presidente do Atlético adotou uma postura menos agressiva em seus pronunciamentos públicos nos dias que antecederam a partida. Além disso, o Presidente Kalil escreveu, em seu Twitter, na sexta-feira, "Entregar o jogo para o cruzeiro?! Tem gente achando que eu sou algum vagabundo?", negação estranha, posto que a torcida atleticana estava motivada com a possibilidade de rebaixar o rival e não teria, a priori, por que suspeitar de nenhuma entrega.
6. O BMG, instituição financeira que patrocina ambas as equipes, denunciada pelo Ministério Público (http://tinyurl.com/MPF-BMG-Mens) por envolvimento no chamado "Mensalão", o que levanta dúvidas sobre a idoneidade da instituição. Além disso, a referida empresa tem interesses econômicos em jogadores do Cruzeiro, que seriam desvalorizados se a equipe fosse rebaixada. Sem mencionar o fato de que a instituição é patrocinadora de ambas as equipes da capital mineira envolvidas na partida em questão.
7. O presidente de facto do Cruzeiro, senador Zezé Perrela, é investigado por alguns crimes (http://tinyurl.com/Fazen-60mi e http://tinyurl.com/Excelcias), incluindo lavagem de dinheiro na venda do zagueiro Luisão (http://tinyurl.com/Venda-Lui), o que levanta dúvidas sobre a idoneidade deste sr.
8. Há relatos (http://tinyurl.com/relato1), incluindo um postado no blog de uma conhecida jornalista esportiva (http://tinyurl.com/relato-jorn), a respeito de reuniões envolvendo os dirigentes dos dois times e o presidente do BMG. É importante ressaltar que alguns desses relatos são anteriores ao jogo.
Diante dos fatos acima citados, solicitamos abertura de investigação e, caso os indícios se comprovem, solicitamos ordenar à Confederação Brasileira de Futebol, que organiza os torneios nacionais, que sejam adotadas as medidas criminais cabíveis.

Para ASSINAR clique Aqui  
 
________
NOTA.:

Sou atleticano (furacão) e digo que, nunca antes na história do Clube Atlético Paranaense se mereceu tanto um rebaixamento. A diretoria que finaliza o seu ciclo, não honrou com os seus compromissos de formar um time de ponta. Ta aí... o clube pagou pela má qualidade da administração atual... e algumas heranças da administração passada... e o rebaixamento desta vez foi inevitável.
O Atlético já vinha raspando a segundona em anos anteriores... espero que a nova diretoria retome o crescimento do Clube Atlético Paranaense... sempre com o objetivo de torná-lo um dos melhores e maiores clube do Brasil e das Américas...
 
Neuton Pires

AMIGO SECRETO...

Ainda tem amigo secreto disponível...

AMIGO X... AMIGO SECRETO...

Amigo secreto, amigo 'X'. amigo oculto, amigo invisível...


...é uma brincadeira tradicional das festas de fim de ano (Natal e Ano-Novo). É comum entre colegas de trabalho, de escolas, e de familiares.

Origem

Acredita-se que a brincadeira venha dos povos nórdicos. Amigo secreto - Um ritual nórdico. Esperavam o amanhecer para trocar presentes e nesta troca diziam: Que você jamais esqueça dos deuses sobre nós. E o presente trocado é para eternizar o pacto. Porém, é também uma brincadeira de costumes e tradições de povos pagãos. A brincadeira se popularizou no ano de 1929, em plena depressão onde não tinha dinheiro para comprar presentes para todos se fazia a brincadeira para que todos pudessem sair com presentes.

A brincadeira

A brincadeira ocorre da seguinte forma: Cada participante tira um papel com o nome de outro participante, e não deve contar a ninguém quem é.
No dia da brincadeira, através de dicas, os outros tentam adivinhar, quem é. Quando isso ocorre, há troca de presentes. Quem recebe o presente é o próximo que dá as dicas, e assim sucessivamente.

____________
NOTA.:

Eu já escolhi o meu...

REPLICANTE...


sábado, dezembro 10

ESTÁ TUDO CERTO!!!

JUSTIÇA ELEITORAL
ESTADO DO PARANÁ
JUÍZO DA 6ª ZONA ELEITORAL - ANTONINA

Autos nº 195-31.2011.616.0006
Filiação Partidária
Interessado(s): NEUTON PIRES DA SILVA
                PV-PARTIDO VERDE/ANTONINA

SENTENÇA

Trata-se de processo de Filiação Partidária promovido por NEUTON PIRES DA SILVA, o qual pleiteia a inclusão extemporânea de sua filiação ao PV - PARTIDO VERDE.
Alega o requerente que, por desídia ou má-fé, o órgão partidário municipal não apresentou seu nome na lista de filiação entregue em outubro de 2011, em que pese ter se filiado em 02/08/2011.
Intimado do processo, o partido envolvido apresntou cópia da autenticada da ficha de filiação (fl. 14), vindo-me os autos conclusos.
É o relatório. DESCIDO.

2. FUNDAMENTAÇÃO

Cuida-se de situação em que o eleitor afirma que o partido, agindo com desídia ou má-fé, não informou à Justiça Eleitoral da sua filiação partidária em 02/08/2011.

Acerca do pretendido, dispõe o artigo 19 da Lei nº 9.096/95:

Art. 19. Na segunda semana dos meses de abril e outubro de cada ano, o partido, por seus órgãos de direção municipais, regionais ou nacional, deverá remeter, aos Juizes Eleitorais, para arquivamento, publicação e cumprimento dos prazos de filiação partidária para efeito de candidatura a cargos eletivos, a relação dos nomes de todos os seus filiados, da qual constará a data de filiação, o número dos títulos eleitorais e das seções em que estão inscritos. (Redação dada pela Lei nº 9.504, de 30.09.1997).

§ 1º - Se a relação não é remetida nos prazos mencionados neste artigo, permanece inalterada a filiação de todos os eleitores, constante da relação remetida anteriormente.

§ 2º - Os prejudicados por desídia ou má-fé poderão requer, diretamente à Justiça Eleitoral, a observância do que prescreve o "caput" deste artigo.

Dos elementos de informação dos autos, comprovada está a desídia do partido político em não inserir o eleitor como seu filiado, em que pese a existência da ficha de filiação assinada em 02 de agosto de 2011.



3. DISPOSITIVO

EM FACE DO EXPOSTO, defiro o pedido formulado por NEUTON PIRES DA SILVA e determino ao PV – Partido Verde de Antonina para que, no prazo de 3 (três) dias, o insira na sua relação de filiados, devendo submeter novamente a lista no Filiaweb, sob pena de desobediência do representante do órgão de direção municipal.

Cumpram-se os prazos previstos no Provimento nº 14/2011 - CGE.

Publique-se. Registre-se. Intime-se.

Oportunamente, arquivem-se.

Antonina, 07 de dezembro de 2011.



Siderlei Ostrufka Cordeiro

Juiz da 6ª Zona Eleitoral 


sexta-feira, dezembro 9

CONSELHO DO LITORAL DEBATE INDUSTRIALIZAÇÃO E MEIO AMBIENTE...

colit-arquivoO Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense (Colit) discute nesta sexta-feira (9), em Antonia, como conciliar o desenvolvimento da região com a presenrvação ambiental.

A reunião começa às 14h30, no Camboa Capela Hotel, no centro histórico de Antonina.

O secretário estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, vai apresentar as perspectivas industriais e comerciais para os municípios do Litoral. Barros vai apresentar os empreendimentos autorizados e em negociação com o governo Beto Richa para se instalar no Litoral, em especial aqueles ligados à indústria do pré-sal. “Será um bom ambiente para o debate, reflexão, troca de idéias que aliem o desenvolvimento e preservação ambiental”, afirma.

O secretário estadual do Meio Ambiente, Jonel Iurk, que preside o Conselho do Litoral, explica que o Governo do Estado trabalha em diferentes frentes para estabelecer políticas para o desenvolvimento organizado que respeitem a legislação ambiental. “É uma equação delicada, mas que está sendo construída com boa vontade de todas as partes”, diz ele.

Desenvolvimento Sustentável

O Conselho também vai debater os resultados preliminares do Plano Estratégico para o Desenvolvimento Territorial Sustentável do Litoral do Paraná. Criado pelo governador Beto Richa, o Plano está sendo desenvolvido por um grupo que reúne técnicos de seis secretarias: Meio Ambiente, Indústria e Comércio, Planejamento, Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Logística e Turismo.

O secretário-executivo do Conselho, Marco Ziliotto, explica que nos últimos dois meses foram realizadas cerca de 20 reuniões para reunir dados e informações com o objetivo de consolidar diretrizes para o desenvolvimento sustentável do Litoral. “Estamos executando um plano para os próximos 10 anos. Uma visão de futuro analisando aspectos sociais, econômicos e ambientais”.

De acordo com Ziliotto, o documento será apresentado e discutido com as prefeituras e a população das cidades litorâneas. “O documento será fruto de uma gestão participativa. Vamos aos municípios para ouvir sugestões e críticas para aprimorar a redação final”.
 
________
NOTA.
 
Sr. Governador..., já está mais do que na hora das coisas sairem do papel e entrarem em práticas para o nosso litoral, principalmente para a cidade de Antonina que já vem há tempos sendo submetida a varios programas, porém, até agora na realidade nada... 

E DAÍ... HOUVE OU NÃO HOUVE A AUDIÊNCIA?


Saiu no Correiodolitoral.com  que a Câmara de Vereadores de Antonina estaria realizando junto com a prefeitura, nesta quinta-feira (8), a audiência pública para escolher a emenda ao orçamento da União para a saúde do município.

O prazo para envio das emendas de iniciativa popular à Comissão Mista do Orçamento do Congresso Nacional vence no sábado (10). Os formulários podem ser encminhados pela Internet.

Só para relembrar...

Os municípios com até 50 mil habitantes podem propor emendas para seis ações relaciondas à saúde. Os recursos variam entre R$ 400 mil e R$ 600 mil de acordo com a faixa populacional. No caso de Antonina são R$ 500 mil. Uma das exigências é a realização de audiências públicas conjuntas entre prefeitura e câmara.

Os recursos disponíveis para os municípios do Litoral do Paraná:

Guaratuba:              R$ 600 mil
Matinhos:                R$ 600 mil
Pontal do Paraná:   R$ 600 mil
Antonina:                 R$ 500 mil
Morretes:                 R$ 500 mil
Guaraqueçaba:       R$ 400 mil   

Para o que podem ser destinados os recursos

Os recursos deverão ser alocados, em subtítulos específicos para cada município em uma das seguintes ações:

a) Estruturação da Rede de Serviços de Atenção Básica de Saúde;

b) Implantação de Melhorias Sanitárias Domiciliares para Prevenção e Controle de Agravos;

c)  Implantação e Melhorias de Sistemas Públicos de Abastecimento de água;

d) Implantação e Melhorias de Sistemas Públicos de Esgotamento Sanitário;

e) Implantação e Melhorias de Sistemas Públicos de Manejo de Resíduos Sólidos

f) Serviço de Atenção às Urgências e Emergências na Rede Hospitalar.

Somente uma ação deverá ser selecionada um dentre as seis disponíveis.

quinta-feira, dezembro 8

VOCÊ SABIA?

LEI INSTITUI EM ANTONINA DIA DO SAMBA

   Caixa de entrada 
Marcar com estrela 

DE: ANSELMO FERNANDES

PARA: BACUCU COM FARINHA

8 de dezembro de 2011 14:29
 
LEI Nº 29/2006

INSTITUI NA CIDADE DE ANTONINA, NO PRIMEIRO DOMINGO DO MÊS DE DEZEMBRO, O DIA MUNICIPAL DO SAMBA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.


O Prefeito Municipal de Antonina, Faço saber que, a Câmara Municipal de Antonina aprovou e Eu, sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º -
Fica instituído no calendário de eventos da cidade de Antonina, o Dia Municipal do Samba.

Art. 2º -
O Dia Municipal do Samba será comemorado sempre no primeiro domingo de do mês de dezembro.

Art. 3º -
A Administração Municipal será responsável, em conjunto com os setores sociais, pela organização do Dia Municipal do Samba.

Art. 4º -
O Dia Municipal do Samba tem como objetivo, reunir, confraternizar, divulgar e homenagear os artistas que fizeram a história do samba e do carnaval antoninense.

Art. 5º -
Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete do Prefeito, em 10 de Novembro de 2006.

KLEBER OLIVEIRA FONSECA
Prefeito Municipal 
 
______
NOTA.:
 
Eu não sabia disso...

Devo reconhecer, uma coisa boa...

quarta-feira, dezembro 7

Esculpido a partir do tronco de um árvore por um entalhador chamado Geppetto...

A colunista da Gazeta do Povo Rosana Félix escreveu no último sábado o texto que considero o mais importante sobre o governo de Beto Richa (PSDB) até o momento.

A repórter mostra que, apesar de falar o tempo todo em diálogo, a atual administração parece estar pouco se importando com a opinião da sociedade civil sobre seus atos.
Para quem quiser ler a coluna inteira (e recomendo), fica aqui o link.

No fundo, richa usou um expediente comum em várias Casas legislativas. Passou o trator. O rolo compressor. Ou outra metáfora do tipo.

Mesmo com a Casa invadida, com protestos populares, o presidente da Assembleia, Valdir Rossoni (PSDB), aliado de primeira hora de Richa, tocou em frente. Fez passar o projeto do governador.

Acabou revivendo os últimos dias da gestão de Jaime Lerner, quando a sessão teve o mesmo nível de tumulto, igualmente para passar para frente ativos do estado.

Naquela época, era a Copel. Hoje, ninguém sabe ao certo o que está em jogo. Dizem que seria a contratação dos músicos da Orquestra Sinfônica do Paraná e mais dois projetos.

Alguém aí, porém, acredita que Richa e Rossoni passariam por tudo aquilo só por um motivo desse?

____
Recebi via e.mail pelo Bacunauta Gilmar Mariano...

______
NOTA.:

Segue alguns comentários referente a matéria na Gazeta do Povo:

Alencar | 06/12/2011 | 13:23
O povo paranaense merece o governador que tem, quem se indigna com essas coisas somos nós que não votamos nele. Acho que nós paranaenses somos o povo mais "capacho" do Brasil, aceitamos como normal essas coisas.

Aroldo Frances | 06/12/2011 | 13:18
A canalhice sempre faz seus adeptos, todo ser é fruto de seu ambiente, Beto Richa me parece mais um sangue-suga da politica brasileira, criado à sombra da velha raposa Lerner o mentiroso e destruidor. Anotem ai, daqui a algum tempo veremos o que este novo ato deve gerar nos cofres do governador (não do governo) e seus asseclas(gatos e cobras). Esse cara é um oportunista que se elegeu com a linha verde e até agora não terminou( apesar de já ter duas inaugurações). 

Arnaldo Carneiro | 06/12/2011 | 12:53
É só o começo vem mais! Enquanto não entregar COPEL e outras empresa como fizeram com as Rodovias,não vao se dar por satisfeito.Quem mandou votar homem?

Orlando Silva | 06/12/2011 | 12:50
Diante da ousadia deste Governador facista, vejo um futuro sombrio para o Brásil, tem gente que gostaria de te-lo como presidente,imaginem este ditador na presidência, se aqui no Paraná ele passa por cima de tudo uma vez presidente teremos uma guerra civil que não deixaria de ser uma boa idéia, o sul se separaria de vez do restante deste País infame e corrupto e nós expulsaríamos esses Richas, Carlis, Duccis, Lerners, Derossos, Rossonis e Taniguchis, teríamos um novo País livre dessas desgraças.

Luiz Fernando Esteche | 06/12/2011 | 12:38
Melhor que privatização - Repasse de serviço público, de patrimônio, de bens e recursos do orçamento, sem licitação, é melhor que privatização. Afinal, não é preciso investimento e o beneficiário não corre nenhum risco. É assim que se abrem as portas à corrupção e ao apadrinhamento sem pudor.