sexta-feira, maio 30

UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA AOS BACUNAUTAS

CURSO PRÁTICO DE CONTABILDADE "BACUCU COM FARINHA"

(PARA QUEM NÃO SUPORTA OU NÃO ENTENDE NADA DE CONTABILIDADE, VAMOS EXPLICAR MAIS OU MENOS COMO FUNCIONA A CONTABILIDADE DE UM JEITINHO DIFERENTE)

A solteira é Crédito
A casada é Débito
A cunhada é Previsão para devedores duvidosos
A bonita é Lançamento Certo
A feia é Estorno
A feia e rica é Conta de Compensação
A bonita e rica é Lucro certo
A ex-namorada é Saldo de exercícios anteriores
A namorada é Resultado de exercício futuro
A noiva é Reserva legal
A esposa é Capital integralizado
A vizinha é Ações de outras companhias
A amante é Empresa coligada
As que fazem operações plásticas são Obras e benfeitorias
As gestantes são Obras em andamento
As que dão bola são Incentivos recebidos
As que não são viúvas, casadas ou solteiras são Contas a classificar
As que muito namoram e não se casam são Saldo a disposição da assembléia
As que são surpreendidas em flagrante são Passivo a descoberto
A sogra pode ser classificada em duas rubricas: PREJUÍZO ACUMULADO ou CONTAS A PAGAR

ESTOU CONVENCIDO, NÃO EXISTE MULHER FEIA... EXISTE MULHER POBRE

FALA SÉRIO

Diga que não tem a mesma cara...

...a boquinha é um mimo... hehehe

SEXTA FEIRA - DIA DE TERREIRO DE MACUMBA

Andei sabendo que tem candidato frequentando terreiro de macumba guarapirocabano para tentar buscar forças do além, hoje é sexta-feira pelo jeito vai ter um grande congestionamento de políticos na Sara. Meu amigo Pelego, prepara o Roncó pois as consultas vai pela madrugada a dentro... hehehehe

E por falar em trabalho em terreiro de macumba.
Encontrei hoje pela manhã um amigo de infância, ele estava com um probleminha, queria fazer um trabalhinho de macumba e me pediu algumas dicas de como fazer este trabalho. Bem!!! Eu não poderia negar-lhe ajuda e passei toda a receita pro trabalho da nossa entidade ZÉ PILANTRA né...


Lá vai:


- uma galinha preta cozida com babatas


- 3 litro de pitú


- 2 kg de limão


- 3 kg de picanha


- 5kg de linguiça


- 2kg de asa de frango


- 12 engradados de cerveja


- 5 velas pretas


- 10 velas vermelhas


- cd's de estilos variados, de preferência pagode


- amigas de 18 à 25 anos


- quartos vazios


- churrasqueira


- e poucos homens (se possivel só parceiros)

Só mais uma dica, se alguém for fazer esse trabalho como o meu amigo, me chama...

PEDALA ROBINHO

Ministro toma um Pedala Robinho sensacional em um debate, já pensou se a moda pega!!!

E por falar em debate, conforme a enquete do "Bacucu com Farinha" o povo antoninense gostaria de ver um debate público entre os pré-candidatos a prefeitura. Senhores presidentes de partidos, a dica está dada.

RAPIDINHAS

No açougue:
- Este peixe aí é fresco?
- Não, não! É só o jeitão dele!

_____________________________________________________
Dois bêbados olhando a lua refletido numa poça d´água:
- É a lua!
- Não, é o sol!
- É a lua!
- Não, é o sol!
- É a lua!
- Não, é o sol!
Ficaram naquela discursão e chamaram outro bêbado que ia passando:
- Escute amigo, isso aí é o sol ou a lua?
- Sei não! É que eu sou novo neste bairro!

__________________________________________________
Depois de contorcer de dor após levar uma panada(um tapa com as costas da faca), chamou um amigo e perguntou:
- Vê ai se ficou alguma marca nas minhas costas!
- Esse nome TRAMONTINA já tinha?
- não!
- Então ficou!

quinta-feira, maio 29

NÃO APAGUE ESTA CHAMA!!!

Para os devotos de Santa Perereca da Carne Mijada!

LÁPIDE

Uma freira pediu para escrever em seu túmulo:


O coveiro era antoninense e achou que tinha muitas palavras e resolveu colocar outra lápide no lugar:

TEM GENTE COM URTICÁRIA AGUARDANDO ESSA RELAÇÃO...

(Fonte: blog do Fabio Campana: http://www.fabiocampana.com.br)


TC envia lita de 1.500 inelegíveis

Quinta-feira, 29 de Maio de 2008 – 16:18 hsO Tribunal de Contas do Paraná encaminhará ao Tribunal Regional Eleitoral lista de 1.500 nomes de pessoas que tem irregularidades na prestação de contas públicas e podem se tornar inelegíveis.
Ontem, houve romaria de candidatos a candidato que pediam para que seus nomes fossem excluídos da relação de maus administradores. Entre eles, gente graúda, com mandato legislativo e candidato a prefeito. Era o último dia para entrar com recurso no TC e tentar excluir o nome da lista.
(Colaboração: Mauricio Scarante)

quarta-feira, maio 28

ESTA É A EMPRESA CERTA...

Sabemos que o prefeito guarapirocabano não vai ser reeleito, isto já é fato consumado, e o "Bacucu com Farinha" preocupado com o futuro do "pobre" coitado já andou procurando algumas empresas para o nosso desastroso Alcaide gerenciar... agora em primeira-mão a empresa certa para ele colocar novamente em pratica a sua administração.

CHAPEUZINHO EMPATA...


Chapeuzinho vermelho ia tranquilamente pela floresta, cantarolando quando observou uma moita balançando.
Aproximou-se para ver o que era e atrás da moita, estava o seu lobo. Daí ela perguntou:
- Para que essas orelhas tão grandes, seu Lobo?
- É para te ouvir melhor, chapeuzinho!
E chapeuzinho continuou seu caminho, e daí a pouco, outra moita balançando. Aprouximou-se novamente viu seu Lobo atrás da moita. E perguntou:
- Para que esses olhos tão grandes, seu Lobo?
- É para te enxergar melhor, Chapeuzinho!
Chapeuzinho então seguiu seu cantarolando. E novamente, outra moita balançando. Chegou perto e encontrou novamente seu Lobo atrás da moita.
- Para que esse nariz tão grande seu Lobo?
- É para te cheirar melhor chapeuzinho!
Então, chapeuzinho seguiu adiante. Daí algum tempo, ela observou mais uma moita se mexendo. Aproximou-se e novamente encontrou seu Lobo.
- Para que essa boca tão grande seu Lobo?
- É para te mandar tomar no cú, chapeuzinho!! Já é a quarta moita que eu agacho atrás para dar uma cagada e você vem me atrapalhar!
(DEScrédito: Coisas da Vida)

terça-feira, maio 27

INFORMAÇÃO

Pessoal nos últimos dias as postagens do "Bacucu com Farinha" tá igual a administração do Prefeito Kleber (Antonina-Pr), quase parando... hehehe, mas ao contrário dele eu tenho um bom motivo, ultimamente estou trabalhando feito um cavalo... Opa!!! Isto faz jus ao meu apelido, saca (trabalhando feito um cavalo) pois além do meu trabalho normal estou fazendo uns serões extras, logo-logo voltaremos com toda força e postagens inéditas.

COMENTANDO EM TRÊS TEMPOS Nº 4

Por Nerval Pires da Silva

Chefe de gabinete poderá ser vaiado no Festival

Há rumores na cidade que um grupo de pessoas vão se posicionar em frente ao palco do Festival de Inverno, para vaiar e jogar ovos podres, como forma de protesto, no chefe de gabinete desse sofrível prefeitinho, quando tentar subir ao palco para se exibir à platéia à frente da Filarmônica. Afirmam os inconformados, que não vão admitir vê-lo rebolando com aquela "bundinha assanhada" acintosamente a frente da orquestra da Filarmônica, diante de uma platéia indignada com as verossímeis "falcatruas praticadas na Prefeitura".

Vendo os dois lados da questão – de um extremo, quem manda o recado, e do outro, o Sr. Luiz Carlos, que rejeita a manifestação, pretextando preservar o bom nome da Filarmônica e seus componentes – argumentando ainda que uma coisa não tem nada a ver com outra, caracterizando assim o movimento como inoportuno e anti-democrático, lembro Pitágoras quando diz: "sede amigo de verdade até o martírio, mas não sejas apóstolos até a intolerância." Isso equivale dizer, todavia, que não se deva cometer o desatino de desafiar o público que lá vai estar, levando a frente da Filarmônica esse sujeito repelido por todos, pelo mal que vem causando a cidade, trazendo como corolário essas idiossincrasias todas, com reflexos negativos no bom nome da Filarmônica. Primeiro: por que essa figura não é insubstituível, segundo: que a Filarmônica deve sim resguardar não só o seu nome, mas também os brilhantes rapazes que a compõe, sob pena de serem todos confundidos como farinha do mesmo saco. Juízo é como canja de galinha, não faz mal pra ninguém, senhor Luiz Carlos. Mais tarde voltarei ao assunto.

Moradores de bairros começam a reclamar da lerdeza dos serviços da empreiteira

Os moradores dos bairros que foram escolhidos para melhoramento, alcançados pelo plano PEDU, se mostram insatisfeitos com a morosidade dos serviços de asfaltamento a cargo da empreiteira que assumiu as obras. Ao invés de terminar primeiro um serviço, para depois começar outro, a empreiteira que já tem escassez de mão-de-obra insiste em querer fazer tudo de uma vez. Assim não dá. Não faz nem uma coisa e nem outra. Com isso gera transtornos a população deixando as ruas intransitáveis sem poder atender as necessidades de todos. Quando um remédio é mal administrado, gera efeitos colaterais.

Antonina perde outro capelista da gema

Já não bastasse a escassez de antoninenses da gema, eis que vimos perder mais um em menos de quarenta dias. Depois do saudoso Dodô Picanço, que nos deixa um lacuna tão grande – agora foi a vez do Robertinho Plasmam, idealizador e criador da Filarmônica Antoninense. São Pedro que tenha dó. Pare com isso! Se continuar assim que será de Antonina?

segunda-feira, maio 26

JURO, ESTA É A ÚLTIMA

SOMBRA EM HOMENAGEM AO RONALDO


ESTATUTO DO ESTAGIÁRIO


1 DEFINIÇÃO CIENTIFICA


É uma subespécie da raça humana, cientificamente conhecida como Inutilis rastejantes. Podem atingir um nível muito próximo ao dos seres humanos normais, se diferenciando apenas por serem acometidos de algumas anomalias cerebrais irreversíveis, o que para esta subespécie é um indicativo de evolução. Ao atingir este nível eles passam a ser chamados de Chatus universitários.


2 CARACTERÍSTICAS


O estagiário não existe … é assombração! O estagiário não pensa … é um copiador de idéias! O estagiário não ri … sofre de espasmos faciais! O estagiário não almoça … ocupa espaço no refeitório! O estagiário não anda de ônibus … atrapalha o usuário! O estagiário não é nada … simplesmente uma falha divina!


3 ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO


Grampeador adjunto
Atendente de telefone treinee
Anotador de recados júnior
Aplicador de corretivo em treinamento
Sub-carimbador operacional
Prendedor de elásticos pleno
Colador de selos bilíngüe (2 lambidas)
Picotador de papel em experiência
Xerocador coadjuvante
Técnico fechador de malotes
Perito servidor de cafezinho
Comprador de sanduíche sênior
Desentortador de clipes Jr.
Gestor de grampeamento de folhas
Oficial conferente de Loto Esportiva e afins


4 HABITAT


Costumam parasitar estantes de bibliotecas públicas, porões de escolas em geral, laboratórios de universidades (para serem estudados), empresas de qualquer espécies que fazem a boa ação de acolher estas problemáticas criaturas.


5. HISTÓRIA DO ESTAGIÁRIO DA NASA


A NASA enviou ao espaco a uma missao, tres macacos e um estagiario. Acompanhe o dialogo estabelecido entre a base e o foguete rumo ao espaco sideral: - NASA para nave: - Macaco n. 1, configurar painel de controle da espaconave. - Configuracao efetuada. - Macaco n.2, verificar pressurizacao da espaconave. - Pressurizacao verificada. - Macaco n.3, alinhar a rota da espaconave. - Rota alinhada. - Estagiario… - Ja sei, ja sei, põe comida pros macacos e nao mexe em nada !


(Fonte: Copia, meu filho)

SAIU NA GAZETA DO POVO DE DOMINGO

É isso aí pessoal... valeu Alcione, vamos meter a boca no trombone e externar as nossas indignações com a politicagem antoninense.

sexta-feira, maio 23

ANTONINA SEDIA “3º SEMINÁRIO NACIONAL SOBRE DRAGAGEM PORTUÁRIA”

(Fonte: Jornal Impacto)

Evento, promovido pelas Faculdades Integradas “Espírita”, ocorre entre 26 e 29 de maio, no Teatro Municipal de Antonina

SEDIA “3º SEMINÁRIO NACIONAL SOBRE DRAGAGEM PORTUÁRIA”
Evento, promovido pelas Faculdades Integradas “Espírita”, ocorre entre 26 e 29 de maio, no Teatro Municipal de Antonina Antonina sedia entre 26 e 29 de maio o “3° Seminário Nacional sobre Dragagens Portuárias – Engenharia, Tecnologia e Meio Ambiente”, o único do gênero no Brasil. O evento vai reunir profissionais de diversas partes do país para a discussão e a integração de experiências portuárias na área de dragagem portuária, principal entrave para novos investimentos e ampliação dos portos brasileiros. Promovida pelas Faculdades Integradas “Espírita”, que possuem a pós-graduação em Gestão Sócio-Ambiental Portuária, em parceria com a Associação de Defesa do Meio Ambiente e do Desenvolvimento de Antonina (Ademadan), a novidade desta edição é o apoio da Secretaria Especial de Portos (SEP), pasta criada pelo Governo Federal em 2007 para acelerar o processo de modernização nos portos do Brasil. O seminário pretende discutir e integrar diferentes experiências portuárias brasileiras na área de licenciamento e monitoramento ambiental das dragagens, a fim de contribuir com a avaliação crítica da Resolução CONAMA 344/2004 (ponto central do debate). Serão discutidos pela primeira vez projetos de engenharia de canais, com palestra do maior especialista brasileiro na área, o pesquisador da Marinha Edson Mesquita. O cerimonial de abertura, que acontece às 19 horas do dia 26 de maio, segunda-feira, conta com o lançamento da “2ª Publicação Nacional Sobre Dragagem Portuária do Brasil” e uma palestra sobre a política estadual de dragagem, ministrada por Eduardo Requião de Mello e Silva, superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA). Entre os palestrantes, destaca-se a presença de Joe Carlos Viana Valle, secretário de Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social do Ministério de Ciência e Tecnologia. Também há representantes da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental (ligada ao Ministério do Meio Ambiente), do Instituto Ambiental do Paraná e de diversos portos brasileiros. As vagas são limitadas a 300 participantes e o investimento é de R$ 50 a estudantes e de R$ 100 ao público em geral. Os interessados devem ligar para (41) 3111-1717 ou acessar o site www.unibem.br. Sugestão de Entrevistada Professora Eliane Bêe Boldrini: coordenadora do curso de pós-graduação em Gestão Sócio-Ambiental Portuária das Faculdades Integradas “Espírita”, única especialização do gênero no Brasil, e organizadora do seminário. Eliane é mestre e doutora em Educação, com produção científica voltada à Educação Ambiental. Programação A programação completa pode ser conferida no www.ademadan.org.br.
(Colaboração: Mauricio Scarante)

terça-feira, maio 20

COMENTANDO EM TRÊS TEMPOS Nº 02

Por Nerval Pires da Silva

O PMDB do litoral se reúne em Paranaguá


Participantes da reunião do PMBD em Paranaguá, onde o Diretório de Antonina se fez presente, dizem que foi um fiasco o discurso do prefeito de Antonina, que além de ter muita dificuldade para se comunicar, dissera um monte de besteiras, criando assim um desconforto tão grande no pessoal que o assistia, quanto a vergonha maior estampada no rosto dos capelistas que o acompanharam. Bem feito! O comentário geral de bastidores foi esse: esta coisa é o prefeito que vocês elegeram lá em Antonina? Que povinho, hem! Não tinha outro melhor? E a resposta veio de imediato num sussurro: e o pior é que tinha...

O PSB de Antonina coliga-se ao Canduca
É isso aí, o PSB de Antonina, que tem como seu presidente, o engenheiro Maurício Scarante, acaba de confirmar a coligação com os demais partidos que compõe o bloco de apoio ao Canduca. Com o Maurício segue uma enorme bagagem de conhecimento de estratégia atrelada a experiência de tantos anos ligado aos problemas de Antonina. Um belo gol acaba de marca o Canduca. Com este, sete são os partidos unidos em torno da sua candidatura. Pelo andar da carruagem deverão aportar por aquelas bandas mais dois partidos. Não adianta esconder por que já estou sabendo.
E, por falar em partidos políticos, já é hora do PPS criar maturidade política e assumir a liderança do grupo. Se a presidência está apática, substitua-se e eleja-se outro. O que não pode é ficar nesse negócio de não querer ferir melindres e deixar como está para ver como é que fica, que vai acabar ficando em nada. Movam-se antes que seja tarde. Que o PPS tome as rédeas do processo. Tem gente que não está gostando nem um pouquinho do que está vendo e até já está perdendo a paciência com o ritmo deste. Como é Leôncio Shthorache, vai deixar como está? Parafraseando Geraldo Vandré, o esperar não é o saber, quem sabe faz a hora não espera acontecer.

OS MEUS AGRADECIMENTOS
Como bolo de aniversário das Crônicas da Cidade, que acaba de completar um aninho, este escrevinhador recebe dos editores do Vox Populi, mais um espaço nesse conceituado jornal – trata-se desta feita, da coluna "Comentando em Três Tempos". Nela abordaremos, (eu e vocês aí) os acontecimentos diários de nossa comunidade, que merecem ser destaque. Se os leitores quiserem colaborar é só mandar informações para o e-mail nervalpiresdasilva@hotmail.com. Fiquem tranqüilos que seus nomes não serão divulgados. Os maledicentes apostavam no máximo que as crônicas chegariam até a 3ª edição. Se equivocaram redondamente. Eles se nivelam por eles mesmos, quer dizer, por baixo.

ECONOMIA

Appa só trata da venda da Ponta do Félix com acionistas

(Publicado em 16/05/2008 Rosana Félix - GAZETA DO POVO)


A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) informou, ontem, que só vai tratar da mudança societária da empresa Terminais Portuários Ponta do Félix, em Antonina, com os próprios acionistas da companhia. Um consórcio de empresas tem a intenção de adquirir 43,4% do terminal, que hoje pertence ao fundo de pensão Previ. Em carta encaminhada ao representante do consórcio e à direção do terminal, a Appa sinaliza que não aceitará a movimentação de qualquer carga pela Ponta do Félix, como desejam os novos investidores.
O empresário Marcelo Ferraz, da Fibrapar, representante do consórcio, informa que estão planejados investimentos de R$ 200 milhões em Antonina, para a movimentação de vários tipos de cargas. Por conta de um contrato de confidencialidade, ele não revela mais detalhes do negócio. A Appa quer manter a Ponta do Félix como terminal exclusivo para a movimentação de congelados, como determinava uma ordem de serviço que foi suspensa provisoriamente pela Justiça. Um estudo feito pela superintendência regional do Ministério da Agricultura (divulgado pela Appa) conclui que a operação concomitante de congelados e cargas secas em Antonina não é compatível.
(Colaboração: Mauricio Scarante)

SAIU NO JORNAL IMPACTO

(Ondas litorâneas)

PMDB
Paranaguá sediou na sexta feira dia (09) nas dependências da Câmara Municipal, o encontro regional do PMDB, sob a batuta do seu presidente Waldir Pugliesi, com àquele seu jeitão de quem chupou limão e não gostou. As presenças de prefeitos ligados e puxas de Eduardo não poderiam faltar ao evento, entre eles Rudiney Gimenez, Helder Teófilo e o surpreendente Kleber da Fonseca, que até poucos dias era PDT roxo de Osmar Dias. Não poderia faltar no evento o homem das certidões falsificadas, o ex-prefeito Mário Roque, que tenta a qualquer custo escapar dos tribunais, e que desejam cassar os seus direitos políticos e encerrar a sua carreira política.

Situações contrárias
A diretoria do Porto tem cada figura, que é certo analisar individualmente cada um deles. O Luiz Henrique Dividino, que não se tem notícia do qual curso superior cursou, hoje é diretor do Porto de Antonina, mas no início do governo foi exonerado por problemas em licitações de informática, voltou ao seu cargo tranquilamente. Daniel Lúcio outro diretor da autarquia, esteve detido na subdivisão policial por depositário infiel, está firme e forte nos calcanhares de Eduardo para se garantir no corrimão do poder. Na outra ponta está o engenheiro Lepoldo Campos, o servidor de carreira, que denunciou todas as falcatruas, foi afastado e a sua lista de mutretas até hoje não foram esclarecidas pela direção do Porto. Chega-se a conclusão que Eduardo, não pode se afastar dos calados, do porto e nem de seus chegados, pois se um deles abre o bico a coisa complica.

(Colaboração: Mauricio Scarante)

segunda-feira, maio 19

O PROGRESSO

Estive em Antonina neste final de semana, onde fui procurado por vários cidadãos antoninense em busca de soluções para atual crise que passa a economia local, no sábado foi cedida gentilmente a casa do amigo Aguinaldo Costa, mais conhecido como "RATINHO" para que lá fosse discutido assuntos relevantes ao bairro do Batel e conseqüentemente o futuro político da nossa cidade, foram abordados vários temas com a participação de líderes comunitários daquele populoso bairro, gostaria de agradecer a presença de todos que deixaram seus domicílios e foram lá, discutir soluções sociais, economias, segurança e outros pontos fundamentais.

Porém, recebi do Sr. Luiz Carlos Fabri, uma documentação muito importante para o desenvolvimento econômico antoninense, trata-se de um assunto polemico sim (Projeto de Exploração de Minério de Ferro Maganes em Antonina), mais deveríamos sentar e discuti-lo com propriedade, não tratá-lo com descaso como vem sendo tratado pelos nossos governantes... soube também por intermédio do Sr. Luiz Carlos Fabri, que uns dos acionista da MIT Business Group Limited, esteve em Antonina para apresentação do projeto, e conseqüentemente adquirir do nosso "Alcaide" uma Carta de Anuência para que fossem liberadas pesquisas, mediante a licença prévia junto ao IAP e DNPM, conforme vocês acompanharão abaixo:

PARA MELHOR VISUALIÇÃO

CLIK NA FOTO






Esta Carta de Anuência feita pelo prefeito de Morretes, digamos que, isto sim é um compromisso com a população, o nosso "Alcaide" deveria seguir os bons exemplos...


















(Obrigado Sr. Luiz Carlos Fabri, pela confiança no "Bacucu com Farinha" para que todos estes documentos fossem postados)

sexta-feira, maio 16

O ORKUT É UMA MARAVILHA...



A foto gerou uma grande dúvida, sobre o número de canhões presentes nela, então deixo a cargo de vocês, leitores do blog do "Bacucu com Farinha", decidirem em uma enquete:



QUANTOS CANHÕES EXISTE NA FOTO ACIMA???

2

II

Dois

Two

Dos














Um ótimo final de semana para todos...

PEÇA PELO NÚMERO...

Um dos membros da "TURMA DO LITRO" desembarca em Curitiba travado de bêbado, entra no McDonald's e pede:

- Por favor, uma coxinha.

A atendente, rindo, responde:

- Não temos, senhor.

Ele insiste:

- Então... quero um pão com mortadela.

A moça, paciente:

- Também não temos, senhor.

- Mas vocês não têm nada?, pergunta

- Temos muitas opções! É só pedir pelo número.

E o páu-d'água:

- Então me dá uma 51.

QUEM TEM CORAGEM DE USAR???

Se eu chegar com uma camisa desta em casa...

quinta-feira, maio 15

Crônica da Cidade nº 47


Por Nerval Pires da Silva

Uma jovem de 17 anos, filha de um conhecido cidadão antoninense, que ao me procurar para relatar um fato – diga-se de passagem, fizera questão em se identificar publicamente – mas que por força de circunstância, preservaremos o nome do amigo. A jovem fora a um renomado oculista em Curitiba, e ao preencher seu prontuário de atendimento, o facultativo disse-lhe: então você mora em Antonina? Aquela cidade mais parece um chiqueiro tal o tamanho da sujeira nas ruas e nas praças. Lá parece ser o reino dos cães vira-latas que emporcalham a cidade, e tudo com a mais completa complacência daquele povinho que convive com aquele estado como se fosse absolutamente normal... Parece que a sua cidade não tem prefeito, nem vereadores e nem tampouco vigilância sanitária. Deus me livre, lá eu nunca mais porei os pés – lamento você morar naquela pocilga. A jovem nem tentou redargüir, também pudera, diante dos argumentos inquestionáveis exposto por aquele profissional...
De volta para casa deprimida, a lembrança daquele colóquio que tivera com o seu médico, a fez chorar copiosamente. Deve ter chorado de vergonha e de tristeza ao mesmo tempo. Arrisco dar meu palpite – que sua vergonha fora mais pelo constrangimento e humilhação que tivera que suportar diante daquela insofismável conclusão – e de tristeza por lhe ter sido desvendado através do seu médico o caráter de seu povo.
Precisava de visitantes assim resolutos como este, para descortinar a decadência de uma cidade que os daqui teimam em não querer enxergar e admitir – mas, as verdades, como as rosas, têm espinhos. O progresso de uma cidade se mede pelo caráter de seu povo, já dizia Colbert.
Essa complacência já contaminou outros setores das nossas atividades, como corolário, adubando um campo fértil à pratica de falcatruas por parte dos poderes municipal e estadual. Vejamos no setor portuário, o principal sustentáculo da nossa economia, infelizmente! Partícipes deste quadro de desmonte – eles, os administradores portuários, insistem em sonegar informações à sociedade, temendo represálias por parte do governo, não sabendo eles que a classe esclarecida capelista já está a par de toda essa questão, e que ninguém entre de santo nessa história.
A classe esclarecida e destemida de Antonina, já se articula embora atrasada, em torno de um movimento popular onde se reúnam todas as camadas da sociedade, para uma passeata com tudo o que tiver direito, para que se possa chamar a atenção do povo do Paraná para que assistam o descalabro que o governo nos impõe. Estão sendo conclamadas todas as estações de televisão do estado, rádios e jornais para mostrar o crime que este governo municipal e estadual estão praticando com Antonina, com o Porto e seu povo. Já estava na hora de acordar.
Nerval, é escritor, comentarista e empresário

COMENTANDO EM TRÊS TEMPOS
Por Nerval Pires da Silva

Hoje 14 de maio, está fazendo quatro meses que cidadãos de fibra da nossa cidade representaram o prefeito Kleber Fonseca e sua camarilha na Promotoria Federal do Patrimônio Público, no setor de Prefeitura, com provas documentais dos seus crimes contra o erário público. No entanto, até a presente data nada fora feito por aquela promotoria, pelo menos de nada sabem se recurso foram promovidos ou mais uma enganação contra o povo. Alguns dos subscritores da ação, cansados de tanto esperar e muito decepcionados com aquela Promotoria, já se movimentam no sentido de tomar as devidas providências. Com a palavra os Promotores daquela instituição.

ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA!

Tudo começou com um inesperado telefonema do Canduca e sua equipe de trabalho à Rádio Antoninense, no programa matinal, onde fora convidado a participar o prefeito, o presidente da Câmara e a promotora. Com a ausência dos dois primeiros o comentário ficou restrito ao Maurício Marquesini, apresentador e a Promotora sobre o problema que vem enfrentando a população com a falta de trabalho no setor portuário. Inesperadamente, eis que surge o Canduca na conversa no outro lado da linha e resolve liderar um movimento público que teve a adesão imediata tanto da Rádio Serra do Mar, como da Promotora Pública. A equipe competente do Canduca já está se mobilizando no seu escritório de campanha, no sentido de organizar o ato público, para isso já estão sendo confeccionados os cartazes e boletins que serão rodados em gráficas para serem distribuídos a todos os antoninenses. Eu também estarei presente.

FOI ADIADO PARA MAIS UMA SEMANA O MARTÍRIO DE MAIS DOIS VEREADORES TRANSFUGAS.

Por excesso na agenda, foi adiado para a próxima terça-feira o julgamento e a provável cassação de mais dois vereadores antoninenses. Estavam na pauta do Tribunal os nomes de Dutra e Cara de Relógio, que por falta de agenda serão julgados em outra ocasião. Depois deles, outros virão e a casa ficará limpa pelo menos por mais sete meses. Dizem que eles poderão voltar na próxima eleição, mas até lá muita água irá rolar por baixo da ponte. Aguardemos.

FALA SÉRIO... MARCAR ASSALTO PELO ORKUT

__________
Nem o mundo do crime escapa da vaidade Orkutiana.
Então tá marcado hein galera... Terça-feira, assalto lá no B da 13. Nos vemos lá. hehehe

IGUINORANSSIA A FRÔ DA PELE

(Até a bandidagem está na rede)

Eh issu aew truta... nóis zua todo mundo, mas a umildade prevaleçe:

O orcute eh loko mano...
"Aew, na epoca que o Orcute era e ingreis e a gente se fudia lá na lã rauzi, onde voçes tavam? Quantos escrépis voçes mandaram pra mim?
Agora tah de olho no escrépi que eu mando? Tah de olho na comunidade que eu entro?
Demorô eu quero é mais, eu quero eh tê seu profáile...
(...)
Vagabundo naaaato..."
Um abrassu pros aliadus da comunidade do Capão Redondo, da comu do Jardim Angela, da comu da Vila Brasilandia, da comu de Heliópolis, da comunidade do Carandiru, pra toda a comunidade da Zona Leste - SP e pra toda a Periferia no Orcute.
__________
Este foi eleito o meliante da semana.
Tatuagem de cadeia é uma MERDA mesmo, além de ficar para o resto da vida, o tatuador é analfabeto o lazarento... hehehe

O TROCO DAS MULHERES...

Coisas de Casal

AMOR ' I '

Querida, vamos ter que começar a economizar.

- Tudo bem... Mas como?
- Aprenda a cozinhar e mande a empregada embora.
- Tá legal... Então aprenda a fazer amor e pode dispensar o motorista.

(NOSSA!!!! ESSA FOI A GOTA QUE FALTAVA...)
__________

Amor ' II '

O cara pergunta para a mulher:

- Querida, quando eu morrer, você vai chorar muito?

- Claro querido. Você sabe que eu choro por qualquer besteira...

(MISERICÓRDIA.....!)
__________

Amor ' III '

Na cama, o marido se vira para a jovem esposa e pergunta:

- Querida, me diga que sou o primeiro homem da sua vida.

Ela olha para o babaca e responde:

- Pode ser... Sua cara não me é estranha...

(Santo Anjo do Senhor.....)
__________

Amor ' IV ' - A melhor

Um casal vinha por uma estrada do interior, sem dizer uma palavra.

Uma discussão anterior havia levado a uma briga, e nenhum dos dois
queria dar o braço a torcer. Ao passarem por uma fazenda em que havia mulas e porcos,
o marido perguntou, sarcástico:

- Parentes seus?

- Sim, respondeu ela. Cunhados e sogra...

(Essa pode apostar que não é loira...!!!!)
__________

Amor ' V '

Marido pergunta pra mulher:

- Vamos tentar uma posição diferente essa noite?

A mulher responde:

- Boa idéia, você fica aqui em pé na pia lavando a louça e eu sento no sofá!!!!!

(Essa doeu.)
___________

Amor ' VI'

O marido decide mudar de atitude. Chega em casa todo machão e ordena:
- Eu quero que você prepare uma refeição dos deuses para o jantar e quando eu
terminar espero uma sobremesa divina. Depois do jantar você vai me
trazer um whisky e preparar um banho porque eu preciso relaxar.
E tem mais: Quando eu terminar o banho, adivinha quem vai me vestir e me pentear?

O homem da funerária... Respondeu placidamente a esposa...

(essa jamais será escrava de homem...)
__________

Amor ' VII'

Querida, o que você prefere? Um homem bonito ou inteligente?

- Nem um, nem outro.

Você sabe que eu só gosto de você.

(Nossa...)
__________

Amor ' IX '

Marido e mulher estão tomando cerveja num barzinho. Ele vira pra ela e diz:

- Você está vendo aquela mulher lá no balcão, tomando whisky sozinha?

Pois eu me separei dela faz sete anos! Depois disso ela nunca mais parou de beber.

A mulher responde:

- Não diga bobagens. Ninguém consegue comemorar durante tanto tempo assim!

(Sem comentários.....)

(Colaboração: João Garça)

FAÇA ESTE TESTE

Faça este teste e se não acreditar, faça de novo!!!

O QUE O POVO QUER SABER...

Chuck Norris, o "Bacucu com Farinha" é o melhor blog de variedades que aparecu na net???






NOTÍCIA ESTRANHA...

Museu japonês recebe exposição sobre cocô

Crianças podem brincar com 'amostras' produzidas por diversos animais.
Há também livros que ensinam as crianças sobre a importância das fezes.


O museu literário da cidade japonesa de Himeji recebe, até o dia 18 de maio, uma exposição sobre um tema curioso: fezes.



No evento, estão expostos dejetos de diversas espécies de animais, além de fotos de diversos bichos durante a "produção".



As crianças - que compõem a maioria dos visitantes - são convidadas a manipular os diversos tipos de cocô.

Há uma sessão apenas para mamíferos africanos, que inclui uma coleção de fezes de zebras, elefantes, girafas e hipopótamos.

O museu oferece ainda uma seleção de livros sobre fezes. Há literatura sobre a importância das fezes, como elas são formadas e até ilustrações e fotos sobre diversos animais que se alimentam do cocô alheio. Um dos destaques é um folheto feito a partir de cocô de elefante.



______________

Grande MERDA, eles não viram em guarapirocaba, nós temos uma bosta que anda pela cidade e vive fazendo mais cagada...

ECONOMIA

(Fonte: Gazeta do Povo - Publicado em 15/05/2008 | Rosana Félix)


ANTONINA

Consórcio quer investir R$ 200 mi em terminal
Pedido para compra de parte da Ponta do Félix foi protocolado ontem. Negociação ocorre em meio à crise enfrentada pelo terminal, que está sem licenças para movimentar cargas secas.

O consórcio de empresas que está interessado em adquirir a participação do fundo de pensão Previ na Terminais Portuários Ponta do Félix, em Antonina, protocolou o pedido de compra na Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). O documento está sendo analisado pela autarquia, que tem a prerrogativa de validar ou não o negócio, por ser a arrendadora do terminal. Nos próximos anos, o consórcio pretende investir R$ 200 milhões na infra-estrutura portuária de Antonina. O negócio coincide com um período de crise do terminal: sem licenças ambientais, a movimentação de cargas secas está suspensa desde o início de abril.

As empresas assinaram um contrato de confidencialidade entre elas e com a Previ e, por conta disso, não foram revelados detalhes nem valores do negócio. A Appa também tinha interesse em adquirir a parte da Previ.

O empresário Marcelo Ferraz, da Fibrapar, que atua em logística e investimentos, protocolou o documento em nome do consórcio. Segundo Ferraz, o consórcio estuda há dois anos a possibilidade de fazer investimentos na área portuária. “Queremos investir na infra-estrutura da cidade, ampliar ramais ferroviários e rodoviários. Queremos trabalhar com todo tipo de carga, com contêineres e também com líquidos”, afirmou. Para isso, o consórcio deve fazer algumas adaptações, “respeitando as normas ambientais”.

Além do porto, o consórcio pretende investir no interior do estado, em centros de distribuição. “Já fizemos contato com a Ferroeste, que tem um projeto de expandir a malha para o Mato Grosso do Sul, o que seria muito interessante para nós. Temos volume de carga que justificaria os investimentos na ferrovia”, diz Ferraz.

Crise

O empresário não quis fazer comentários sobre os problemas que Antonina vem enfrentando. Cerca de 500 trabalhadores portuários avulsos estão sem trabalho, já que a movimentação de cargas secas está proibida desde o início de abril, quando venceu a Licença de Operação (LO). Como o terminal é o motor econômico da cidade, o comércio e o setor de serviços também passam por dificuldades.

Atualmente, a Ponta do Félix só recebe navios menores. O calado máximo permitido (distância da quilha ao fundo) é de cerca de 8,5 metros – o ideal seria 9,5 metros, para receber navios de contêineres de pequeno porte.

_______________

Perguntar não ofende, os nossos governantes estão sabendo disto tudo que está acontecendo com o terminal???

quarta-feira, maio 14

MAIS UMA DO ESTADO... ALI, UM POUQUINHO MAIS PARA BAIXO...

Dois gauchos estavam em cima de um muro, quando um deles caiu e o outro perguntou:
-Doeu??
E o que caiu:
-Que nada tchê, 'DÔ EU' primeiro que já estou deitado.

(Em homenagem ao meu amigo João Garça)

O QUE FAZ A FALTA DE SEXO...

DÁ UMA OLHADA EM NOSSO AMIGO AÍ

FOTO TIRADA RECENTEMENTE DO INTERIOR DA PREFEITURA GUARAPIROCABANA...




_________
Isto é que eu chamo de um verdadeiro cabide de emprego...

VALE APENA LER!!!

EU PENSEI QUE JÁ TINHA VISTO DE TUDO...

Sabe aquele famoso e-mail que as empresas disponibilizam para comunicar-se com seus clientes (faleconosco, falecon@/sac @)...

Pois é, vejam as pérolas que algumas pessoas tem capacidade de escrever, eu fico imaginando a cara das pessoas que são obrigadas a responder esses e-mails!

EMPRESA: LUPO
Olá, recentemente adquiri três cuecas da Lupo, modelo Speedo. Acontece que após um dia de uso, a hora que eu tiro a cueca, ninguém aguenta o cheiro. A Valdirene, que é empregada de casa, disse que não vai lavar as cuecas por causa do odor, minha mãe também. Meu pai disse que pode ser problema de fungo na virilha ou coisa assim, mas isso não é, porquê tenho boa higiene. O que faço ??? Pode ser problema na fabricação das cuecas? Daniel
Resposta: Prezado Sr. Daniel , Agradecemos seu contato e sua preferência por nossos produtos. Informamos que seu relato sobre as cuecas é inédito. Acreditamos não se tratar de problema em nossa fabricação, pois nunca tivemos nenhum problema desse tipo e trabalhamos com matérias-primas de qualidade. Atenciosamente, SAC - LUPO

EMPRESA: PHILLIPS
Olá, comprei um Philishave Micro Action Dupla Ação HQ 342 há algumas semanas e por necessidade resolvi usá-lo na região do saco escrotal, mas não obtive muito sucesso. Além da forte dor, notei pequenos cortes. Como não fui feliz em minha tentativa e tenho certeza que várias outras pessoas também passam por necessidades pessoais como essa, gostaria de deixar a minha sugestão para elaborarem um produto específico para esse fim. Se possível, para a região anal também. Desde já agradeço e aguardo retorno. Gilbert.
Resposta: Prezado Sr. Gilbert, com referência à solicitação feita, informamos que este aparelho trabalha com lâminas que cortam bem rente a pele, neste caso, o saco escrotal possui uma pele bem fina e sensível, além de ser bem enrugado também, e por este motivo o senhor sentiu dor e teve pequenos cortes. Pedimos encarecidamente para o senhor não tentar barbear o seu ânus com o aparelho pois os resultados podem ser desastrosos. Contamos com sua compreensão. Atenciosamente, Vinicius Decia CIC - Centro de Informações ao Consumidor Philips e Walita 0800-701-0203 - E-mail: cic@philips.com.br

EMPRESA: SOUZA CRUZ
Bom dia, gostaria de fazer uma reclamação. É sabido por todos que o cigarro é prejudicial à saúde devido a presença de alguns produtos químicos que podem causar diversas doenças. É óbvio que vocês, assim como eu, sabem disso. Minha reclamação se refere ao fato de minha sogra ser fumante há trinta anos e até agora não ter tido nenhum, nenhum mesmo, tipo de doença relacionada ao consumo de cigarro até agora... Considero isso lamentável, pois eu compro tres maços de cigarro Derby pra ela por dia e até agora nada. E isso já faz dez anos!!! Apesar de desapontado com os resultados obtidos, pretendo continuar comprando para ela os cigarros dessa marca, pois não concordo com a pirataria de cigarros que tanto prejudicam o operário público. Dessa forma gostaria de ser informado sobre qual é o produto mais cancerígeno dessa empresa. Respeitosamente, André
Resposta: Sr. André, agradecemos seu contato, o que muito nos honrou pela lembrança de nossa empresa. A Souza Cruz tem por princípio se comunicar somente com adultos. Para que possamos dar uma resposta sobre sua solicitação necessitamos comprovar a sua maioridade. Pedimos, por gentileza, que nos redirecione este e-mail informando o seu nome completo, o nr. do CPF, sua data de nascimento e telefone (com DDD), que entraremos em contato. Ainda para sua conveniência, colocamo-nos também à disposião para maiores informaões através do telefone 0800 888 2223 (discagem gratuita) nos dias úteis, de segunda-feira sexta-feira, das 8:00 às 20:00hs ou acesse o site www.souzacruz.com.br . Atenciosamente, Serviço de atendimento ao consumidor Tel: 0800 8882223 (discagem gratuita) sac@scruz.com.br

EMPRESA: TAURUS
Olá, recentemente um grande amigo meu me pregou uma baita peça, e eu preciso descontar. Como possuo uma spingarda modelo Delta, calibre 4,5 mm , gostaria de saber qual distância seria segura para dar um bom susto nele, ou seja, atirar, mas não para matar. Será que vocês poderiam me orientar??? Tenho medo de fazer alguma besteira. Obrigado, forte abraço. Resposta: Prezado Senhor, nossa orientação é de que o senhor não atire em seu amigo, mesmo que de brincadeira. Uma das regras de segurança para manuseio de armas é bastante clara: 'Nunca, em nenhuma hipótese, aponte qualquer arma, carregada ou descarregada, para qualquer pessoa ou coisa que você não deseje atingir ou destruir. Atenciosamente, Departamento de Marketing Forjas Taurus AS

EMPRESA: SADIA
Muito obrigado pela atenção . Há muito tempo venho utilizando a Lingüiça Sadia como parceira sexual. Celibatário e homossexual por op ção, gostaria de opinar sobre uma possível mudança na textura da mesma, que poderia apresentar sua superfície em alto relevo e um aumento do seu diâmetro, para aumentar o prazer. Seria possível?? Há alguma contra indicação para a penetração anal? Há alguma substância na salsicha que não seja indicada para isso?
Resposta: Caro consumidor, A salsicha Sadia não é prejudicial em nenhuma circunstância. Mas recomendamos utilizá-las apenas na culinária, pois existem produtos no mercado que atendem mais efetivamente os seus interesses. Atenciosamente, Patrícia Galvão Relações com o Consumidor - Sadia

É mole!!!

TODO HOMEM MERECE UMA MULHER ASSIM


Duas semanas de casamento, o marido apesar de feliz, já estava com uma vontade reprimida de sair com a galera pra fazer a festa.Assim, ele diz à sua queridinha: - Amorzinho, vou dar uma saidinha mas não demoro...- Aonde você vai, meu docinho...? - Ao barzinho, tomar uma geladinha... A mulher bota a mão na cintura e lhe responde: - Quer cervejinha, meu amor ??? Nesse momento abre a porta da geladeira e lhe mostra 25 marcas diferentes de cervejas de 12 paises... alemãs, holandesas, japonesas, americanas,mexicanas, etc. O marido sem saber o que fazer, lhe responde: - Meu docinho de côco... Mas no bar... você sabe... O copo gelado.......O marido nem terminou de falar, quando a esposa interrompe a sua conversa e lhe fala: - Quer copo gelado, amor? Nesse momento ela pega no freezer um copo bem gelado, branco que até tremia de frio.O marido responde:- Mas, minha princesa, no bar tem aqueles salgadinhos gostosos... Já estou voltando, tá? - Quer salgadinho, meu amor??? A mulher abre o forno e tira 15 pratos de salgadinhos diferentes, quibe, coxinha, pastel, pipoca, amendoim, coração de galinha, queijo derretido,torresmo... - Mas, minha Pixunguinha... lá no bar... você sabe.... As piadas, os palavrões, tudo aquilo... - Quer palavrões, meu amor???
ENTÃO VAI TOMAR NO C.., PORQUE DAQUI VOCÊ NÃO SAI NEM FU#%&DO.... SEU FILHO D... P...!!!!!

FESTIVAL DE INVERNO GUARAPIROCABANO

ISTO SIM QUE É FÉ....

PIADEX

O prefeito guarapirocabano ia caminhando em uma rua quando se viu apertado para urinar:
- E agora, meu ASPONE, o que eu faço?
- Faz aí mesmo, senhor prefeito. A gente faz uma barreirinha!
Nisso, um guarda que passava viu o ato em via pública.
- Ahá! Peguei! Isso é atentado ao pudor! Ops, desculpa senhor prefeito, não vi que era o senhor…
- Não, seu guarda, a lei é para todos. O que eu estava fazendo é errado e você vai me multar e até prender se for o caso…
- Senhor prefeito, não vou prender o senhor…
- Vai sim, se tiver na lei…
- Não, não vou…
- Vai!
- Senhor Prefeito… O senhor já fez tanta cagada, acha que eu vou prendê-lo por uma mijadinha de nada?

terça-feira, maio 13

O SONHO DA CASA PRÓPRIA


BARREADO DE ANTONINA

(Fonte: http://yarasarmento.blogspot.com)

Aos Capelistas
Barreado de Antonina
Também, à Nancy e Lu Rufalco. À Tânia Silva. À Berenice e Isabel Mendes.





Barreando a panela: Maria Souza, Maria Alice Moreira e Luizinha Moreira Picanço (1984).

Receita incrementada por Nerea Gomes Moreira de Moraes Sarmento e Maria Souza.

Prato típico do litoral do Paraná, delicioso com suas carnes variadas e seus mil temperos, come-se com arroz e/ou farinha de mandioca, de Antonina.
Inúmeros foram os almoços na nossa casa, oferecendo-se esse prato com todos os seus rituais.
Mamãe divulgou o Barreado estadual e nacionalmente, através da Revista Claudia, bem como nos vários encontros de profissionais de diversas áreas, os quais ocorreram no Clube Náutico de Antonina, no período que Nerea foi a Comodora.



INGREDIENTES:

CARNES: alcatra / cochão mole / peito / toucinho crú.
Quantidade para 30 pessoas:
6 kilos de ALCATRA
6 kilos de COCHÃO MOLE
3 kilos de PEITO
1 kilo de TOUCINHO


TEMPEROS:

Cominho, alho, cebola, louro, manjerona, vinagre, cheiro verde, pimenta do reino, pimenta de cheiro, sal.


COMO PREPARAR:

Cortar as carnes em pedaços (cubos) temperar com todos os ingredientes e deixar ficar numa vasilha a noite inteira.
Pela manhã, às 10 h colocar a carne com todos os temperos na panela de barro já curtida. O toucinho deverá ser cortado, uma parte em tiras fininhas para forrar a panela, outra parte cortar em cubos e colocar junto com as carnes.
Levar ao fogo e quando entrar em fervura, provar e se o sabor estiver a gosto, tirar do fogo e cobrir a panela com uma folha de bananeira, devidamente “sapecada”. Amarrar a folha com barbante grosso, bem firme, na borda da panela, colocar a tampa e lacrar (barreá-la) com a seguinte massa:
Juntar farinha de mandioca “surui” e cinza, um pouco de água até um ponto que dê para barrear (lacrar a panela).

Se durante o cozimento sair “bafo”, barreia-se novamente o lugar do vasamento.

O Barreado deve ser feito, preferencialmente, em fogão à lenha, em fogo brando, das 15h em diante e por toda à noite. Por volta das 07 h até às 11h manter em fogo alto, após tirar do fogo e aguardar a hora de servir.

Acompanha o Barreado arroz branco ou farinha de mandioca (de Antonina), laranja e banana.
É tradição comemorar a abertura da panela de Barreado com fogos de artifício, toque de sino e cantando o Hino de Antonina.


O BARREADO É UMA FESTA!


A Festa do Barreado: Em destaque: Marli Garcia Correia, Nerea Sarmento, Valderez Pacheco, Maria da Graça Kindermann e Margareth Pinto (1984)


A Festa do Barreado: Em destaque: Orly Bach, Ilona Miguel, Maria Helena Maciel, Efigênia Peixoto, Nei Souza, Lívia Coelho, Ana Gaio, Margareth Pinto e Malu Willumsen (1984)


A Festa do Barreado: Em destaque: Luizinha Moreira Picanço, Rose Rogoski, Christo Dikoff, Lúcia Camargo, Marilyn Miranda, Hélia e Eny Leão, Acácia Pereira e Antonio Alves de Oliveira Neto (1984)




OUÇA O HINO DE ANTONINA


DA SÉRIE:

EU ADORO MEU CUNHADO...

(Colaboração: João Garça)

QUEM SE LEMBRA DISSO...

segunda-feira, maio 12

EU PROMETI QUE NÃO POSTARIA MAIS NADA SOBRE O RONALDO

MAIS NÃO RESISTI...

ACABOU AS ESPERANÇAS DE ACHAR O PADRE VOADOR...

MAS NESTE SÁBADO ASTRONOMOS ACHARAM UM NOVO PLANETA


(Colaboração: Nelsinho)

O PADRE ANTI-ARGENTINO

Na cidadezinha, bem na divisa Brasil/Argentina, a igreja enche para a missa das 10h. Argentinos, brasileiros, prefeito, etc...

O padre começa o sermão:

- Irmãos estamos hoje aqui reunidos para falar dos ''Fariseus. Aquele povo desgraçado como esses argentinos que estão aqui.

Ohhhhhhh! - Coro generalizado na igreja e logo depois, o maior tumulto.

Os argentinos saíram xingando o padre,
houve briga na porta da igreja. O prefeito levou a mão na cabeça, indignado.

Acabada a confusão, o prefeito foi falar com o padre na sacristia:

- Padre, pega leve, os argentinos vêm para cá, gastam nas lojas, nos restaurantes, trazem divisas para a cidade. Não faça mais isto, por favor.

Durante toda a semana a cidade não falou de outra coisa senão do padre e o sermão do domingo. Aquele zum zum zum todo foi deixando as pessoas curiosas para saber
como seria no domingo seguinte. É bem verdade, que uma parte estava até satisfeita, pois não morriam de amores pelos hermanos.

Finalmente, chega o domingo, o
prefeito vai à sacristia e recomenda:

- Padre, o senhor lembra da nossa conversa, não? Por favor, não arrume nenhuma encrenca hoje, certo?

Começa a missa e o padre chega ao sermão:

- Irmãos, estamos aqui reunidos hoje, para falar de uma pessoa da Bíblia: Maria Madalena. Aquela mulher, a prostituta que tentou Jesus, como essas argentinas
que estão aqui.

Mal acabou de falar e não deu outra! Pancadaria na igreja, algumas internações no pronto-socorro local e o prefeito novamente foi ao encontro do padre:

- Padre, pelo amor de Deus! o senhor não me disse que ia pegar leve? Se o senhor não parar com isso, vou ter que pedir sua retirada imediata da paróquia.

Naquela semana, o zum-zum-zum foi maior ainda.

O papo era só o sermão e ninguém perderia a missa do próximo domingo nem por decreto! Na manhã do domingo, a Igreja parecia final de Campeonato Brasileiro. Não tinha lugar para ninguém.

O prefeito entra na sacristia escoltado pela polícia e adverte:

- Padre, pega leve, senão te levo em cana!

A igreja estava abarrotada. Quase não se conseguia respirar de tanta gente. Neguinho que há anos não pisava na igreja, parecia que era o mais devoto dos católicos.

Quando o padre aparece, tensão generalizada... Bochichos... Até que ele começa o sermão:

- Irmãos, estamos aqui reunidos hoje, para falar do momento mais importante da vida de Cristo: a Santa Ceia.

(O prefeito então respirou aliviado)

- Jesus, naquele momento disse aos apóstolos: - Esta noite, um de vocês me trairá.

Então João pergunta: - Mestre, sou eu?

E Jesus respondeu: - Não, João, não será você.

Pedro pergunta: - Mestre, serei eu? E Cristo respondeu: - Não, Pedro, não será você.

E então Judas pergunta: - Miestre, soy yo?

E o quebra-quebra foi geral!

(Colaboração: Sandro Servullo)

Sem terminal, Antonina pára


Patrícia Takasaki, microempresária de Antonina e esposa de um estivador: “fertilizante não paga bem”

(Fonte: Gazeta do Povo - Colaboração: Mauricio Scarante)

Com a Licença de Operação vencida, porto da Ponta do Félix recebeu só um navio frigorificado nas últimas quatro semanas. Trabalhadores portuários estão sem trabalho

Publicado em 11/05/2008 | Rosana Félix

__________________

Antonina - Cerca de 500 trabalhadores portuários de Antonina, litoral do estado, estão sem trabalhar desde o início de abril, quando venceu a Licença de Operação (LO) da empresa Terminais Portuários Ponta do Félix. Apenas a movimentação com carnes congeladas foi liberada – insuficiente para garantir a renda de estivadores e arrumadores naquele mês. Nas últimas quatro semanas, o terminal recebeu apenas um navio frigorificado, quando o normal são quatro por mês. Como a empresa é o motor econômico da cidade, o comércio e o setor de serviços também estão arcando com prejuízos. O assunto será tratado em uma reunião amanhã com estivadores, funcionários, diretoria do terminal, representantes da associação comercial e do poder público.

Segundo o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), a empresa pretendia movimentar cargas que não estavam na LO anterior, que venceu em março. O documento precisa ser renovado a cada quatro anos. Apenas as cargas congeladas foram liberadas, segundo o IAP, porque são as únicas cargas previstas no Estudo de Impacto Ambiental e no Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima), feitos na época da assinatura do contrato de arrendamento entre a Ponta do Félix e a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), em 1995. De acordo com pessoas ligadas ao terminal, também estavam listadas cargas não-poluentes, o que permitiria a operação de bobinas de papel e vergalhões de ferro, por exemplo. A reportagem não teve acesso ao EIA/Rima original. Mas o IAP diz que, para movimentar cargas que não sejam congeladas, a empresa precisa apresentar o pedido de Licença de Instalação (LI).

Saiba mais
Comércio de fertilizantes quase triplicou em 2007
Comerciantes começam a demitir
A diretoria do terminal não atendeu aos pedidos de entrevista. De acordo com pessoas ligadas ao assunto, a empresa contratou uma consultoria ambiental para fazer um levantamento de todas as medidas adotadas pelo terminal, de forma a embasar um pedido de reconsideração, já encaminhado ao IAP. Em fevereiro, o terminal havia sofrido outro revés: a Appa baixou uma Ordem de Serviço que suspendia a operação de carga geral. O caso foi levado à Justiça Federal e, em 27 de fevereiro, o juiz substituto de Paranaguá, Carlos Felipe Komorowski, concedeu liminar à empresa, sob o argumento de que as restrições causariam impacto negativo na economia de Antonina. A Appa, arrendatária do terminal, ainda pretende manter a estrutura da Ponta do Félix exclusiva para a movimentação de cargas congeladas. A autarquia apresentou recurso ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, que ainda não foi julgado.

“É uma insensibilidade muito grande do governo do estado em sacrificar o trabalhador dessa forma”, diz o presidente do Sindicato dos Estivadores de Antonina (Estiva), Aroldo Cezar da Costa. Segundo ele, sem o terminal, não há emprego. “Em Antonina não há nenhuma atividade em que se possa trabalhar de bico, para garantir um dinheirinho. Quando não tem produção, não temos dinheiro nem trabalho.” A outra opção para trabalhadores portuários avulsos é o Porto Barão de Teffé, de propriedade da Appa, que está paralisado há anos. A autarquia está investindo R$ 25 milhões na revitalização do local, principalmente na reforma do cais.

Costa diz que consegue sobreviver porque recebe aposentadoria, mas a maioria está passando por dificuldades. Desde o início de abril, apenas um navio atracou na Ponta do Félix, para carregar carne congelada. O estivador Reginato Machado da Costa mostrou o holerite da semana em que trabalhou neste navio. Recebeu R$ 207 por 18 horas de serviço. “Geralmente ganho de R$ 800 a R$ 900 por semana, por 60 horas de serviço.” Neste mês, Costa, que tem seis filhos, vai depender do salário da mulher, professora. “Quem guardou um pouco de dinheiro consegue se manter por mais um tempo. Quem não tem vai emprestar dinheiro no banco. Isso se tiver com o nome limpo”, diz o estivador André Luis Santos Veloso.

Principal acionista negocia venda

A crise na Ponta do Félix coincide com o momento em que o fundo de pensão Previ, principal acionista da companhia (43,4% das ações), estava com negociações avançadas para vender sua participação para uma sociedade formada por duas empresas. A Previ informou aos membros do Conselho de Administração da Terminais Portuários Ponta do Félix, em 4 de abril, sobre o interesse dessas duas empresas. De acordo com o presidente do conselho, Edilson Bertholdo, não foram repassadas outras informações, por conta de um “contrato de confidencialidade e de exclusividade firmado pela Previ com os interessados”. O fundo de pensão, via assessoria de imprensa, informou que não havia nenhuma informação para divulgar.

Há pelo menos dois anos a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, tenta vender a sua parte no terminal, para cumprir com um programa de desinvestimentos em ativos de renda variável. Para trabalhadores e estivadores, as atitudes da Appa e do IAP têm relação com esta negociação. “Quase 500 homens estão parados por causa de uma briga de ‘cachorro grande’. As partes poderiam negociar, para evitar que o trabalhador sofra como está ocorrendo”, opina Costa, da Estiva.

A troca de acionistas depende de anuência da Appa. A autarquia tinha interesse em adquirir a participação da Previ, mas não houve avanço nas negociações. Os outros sócios, todos fundos de pensão – Fundação Copel (que detém 20,41% das ações), Fundo de Pensão Multipatrocinado (15,75%), Portus (11,97%), Fusan, dos funcionários da Sanepar (8,42%) e Regius (0,04%) – têm preferência para adquirir a participação da Previ. Segundo Bertholdo, ainda não é possível falar sobre possível interesse de outros sócios na parte da Previ. “Como qualquer um dos sócios pode analisar uma eventual venda de um dos acionistas se este mesmo não tem nada a divulgar ou declarar sobre o assunto?”

De acordo com pessoas ligadas ao terminal, as empresas interessadas seriam do setor de fertilizantes, que tinham o interesse de importar o produto por Antonina. Mas, caso a restrição do IAP à movimentação de fertilizantes continue, o negócio pode não ser concluído. (RF)

domingo, maio 11

Eduardo Requião cria dificuldades para depois o seu irmão vender facilidades...

Uns lembram o inferno brasileiro onde volta e meia falta fósforo, gasolina ou alcool para acender o fogo, e por isso mesmo o local fica por conta de um diabo desesperado para punir os presentes naquele local.Piadinha a parte, é mais o menos o que acontece no Porto de Paranaguá, e agora, também, no Porto de Antonina.Desde que desembarcou em Paranaguá, onde o irmão psicólogo, pretendia mostrar seus conhecimentos de marinheiro que brincava com barquinhos no banheiro de casa, Eduardo Requião vem se notabilizando por lances que estão, gradativamente, tornando o principal porto paranaense inviável.Com empresas e famílias mudando para Santa Catarina, sentindo negócios inviáveis, os prejuízos se tornaram evidentes e vem deixando os empresários do setor preocupados com o que está acontecendo.Promessas não cumpridas, seja em relação ao cais oeste ou com o absurdo terminal de álcool que fez o governo babar de emoção e promover farta promoção quando o inaugurou, mas que até agora não funcionou, fazem parte de um rol de situações que demonstram ser o irmão do governador um especialista em criar problemas para depois o irmão resolver conforme um jogo de interesses não muito bem explicado.Aliás, este caso do terminal de álcool é de fazer rir e até chorar na seqüência.Promessa da primeira campanha, o terminal de álcool seria uma das obras do primeiro mandato, acabando com o monopólio da Catalini, conforme Requião prometera em discurso e o irmão jurou que ia cumprir.Quatro anos se passaram e nada do terminal.Começou o novo mandato, estamos no segundo ano, e o terminal do álcool que inauguraram não tem uma gota de etanol.Quando muito pode ter alguns litros de pinga embalando sonhos e promessas mas nunca correspondendo a realidade prometida.Essa é apenas uma das muitas situações criadas pelo irmão do governador, especialmente em criar problemas no porto para mais tarde anunciar que vai resolver a seu modo.Depois de praticamente desmontar o porto de Paranaguá que já foi referencia nacional e hoje é um triste retrato do passado, perdendo negócios para Santa Catarina, o irmão do governador virou-se agora para o porto de Antonina.A imprensa começa a mostrar um novo cenário armado pelo Superintendente da APPA.Até onde vai este tipo de situação?Até o fim do mandato do irmão, claro, pois em seguida Eduardo Requião deixa o governo e volta para Miami, de onde dizem nunca deveria ter saido.Uma imagem de demolidor que hoje identifica muito bem o irmão do governador e que virou especialista em desmontar ponto que deveria ser modelo.Que tal ?

BUCHICHOS DO GRILO

(Saiu no Jornal Impacto, coluna ondas litorãneas, Buchichos do Grilo: http://www.mixshop.com.br/impacto/ )

Muitos milhões estão sendo empenhados na APPA com destino a Antonina, um time inteiro está apoiando esta remessa, entre eles: Dividino, João Maria, Daniel, Eduardo e Ogarito. Vai dar entrevero, logo logo... A verba para Antonina é tão boa que a cidade sofrerá uma enorme transformação nesta eleição.

(Enviado por: Mauricio Scarante)

Demolindo

(Fonte: Ondas Litorâneas - Jornal Impacto)

Enquanto a prefeitura entrega novas obras, o superintendente do porto está demolindo as instalações do Porto Barão de Teffé, em Antonina, para construir outra mais moderna. O que não entendemos nesta demolição é que as obras não são antigas, e Antonina, já possui modernas instalações em escritórios e nas suas instalações. Os moradores de Antonina devem ficar de olho para observar o que o trio sombrio composto de Daniel Lúcio, Eduardo Requião e Henrique Dividino (aquele que foi exonerado, mas está de volta) e assessorado pelo prefeito Kleber da Fonseca estão aprontando na cidade. A empreiteira nós já sabemos, a placa está lá.

__________________

Comentário:
É sabido que as autoridades dos poderes municipais, executivo e legislativo, até agora não se manifestaram a respeito. Agora o mais interessante ainda é o porque as entidades ligadas diretamente a atividade portuária, cito sindicatos de estiva e arrumadores, estão quietinhas passivas, parece que não estão afetadas ou desconhecem do assunto. Ambos deveriam se preocupar com a situação da Ponta do Félix também, ou será que tá bom assim?

(Enviado por: Mauricio Sacarante)

sábado, maio 10

COISAS DE GUARAPIROCABA...

NOTÍCIA FRESQUINHA...



Um certo “cidadão” guarapirocabano, alugou um imóvel, e agora ao desocupá-lo, retirou vários objetos deste imóvel que não lhe pertenciam, ou seja, quando locou este imóvel os objetos já estavam lá tais como: cofre que estava embutido na parede, tampa de privada (credo), arandelas do banheiro que eram antigas do avô do proprietário(a), cano de antena de televisão que pertencia a casa, e outras coisas mais, o proprietário(a) agora vai verificar as contas de água e luz se realmente foram pagas.


Que coisa feia, este cidadão não tem vergonha na cara mesmo, o pior que ele tem em quem se espelhar, é um verdadeiro pilantra.

Eu sei que você lê o blog, só uma dica, você vai quebrar o rabo já - já...

sexta-feira, maio 9

CARTILHA DO ZÉ CARIOCA



Depois desta, só tenho é que desejar um ótimo final de semana a todos


Semana que vem promete...hehehe

ESTE ORKUT... CADA COISA


Esta aí esqueceu de mandar o comboio embora...

MARISCO RUSSO

ALMÊIJOA -

Tipo de marisco de formato fálico encontrado na Rússia. Dizem que é afrodisíaco altamente nutritivo e protéico...

Como vcs podem ver nas fotos abaixo, ao natural.






Ainda bem que só na Rússia é que tem, se fosse aqui ia ter muita piada de sacanagem.

Fala sério !!!

Trocando em miúdos: "Cú de bebado não tem dono"...

PRACAS DO BRASIU...



Dizem que este bar é frequentado pelos infiéis edis... eles tomaram bem lá...

INSS GUARAPIROCABANO

Um aposentado guarapirocabano vai ao INSS e a atendente pede a carteira de identidade, para confirmar sua idade.
Ele procura nos bolsos e percebe que esqueceu o documento em casa:- Vou até lá buscá-la e volto em seguida.
A mulher lhe diz:- Não precisa, desabotoe a camisa.
Ele abre a camisa revelando o cabelo grisalho do tórax e ela comenta:- Esse cabelo prateado é prova bastante para mim !
E processa o documento pedido.
Quando ele chega em casa e conta para a mulher a experiência no guichê do INSS, ela comenta:- Você devia ter baixado as calças. Ia conseguir uma aposentadoria por invalidez!

Crônicas da Cidade nº 46

Por Nerval Pires da Silva

O tempo avança célere, e nesse vôo infrene, eis que nos coloca já diante das eleições municipais. Para alguns, fora assim num piscar de olhos – refiro-me aos encastelados no poder, que se esfalfaram e se lambuzaram até não poder mais. Para muitos que vivenciaram e sofreram os efeitos dessa tragédia, um pesadelo interminável! Mas o tempo, esse renovador de esperanças e conselheiro eterno – de remédio para todos os males, tem encalacrado na cultura popular múltiplas definições. No Candomblé, por exemplo, o tempo é uma divindade da natureza, representada aqui na terra pelos povos nômades, pelas suas características de nunca se fixar em lugar algum, sempre andando, especificamente os andarilhos povos ciganos. Para outros, uma gigante roda centrífuga a girar sem parar. Já para os sábios e os filósofos, o tempo é Deus, pois é infinito, eterno, desconhecido e todo poderoso. Para os metafísicos ele é uma extraordinária energia renovadora de todas as nossas tensões. E por falar nele, ele está aí presente, batendo à nossa porta insistentemente nos trazendo um recado lacônico, mas objetivo – para que não tenhamos futuramente que passar pela mesma imolação do presente – faz-se mister que não cometamos os mesmos erros do passado.
Isso equivale dizer que devemos de agora em diante reunir forças em forma de mutirão e trabalhar diuturnamente na restauração da cidade, detonada por esse prefeito incompetente e desprovido de um mínimo de cultura; dos seus valores morais jogado ao lixo do descaso por esses políticos inescrupulosos.
Os partidos já estão se articulando, reunindo o que de melhor têm em seus quadros para submetê-los a apreciação do eleitorado, que, diga-se de passagem, tornara-se mais exigente, na medida em que foram observando a inoperância destes que aí estão no trato das coisas públicas.
Alguns insistem em querer voltar, outros em continuar, mas o que nos chama a atenção mesmo, é o exaltado espírito de renovação presente no seio da população, especialmente na classe mais esclarecida.
Os candidatos tanto a prefeitura quanto a vereadores estão aí desfilando diante de nós, uns desembaraçados, outros ainda tímidos – mas o que salta aos olhos é a quantidade de bons nomes, imbuídos de espírito de mudança, com propostas não mirabolantes, mas factíveis de serem postas em práticas.
Nessa ciranda de nomes, destaca-se o do Abel Pinto Filho – para os íntimos simplesmente Abel ou Lélo, como queiram. Feliz da Câmara que puder contar com ele nesse próximo quadriênio, independente de quaisquer cores partidárias. O Abel, filho do antigo barbeiro – seu Abel, e de D. Zezé, professora de canto e música no Colégio Moysés Lupion, que se destacara com o seu talento, na criação de várias peças musicais, notadamente o hino do Colégio Moisés Lupion e outras compiladas em CD que vale apena ouvir e rememorar. Abel saiu daqui ainda jovem para dar continuidade a sua formação, vindo mais tarde bacharelar-se em Direito pela Faculdade de Curitiba. Pela UFPR bacharela-se em Ciências Contábeis, em Ciências Econômicas e mais uma vez no Curso superior de Formação de Professores. Trabalhou na Telepar, onde veio a fazer carreira, ocupando os mais altos cargos da Administração onde ali se aposentara. Adquiriu com isso um vasto conhecimento teórico e prático na arte de administrar, assim como no relacionamento humano. Esposou Helena que também formada em Belas Artes, vieram unir suas experiências. De volta ao seu torrão natal, eis que chega logo regaçando as mangas e se envolvendo de uma forma direta nos trabalhos filantrópicos, assumindo cargo de Diretoria na Liga de Defesa Contra Tuberculose, e no Patronato do Idoso de Antonina. Participam também dos grupos de músicas "Canto do Mar" – esse grupo seresteiro que nos enleva nas noites-madrugadas dos últimos sábados de cada mês, e ainda dos "Amigos da Carioca."
Acho que esta disposição do Abel em expor seu nome à apreciação dos eleitores, tem algo haver com uma conversa que tivemos um tempo atrás e que foi tema da crônica nº 16 escrita por mim e transmitida no Vox. Nessa conversa eu o insisti a candidatar-se nas eleições que já se avizinhava. O Abel é muito receptivo e muito sensível quando o assunto se relaciona a Antonina – com certeza deve ter refletido muito a esse respeito.
Com o relacionamento que tivera nos meios empresariais, obtido durante todo esse tempo como Diretor na Telepar que fora, terá ele sim, como edil, condições de poder carrear empreendimentos ao nosso município tão desprovido de atividades – também fiz ver a ele esse aspecto. Temos que nos esforçar para que esta nova Câmara seja composta de homens sérios e competentes, que apaguem das nossas lembranças todas as imolações a que estamos passando, e este é um nome que sugere as nossas atenções.
Como o Abel, outros nomes de peso estão aí à apreciação dos eleitores internautas. Porém, não devemos nos esquecer do recado sutil que o tempo nos deixa em nossas portas: que não há mais tempo para erros.
Nerval é escritor, comentarista e empresário.
E-mail: nervalpiresdasilva@hotmail.com

Por Nerval Pires da Silva

quinta-feira, maio 8

AS 30 MENTIRAS MAIS CONTADAS...


1) ADVOGADO: - Esse processo é rápido.
2) AMBULANTE: - Qualquer coisa, volta aqui que a gente troca.
3) ANFITRIÃO: - Já vai? Ainda é cedo!
4) ANIVERSARIANTE: - Presente? Sua presença é mais importante.
5) BÊBADO: - Sei perfeitamente o que estou dizendo.
6) CASAL SEM FILHOS: - Visite-nos sempre; adoramos suas crianças.
7) CORRETOR DE IMÓVEIS: - Em 6 meses colocarão: água, luz e telefone.
8) DELEGADO: - Tomaremos providências.
9) DENTISTA: - Não vai doer nada.
10) DESILUDIDA: - Não quero mais saber de homem.
11) DEVEDOR: - Amanhã, sem falta!
12) ENCANADOR: - É muita pressão que vem da rua...
13) FILHA DE 17 ANOS: - Dormi na casa de uma colega...
14) FILHO DE 18 ANOS: - Antes das 11 estarei de volta.
15) GERENTE DE BANCO: - Trabalhamos com as taxas mais baixas do mercado.
16) INIMIGO DO MORTO: - Era um bom sujeito.
17) JOGADOR DE FUTEBOL: - Vamos continuar trabalhando e forte.
18) LADRÃO: - Isso aqui foi um homem que me deu.
19) MECÂNICO: - É o carburador.
20) MUAMBEIRO: - Tem garantia de fábrica.
21) NAMORADA: - Pra dizer a verdade, nem beijar eu sei...
22) NAMORADO: - Você foi a única mulher que eu realmente amei.
23) NOIVO: - Casaremos o mais breve possível!
24) ORADOR: - Gostaria de dizer apenas duas palavras...
25) POBRE: - Se eu fosse milionário espalhava dinheiro pra todo mundo.
26) RECÉM-CASADO: - Até que a morte nos separe.
27) SAPATEIRO: - Depois alarga no pé.
28) SOGRA: - Em briga de marido e mulher não me meto.
29) VAGABUNDO: - Há 3 anos que procuro trabalho mas não encontro.
30) VICIADO: - Essa vai ser a última.

OLHA SÓ COMO FICARAM OS BACUNAUTAS, QUANDO SOUBERAM DA QUEDA DE UM VEREADOR GUARAPIROCABANO...


CARTILHA DO ZÉ CARIOCA


quarta-feira, maio 7

O QUE CHEGA PRIMEIRO AO CÉU???

Na aula de religião a professora pergunta aos meninos e meninas da turma:

- Qual é a parte do corpo que chega primeiro ao céu?

Uma menininha levanta o braço e diz:

- As mãos, irmã.

- E por quê?

- Porque quando rezamos, elevamos as mãos ao céu.

Nisto, Joãozinho pede licença à professora e contesta:

- Não são as mãos não! São os pés!

- Os pés, Joãozinho? E por quê? - Pergunta a freira.

- Bem, esta noite, fui ao quarto dos meus pais. A minha mãe estava com ambas as pernas levantadas, os pés no ar, e gritava: "Meu Deus, meu Deus,estou indo... estou indo"

... Ainda bem que o meu pai estava em cima dela, segurando, porque senão ela ia mesmo!!!

(Colaboração: Sandro Servullo)

COLUNISTAS

Olho vivo

Antonina 1

De novo, a Copel está servindo de instrumento para que o governo assuma o controle de alguns setores que considera estratégicos. No ano passado, entrou no leilão federal do pedágio. Este ano, comprou a participação que a Vivendi/Sanedo tinha no Dominó, grupo privado sócio da Sanepar. E agora – ainda que indiretamente – está sendo empurrada para controlar a empresa Terminal Ponta do Félix, que explora do Porto de Antonina.

Antonina 2

A revelação desse último negócio foi feita pelo deputado Stephanes Júnior, na tribuna da Assembléia, anteontem. Segundo ele, o fundo de pensão dos funcionários da Copel poderá assumir a presidência do grupo controlador do Ponta do Félix, constituído por outros fundos, como o Previ (Banco do Brasil), Portus (dos portuários) e da Sanepar. Atualmente, a direção cabe ao Previ, que pretende se retirar da empresa.

Antonina 3

A engenharia para propiciar essa mudança começou em fevereiro, quando o superintendente do Porto de Paranaguá, Eduardo Requião, tentou retirar da pauta de exportações de Antonina grande parte dos produtos com os quais tradicionalmente operava, como fertilizantes, madeira, papel e madeira. A Justiça derrubou esta pretensão, mas o IAP, em seguida, alegando questões ambientais, baixou a mesma determinação.

(Fonte: Gazeta do Povo - Celso Nascimento)

Enviado por: Mauricio Scarante

UM NOVO AMANHECER EM ANTONINA...

AGORA SIM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



(Saiu no blog do Fabio Campana: http://www.fabiocampana.com.br/)

TRE cassa mais três vereadores infiéis

Terça-feira, 6 de Maio de 2008 – 20:44 hs

O TRE cassou hoje o mandato de mais três vereadores que trocaram o PPS por outros partidos. São eles: José Alves de Souza, o Zé Boiadeiro, de Antonina, que passou para o PTN; Valdomiro Ortiz, de Mato Rico, que foi para o PT; e José Alves Gomes, de Cidade Gaúcha, que virou tucano.
Com as decisões de hoje, são dez os mandatos que o PPS recupera. Antes foram cassados vereadores de Inácio Martins

T.R.E. - A DANÇA DO CRIOLO DOIDO II





CONTINUAÇÃO

T.R.E. - E A DANÇA DO CRIOLO DOIDO II





terça-feira, maio 6

Romeno fica bêbado com uma cerveja e pede indenização

Um romeno apresentou uma queixa formal ao Serviço de Proteção ao Consumidor da Romênia depois de ter ficado bêbado com uma única lata de cerveja. Ele exige uma indenização.

Segundo o diário online Ananova, Iancu Boroi, 35 anos, disse que comprou a bebida em um supermercado da cidade de Arges.

De acordo com Boroi, ele ficou tão bêbado depois de beber um pouco da cerveja que quase desmaiou.

"É ridículo pensar que uma lata de cerveja tenha me deixado tão embriagado. Deve ter ocorrido algo de errado com ela e eu estou exigindo uma indenização", disse.

_____________

Vários amigos estão ligando pedindo a marca da cerveja...