segunda-feira, dezembro 29

FELIZ ANO NOVO PARA TODOS...

JÁ ESTOU NA TERRA SANTA (ANTONINA), AGORA É SÓ FESTAAAAAAAAAAAA!!!!!!!
MEUS QUERIDOS BACUNAUTAS, VOCÊS QUE FIZERAM PARTE DESTE BLOG O ANO TODO, VÃO ME PERDOAR, MAS ESTOU ENTRANDO DE FÉRIAS HOJE... AS PRÓXIMAS POSTAGENS SERÃO ATUALIZADAS SOMENTE APARTIR DO DIA 10/01/2009...

O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.
O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA.
Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais... mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?
Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho? Quero viver bem. 2008 foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal.
Às vezes se espera demais das pessoas. Normal.
A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou. Normal.
Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê?
Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?O que eu desejo para todos nós é sabedoria!
E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!
Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida.
Não pode ser responsável por um dia ruim... Se o amigo decepcionou, passe-o de categoria. Mude de classe, transforme-o em colega.
Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre: CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE).
UM FELIZ 2009
FUUUUUUUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

FELIZ ANO NOVO...







Por: Jeffe Picanço


Estou em Londrina, descansando com meus familiares. Se meus irmãos bagrinhos estão nervosos com o final de uma gestão municipal e as dores do início de outra, imaginem Londrina, que começa o ano sem prefeito. Antonio Belinati, cassado em 2000 por corrupção, num amplo movimento de mobilização da sociedade civil londrinense, estava voltando ao cargo por obra do TRE-PR, que permitiu que um prefeito com contas reprovadas concorresse novamente ao cargo. E, obviamente, por obra do povo londrinense, que o elegeu em segundo turno com 51% dos votos (138.926 votos).

Agora, a justiça decidiu pela realização de um segundo turno entre os candidatos Barbosa Neto (PDT) e Luis Carlos Hauly (PSDB), provavelmente em março próximo. Enquanto isso, a cidade será governada pelo presidente da câmara, numa disputa de bastidores em ritmo de novela.

Eu vejo essa questão de várias maneiras. Existem muitas perguntas a serem feitas. A primeira e mais óbvia, vem do fato de se eleger um político notoriamente envolvido em casos de dinheiro mal-explicado. Como o TRE-PR permitiu isso? Muitos juristas e advogados de boa-fé me explicaram que era o juridicamente certo a fazer, mas meu pobre senso comum tem náuseas. Antonio Belinati precisa de muitos advogados para explicar o que fez com o dinheiro público. Gestores honestos, em tese, não precisariam desse aparato todo. Só esse fato já nos leva a tapar o nariz ao ler as noticias.

A segunda pergunta é: como o povo elege um prefeito condenado por corrupção? A resposta mais chula seria a de que cada povo tem o governo que merece. Mas Londrina, que eu conheço bem, não merece os governos que vem tendo. Belinati é um sedutor, um político que convence os mais simples, os menos escolarizados, que são os que nele votam. Quem tem um nível de escolaridade mais alto não vota em Belinati. Não tenho nenhuma resposta para estes fatos. Apenas modestamente acho que o bom senso não tem prevalecido nas cabines de votação londrinenses...

Qual o resultado de tudo isso? A segunda cidade do estado, e a terceira maior do sul do Brasil, está sem governo, provisoriamente governada pelo presidente da câmara. Porque nosso sistema premia os corruptos, e nosso povo é complacente com eles. Dizem: rouba, mas faz. Chega. Na ultima gestão de Belinati, a sujeira e o mato crescendo nas ruas eram a marca mais evidente de uma cidade jogada às traças. Também vi isso em São Paulo, quando lá morei, no tempo de Celso Pitta. Ninguém, por menos escolarizado que seja, merece viver num lugar assim.

Na Deitada-a-beira-do-mar, momentos de expectativa. Há um inequívoco sentimento de que algo vai mudar. Pra melhor. Antonina precisa ter ciclos virtuosos de gestão pública, onde um prefeito é sucedido por outro ainda melhor. Que cada um melhore o que o outro fez, que aumente sempre o nível de nossa exigência para com o poder público.

Desejo, Canduca, do fundo do coração, que você consiga entregar a cidade para seu sucessor melhor do que você a encontrou, para que ele possa fazer o mesmo para o próximo prefeito, e assim sucessivamente. Antonina e seu povo merecem. Um feliz 2009-2012 para todos nós.

P.S. – Alguém pode me informar do resultado das eleições do conselho tutelar?

JUVENAL, O 13º APÓSTOLO

Juvenal o apóstolo que fugil...

Naquele dia, saiu Jesus e sentou-se à beira do lago.

Seus discípulos se ajoelharam à sua volta, e disse Jesus:
— João, beija a minha mão!
João levantou-se, aproximou-se de Jesus e beijou-lhe a mão.
— Tomé, beija o meu pé!
Tomé levantou-se, aproximou-se de Jesus e beijou-lhe o pé.

— Juvenal, por que te afastas de mim?

ANTONINA ESTÁ À VENDA...













O gigante Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, está negociando a venda para um grupo empresarial recomendado pela Appa de sua participação acionária no Terminal Ponta do Félix, que explora o Porto de Antonina. Desconhecem-se o valor e os termos da proposta.
Antes mesmo de oficialmente efetivado o negócio, o governo do estado trata de torná-lo atrativo para o comprador: no último dia 23, foram suspensas as restrições ambientais baixadas pelo IAP, que desde o início do ano impediam a movimentação de cargas consideradas “poluentes”, como madeira, papel e minérios, e reduzia a pauta apenas a cargas congeladas.

Afora o grave problema de redução do calado do porto, tais medidas restritivas afugentaram de Antonina os navios e lançaram no desemprego centenas de famílias que viviam da estiva e dos demais serviços portuários.

A venda do terminal para outro grupo – estranhamente feita sem prévio aviso ao mercado – despertou o grupo canadense que, no início do ano, se mostrou interessado na aquisição. Maior fabricante mundial de insumos para fertilizantes agrícolas, o grupo, além de apresentar-se para a compra das ações do Previ e de seus sócios, comprometia-se a investir R$ 120 milhões em obras de infra-estrutura em Antonina. Entretanto, por imposição da Appa, o negócio não foi finalizado.
Agora, os canadenses reafirmam seu interesse e exigem explicações – conforme correspondência que a empresa de consultoria Fibra, sua representante no Brasil, encaminhou na semana passada aos dirigentes do fundo.
(Fonte: Gazeta do Povo - Celso Nascimento)

RECLAMAÇÃO COM O LIXO

É assim que a população guarapirocabana tem que reclamar de seus direitos junto a administração municipal...



(Colaboração: Dra. Maria Mello)

sábado, dezembro 27

EU COMENTO - 9ª EDIÇÃO






Vereador Ameaça Interditar BR 277



Em visita a escolinha do Governo, após Requião ter anunciado que os portos paranaenses estavam solidários à tragédia ocorrida com os portos da vizinha Santa Catarina, e que em decorrência disso, os portos paranaenses enviariam ajuda para a recuperação daqueles terminais, o vereador Luiz Carlos, num gesto inusitado se rebela contra a decisão nos própios bastidores daquela escolinha, e ameaça interditar a BR 277. Ao sair dali inconformado com a medida do governo, o vereador convoca a imprensa para relatar o fato, dizendo que não era contra àquele extraordinário estado irmão, mas como ficavam os trabalhadores da orla marítima de Antonina que estão há um ano passando necessidades por falta de trabalho em conseqüência das medidas adotadas pelo governo contra os Terminas portuários da Ponta do Félix, impedindo-o de movimentar cargas gerais se atendo exclusivamente as frigorificadas que são mínimas.

Após telefonar à CBN, eis que volta o vereador à Antonina a fim de expor seus planos à população e decidido seguir num plano bem arquitetado até a BR 277, num ato popular que chamaria a atenção do Paraná e, quiçá do Brasil.
Incontinente, o Superintendente da APPA, Manoel Lúcio, após tomar conhecimento da intenção do vereador, informa-o através de um telefonema, que estaria em Antonina no dia 23.l1, do corrente para assinar a liberação das cargas gerais pelos Terminais Portuários Ponta do Félix, e a inclusão dos portos antoninenses nos planos de porto solidário.

Moral da história: neste país os políticos e as coisas só funcionam sobre pressão. Se nós tivéssemos promovido há sete meses atrás esse mesmo movimento que se cogita agora - e não foi por falta de aviso, não estaríamos passando pelo que estamos passando agora.
Essas informações me foram prestadas na semana passada, pelo próprio vereador em visita que fizera a este escritório. Na oportunidade também confirmou sua decisão em conceder uma entrevista ao Vox Populis e ao Bacucu, logo na próxima semana, onde pretenderá discutir e expor os assuntos da câmara para essa nova legislatura que iniciar-se-á a partir do dia dois de janeiro.

O vereador Luiz Carlos, sabe desde a muito tempo, das reais intenções do Vox Populis e do Bacucu: uma câmara transparente onde possamos ter livre acesso a todas as suas dependências e seus documentos na maior transparência possível - o que até a alguns dias atrás seria impossível de si quer pensar nessa hipótese.
Com essa decisão do vereador Luiz Carlos, estamos começando a sentir o bafejo de bons ventos por aqui, muito embora ele não o tenha afirmado, mas sentimos nas entrelinhas de sua conversa que já estamos avançando no tempo, e quem sabe?

Pronto, eis aí uma interessantíssima notícia, não obstante tratar-se de um assunto polêmico, mas, trazido à luz da discussão e do debate dos nossos leitores, exclusivamente pelo Bacucu com Farinha, através desse humilde e bem intencionado escrevinhador de todas as semanas.


(Nerval Pedro é escritor e comentarias)

CRISE... P...Q...P...

Que a crise tá feia todo mundo sabe... mas o que ninguém sabe é como as empresas vão ficar depois que ela for embora!!!






CARNAVAL CHEGANDO...

Se por acaso alguma escola de samba for "homenagear" a corrupção na política local, aí vai uma dica do "Bacucu com Farinha" para a comissão de frente...

OLHA O SENHOR 20 % AÍ GEEEEEEEENTE!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, dezembro 26

BACUNAUTAS NA REDE

OS VIGARISTAS DE (MENTES).

"Há só duas coisas que me incutem respeito: o céu estrelado sobre mim, e a consciência moral dentro de mim". Kant

Sem ter uma visão positiva do poder, vamos continuar a conviver com "super-homens", que, supondo a existência de gavetas no leito de repouso final, passam a vida acumulando "poderes" e com eles ditando ordens e afetando vidas sem nenhum critério e justiça, exceto aqueles ditados pelas sua próprias vaidades e egoísmos.
Esta postura foi a que certamente levou um dia o poeta português Álvaro de Campos - pseudônimo de Fernando Pessoa - a escrever seu "Poema em Linha Reta", do qual, usando e abusando da liberdade poética, faço aqui um resumo:

"Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.
Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho, nunca foi
processado injustamente, nunca tomou um porre ou "jamais" fumou maconha.
Nunca foi senão príncipe - todos eles príncipes - na vida.
Quem me derá ouvir de alguém a voz humana...
Arre, estou farto de semi-deuses!
Onde é que há gente no mundo?
Em Antonina? Não. Cá só tem príncipes."


Por isso houve uma mudança de paradigma político de Antonina, a população cansou dos príncipes, dos senhores feudais que ainda praticam a política da ameaça velada, dos apócrifos e das cartas anônimas que jogaram na lama da iniqüidade, da torpeza e da falácia gratuita, tantos cidadãos antoninenses levando debalde às suas respectivas famílias. Homens que abrem a Caixa de Pandorra, homens desalmados, e que, quando por pura relativização, mais corretamente, uns apedeutas, pois, nunca estudaram literatura, para saber a diferença entre denotação e conotação, resumindo não sabem interpretar textos, e acusam cidadãos de bem, como seus adeptos e percursores das suas práticas e métodos espúrios de destruírem a moral de pessoas de bem de Antonina.

Enganaram-se senhores, não sou nenhum vestal da moral antoninense, como os senhores. Respeito os diferentes, nas suas ações e atitudes, pois como eles; tenho as minhas virtudes e vícios, meus defeitos e minhas qualidades.
Existem algumas coisas que lhes falta, mas que eu as tenho para o meu livre exercício de cidadania - a autocrítica e a aceitação das idéias dos outros. Esses dois elementos são essenciais para se exercer bem a cidadania e a convivência em sociedade.

Com a tentação de se corromper no poder, de prevalecer às idéias pessoais e do fechamento em torno de si, toda pessoa que desempenha esse papel que os senhores se prestam, é levada, a anular a capacidade de autocrítica e de aceitação e ou de compreensão das idéias diferentes, mas de tudo sendo um caso pensado. Tudo me leva a crer que os senhores as praticam, por quererem retirar a credibilidade de veículos de comunicação de Antonina, e acabar com o controle social por eles desempenhados, para tornar os seus incertos futuros caminhos dentro de uma gestão pública, sem o controle; sem a fiscalização e sem a transparência exigida de agora em diante pela sociedade antoninense. Do contrário o oposto também é verdadeiro. Isso acontece porque, como bem observou Freud, o ser humano possui duas capacidades ou energias que se opõem - a força do Eros, geradora de vida; e a força do Thanatos, que inspira morte. Numa linguagem latino-americana, foi o teólogo Leonardo Boff, que identificou essas energias como a capacidade simbólica e diabólica do ser humano, sem essa compreensão da realidade, diversas patologias psíquicas são adquiridas: bi-polaridade, depressão, manias de perseguição/superioridade/
inferioridade, impotência sexual...

Diante da transitoriedade da vida - já que mesmo os ditos "poderosos de plantão" - ou os que de tudo sabem, e de nada se comprova - de Antonina estão aqui de passagem e não há poder na Terra que mude isso - de que vale a estressante, desleal e ferrenha luta que alguns travam pelo poder? Que dividendos issi vai render para os mesmos no final do jogo?

Não foi à toa que um dia Einstein disse: - "Eu só conheço duas coisas infinitas: o Universo e a ignorância humana. No entanto, ainda tenho dúvidas se o Universo é infinito".
Não sei exatamente a que(ou a quem) ele se referia na ocasião, mas sua afirmação faz muito sentido quando pensamos no exagerado apego que certas "pessoas" têm ao poder. Sempre achei que, dentre as inúmeras manifestações de ignorância do Homem, o apego ao poder é uma das mais representativas - porque, em última instância, é dele que advém a violência, a corrupção, a arrogância, as ditaduras e, por fim, os conflitos e as guerras. Que o poder corrompe, isso ninguém dúvida.

O que me causa espécie é perceber que os que usam o poder de forma indevida, não atinam para o enorme bem que poderiam fazer com esse mesmo poder. Afinal, o mesmo poder que aprisiona, é o mesmo que pode libertar. O mesmo poder que proíbe, é o mesmo que pode permitir. O mesmo poder que agride, é o mesmo que afaga. O mesmo poder que insulta e falta com o respeito ao próximo, é o mesmo que pode elogiar e dignificar o outro. Enfim, o mesmo poder que provoca lágrimas e tristezas, é o mesmo poder que tem a capacidade de gerar sorrisos e felicidade.
Tudo é só uma questão de escolha pessoal, mas os vigaristas de mente não compreendem.


Depois desse arrazoado, advirto aos vadios línguas ferinas que; acusou vão ter que provar, pois todas as minhas matérias e artigos postados em quaisquer veículo de comunicação são por mim assinados Não é do meu feitio fazer ameaças, fazer maquinações - tão peculiar aos senhores -, pois não tenho a mente doentia. Os que me conhecem sabem que, ao contrário, sou de ação, sou determinado e sei o que quero. E, releva notar, só sei agir com retidão, pois tenho uma formação moral sedimentada e definitiva, e não foi essa cultura que recebi dos meus pais, nem a que dei para a minhas filhas.

Vou reiterar, para que aos apedeutas não restem dúvidas, que não sou homem de fazer ameaças. Não é do meu feitio arquitetar projeto de vingança. Mas que não se enganem: eu não nasci para ser mais um. Eu tenho, sim, uma personalidade forte, mas não sou irresponsável.

É preciso consignar, de uma vez por todas, que não trago mágoa ou ódio no meu coração. O ódio, a mágoa, o rancor são sentimentos deletérios que impregnam a alma e podem até destruir uma vida. Eu não tenho propensão para o autoflagelo. Eu não sou camicase. Eu não sou suícida. Eu tenho uma vida pela frente e um caminho definido. Enganam-se os que pensam, que vivo em função de promoção e de vingança. Só pensa assim quem não me conhece ou me conhece superficialmente.

Quem já ouviu esse ditado: "Quem fala demais dá bom dia ao cavalo". Isso, apedeutas, quer dizer o seguinte: a pessoa que fala demais, chega a um ponto que não sabe o que diz, se excede em algumas palavras mal dadas e acaba assemelhando-se a um burro ou a um eqüino, em conseqüência disso; vai ser obrigado a conversar com o seu semelhante, ou seja, dar bom dia ao cavalo.


Rezo e torço para que a compreensão mútua e o respeito entre todos os antoninenses seja mantida e se torne mais profunda; que encontremos formas ainda melhores de cooperação para o bem de todos.

Fortunato Machado Filho
Bacharel em Filosofia

CONCEITO DE LOOPING

Quem lida com programação já sabe muito bem o conceito de looping, inclusive o famoso looping infinito, agora pra aqueles que não são muito familiarizados com o assunto segue um breve exemplo!

O diretor disse à secretária:
- Vamos viajar para o exterior por uma semana, para um Seminário. Faça os preparativos da viagem!

A secretária faz uma chamada para o marido:
- Vou viajar para o exterior com o diretor por uma semana. Se cuida, querido.

O marido liga para a amante:
- Minha mulher vai viajar para o exterior por uma semana, então nós vamos poder passar a semana juntos, meu docinho!

A amante liga para um menino a quem dá aulas particulares:
- Tenho muito trabalho, na próxima semana não precisa vir às aulas.

O menino liga para o seu avô:
- Vô, na próxima semana não tenho aulas, a minha professora estará ocupada. Vamos passar a semana juntos?!

O avô (que é o diretor desta história) liga para a secretária:
- Vou passar a próxima semana com o meu neto, então não vou participar daquele Seminário. Pode cancelar a viagem.

A secretária liga para o marido:
- O diretor da empresa mudou de idéia e acabou cancelando a viagem.

O marido liga para a amante:
- Não poderemos passar a próxima semana juntos, a viagem da minha mulher foi cancelada.

A amante liga para o menino das aulas particulares:
- Mudança de planos: esta semana vamos ter aulas como normalmente.

O menino liga para o avô:
- Vô, a minha professora disse que esta semana tenho aulas. Desculpe-me, não vai dar para fazer-lhe companhia.

O avô liga para a sua secretária:- Meu neto acabou de dizer que não vai poder ficar comigo essa semana.

(volte ao início do texto)


(Fonte: http://www.recebiporemail.com.br)

ALERTA

Há poucos dias, a Capitania dos Portos do Paraná recebeu um grave alerta dos “práticos” que guiam a entrada e a saída de navios no porto de Paranaguá. Em razão da deficiente sinalização e com o Canal da Galheta à beira do bloqueio total pela falta de dragagem, os profissionais fizeram duas recomendações: a proibição da navegação noturna e a limitação do acesso a navios com calado máximo de 9,9 metros. Cerca de três meses antes, a capitania já havia limitado o calado a 11,3 metros. Nesse ritmo, o assoreamento levará à suspensão das atividades portuárias dentro de pouco tempo.
Foi o capítulo mais recente de uma revoltante história de seis anos de incompetência e desmandos do governo Requião. E também de omissão e imobilismo do governo Lula.Até pouco tempo, a Superintendência da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina era comandada pelo psicanalista Eduardo Requião, irmão do governador. Nenhuma seriedade, muita pirotecnia e nada desse e de outros órgãos estaduais teoricamente responsáveis apresentarem um projeto decente para as obras de dragagem, conforme parâmetros técnicos e ambientais aceitáveis.
É muito descaso com um porto que atende a oito estados brasileiros e também ao Paraguai, funcionando como escoadouro do agronegócio e interferindo na vida e no trabalho de dezenas de milhões de pessoas!E pensar que ainda em 2001, o Porto de Paranaguá, tendo passado por uma reestruturação econômico-financeira, com reajuste de tarifas e três fundos de investimento que lhe garantiram autonomia, ganhava prêmios de eficiência. De 2003 para cá, porém, essa história de sucesso naufragou em litígios permanentes do governo estadual com usuários, prestadores de serviços, capitania, Receita Federal e Ibama. A ampliação do Cais Oeste, à qual se destinavam R$ 180 milhões em verbas federais a fundo perdido, foi rejeitada pelo governo do Estado.
A insegurança da navegação só piorou como provam as crescentes restrições determinadas pela Capitania dos Portos. Serviços de manutenção das instalações do cais e dos equipamentos do corredor de exportação; de combate/prevenção de zoonoses; de batimetria, sinalização e é claro dragagem, tudo ficou e continua parado, muito embora haja cerca de R$ 350 milhões em caixa para essas finalidades.O pior é que, até agora, de nada adiantaram os numerosos apelos e denúncias do Conselho de Autoridade Portuária (CAP) a órgãos federais: Ministério dos Transportes, Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público Federal e, mais recentemente, também a Secretaria Especial de Portos, dirigida pelo ministro Pedro Brito.
O governo Lula promete modernizar a infra-estrutura logística do país com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas ninguém em Brasília tem coragem de enfrentar o temperamental governador do Paraná.Enquanto isso, os paranaenses assistem à movimentação intensa da superintendência do porto de Itajaí (SC) para reconstruí-lo depois das enchentes do mês passado: dragagem emergencial já foi autorizada pelo governo federal, e outras obras logo começarão, de modo a que o porto catarinense esteja completamente recuperado dentro de seis meses a um ano.Já a catástrofe que vitima o porto de Paranaguá não é de natureza meteorológica, mas política, e está fadada a se arrastar até o fim do desastroso governo de Roberto Requião.
Apesar de tudo, um feliz Natal e um ótimo ano-novo para todos!
Eduardo Sciarra (DEM-PR) é deputado federal e presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Infra-Estrutura Nacional.
(Colaboraação: Carlos Matins)

quinta-feira, dezembro 25

CELULAR INDISCRETO

O que o povo não via, esta é a nossa frota...










BACUNAUTAS NA REDE

Todos estes comentários são válidos, já que temos uma cidade inteiramente destruída, herança recebida da atual administração.
A dúvida é realmente esta...
- Será que esta nova equipe que no próximo dia 01 tomará posse, terá condições de realizar as mudanças que todos esperamos?
- Será que pela atual situação que o povo antoninense vive de abandono terão eles o tempo certo para colocarem em prática suas idéias e projetos?
- Possuem credibilidade e respaldo perante a população?
- Aqueles que não atenderem as expectativas serão trocados?
- Os ditos "adversários políticos" da época de eleição, irão demostrar que quando estiveram disputando um cargo público (Prefeito e Vereador) era porque na verdade queriam o bem de nossa cidade e sendo assim, agora estarão dispostos a colaborar com a nova equipe de governo?
- A nova equipe de governo, dará oportunidade para que estes seus "oponentes políticos" possam participar atraves de idéias e projeto da nova Administração, ou como o Atual prefeito que está saindo, serão declarados inimigos de mortes e sofreram perseguições como o Sr. Kleber fez e todos nós sabemos?
Na verdade estas são algumas dúvidas que temos, aproveitando a data de hoje 25/12/08, NATAL, só nos resta perdir a DEUS que o CANDUCA e toda sua equipe tenham credibilidade, tempo, condições e vontade de realizarem suas idéias e projetos, pois como já mencionei acima, estão recebendo uma cidade totalmente destruída. No atual cenário, somente a união entre o Poder Público e a população serão capazes de mostrar a todos os incrédulos e pessimistas de plantão, que a nossa ANTONINA é uma cidade maravilhosa, e não isso que vemos atualmente, uma cidade suja, mal cuidada, sem emprego, comércio enfraquecido, sáude precária, as drogas tomando conta das nossas crianças e jovens; e muitos outros problemas que passaria o resto da manhã descrevendo.
Antonina tem jeito e a nossa esperança ATUAL é o CANDUCA, devemos dar um voto de confiança para que os seus comandados tomem conhecimento da situação que estão recebendo suas respectivas áreas de responsabilidade, em cima disso possam desenvolver projetos voltados a solucionar os problemas encontrados.
Nós Sociedade antoninense, também não podemos deixar de exercer a nossa obrigação de fiscalizadores, acompanhando a atuação de Prefeito, vereadores e equipe de governo e caso saibamos algo de errado que esteja acontecendo ou alguma promessa de campanha "esquecida" pelo caminho, devemos cobrar as devidas explicações e não deixar cair no esquecimento, assim nos tornando uma comunidade participativa e preocupada com o futuro, alcançando a tão sonhada "ANTONINA VIVA".
Um FELIZ NATAL à todos e que o progresso de ANTONINA, seja o nosso presente de Natal!!!!

Anônimo

NOTA***
É uma pena esta pessoa não se identificar.
Porém, trata-se de um desabafo coerente.

quarta-feira, dezembro 24

FELIZ NATAL

SÃO OS SINCEROS VOTOS DOS POLÍTICOS GUARAPIROCABANOS...
blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá blábláblá de paz, com muita saúde e felicidade.

BACUNAUTAS NA REDE...II

ANO NOVO COM BOAS NOVAS!!

Em Novembro os Antoninenses foram às urnas e demonstraram seu desejo de mudança e elegeram Canduca à Prefeito, que tinha como tema de campanha “Antonina Viva”, também renovaram na Câmara de Vereadores, não na sua totalidade, mas demonstraram que querem a renovação na política de nossa Cidade.

Mas os desafios dessa nova administração estão apenas começando, um destes, é a questão portuária que já vinha vindo sendo deflagrada antes das eleições. Os Terminais Ponta do Félix, foram impedidos de trabalhar com as cargas gerais, ou cargas secas, por conta de um ato administrativo do então superintendente da APPA, causando demissões e a paralisação quase que completa do Terminal.

Diante desta situação o Prefeito eleito Canduca, a Vereadora eleita Margarete, o Presidente do PT de Antonina Márcio Henrique e o grupo político que o apóia, iniciou uma série de ações com os Deputados Estaduais e Federais como: André Vargas, Ângelo Vanhoni e Tadeu Venéri, para que o Governo do Estado se sensibilizasse e liberasse os Terminais para atuarem com este tipo de carga, não foram poucas as tentativas mas neste dia 23 foi anunciado pelo Superintendente dos Portos de Antonina e Paranaguá o Sr. Daniel Lúcio de Oliveira que os Terminais poderão atuar com as cargas gerais, e mais, anunciou a reforma do Trapiche Municipal orçado em R$ 472.303,59 em uma parceria da Sedu com a APPA e um investimento no Porto Público-APPA que não recebe benfeitorias a mais de 30 anos.
Este foi o primeiro passo desta longa caminhada para o desenvolvimento da nossa querida Antonina.

FELIZ ANO NOVO COM BOAS NOVAS.
Márcio Henrique-PT

terça-feira, dezembro 23

BACUNAUTAS NA REDE

Neuton.

Antes de tudo desculpe-me usar o teu espaço do blog, mas não me contive depois do que li no Vox nº 253 sob o título "LER E GUARDAR

*Uma idéia dos editores e colaboradores do Vox Populi Antoninensis." endereçada ao Prefeito eleito Canduca, acho de muita petulância seus editores e colaboradores anônimos darem uma de "sérios" apresentando propostas de governabilidade ao próximo prefeito.

Esses mesmos, em edição anterior, "largaram o pau" no Torneira (Leôncio Sthorache) sem ao menos conhecer os pormenores dos assuntos que levaram o Torneira tomar tais atitudes naquela época. Que credibilidade transmitem?
É muito fácil apresentar propostas, achincalhar, escondidos no anonimato, assinem suas matérias prá depois discutirmos e manifestarmo-nos.

Mauricio Scarante.

ESPEREM... ESTÁ CHEGANDO A HORA

São visíveis no dia a dia a intranquilidade e a insegurança que dominam os cidadãos antoninense, com quem eu cruzo a cada pessoa que eu converso, todos é uma pergunta só. "Quem será os secretários do Canduca???
Esta indisfarçável realidade é fruto da incógnita que o Canduca deixou no ar. Os secretário postados aqui no Bacucu com Farinha dias atrás, eu acredito piamente que serão estes, pois a fonte é boa, faltam alguns é lógico, agora, não me perguntem o por que o Canduca não divulgou os restantes...
No início de um novo ano várias questões são abordadas e suscitam interrogações no estilo de cada secretário: “o que vai acontecer?”; “será que tudo vai correr bem?”; “vem aí alguma novidade?” Isto aflige séria e psicologicamente a população.

Trata-se da ansiedade que deriva da preocupação que vem do temor em relação a um futuro promissor que os antoninense sempre esperaram alcançar, a despeito das suas múltiplas tentativas.

“Amanhã, amanhã e amanhã, assim se arrasta esse passo trivial do dia a dia, até ao fim”, Para o homem as incertezas perpetuam-se, sem que em si mesmo se vislumbre o menor sinal de capacidade para as dissipar. Entregue a si próprio, o homem não tem resposta para qualquer das clássicas perguntas:
"Será que agora vai?" "E se não der, será que ele muda?" "Devo acreditar ou não?"

Agora uma coisa é certa... Que tem muita gente secando...Ah, isso tem... Meu DEUSSSSSSS





CELULAR INDISCRETO

O descaso com o dinheiro público...

BACUNAUTAS NA REDE

Gostaria de parabenizar este blog pela iniciativa em lutar por uma Antonina melhor.

E com este intuito peço por gentileza comentarem sobre os buracos na entrada da cidade, próximo ao portal da cidade. Esta ficando difícil desviar dos buracos.
Está eminente a possibilidade de ocorrer um acidente. Quando algum motorista desviar dos buracos e acabar atingindo algum pedestre no acostamento da avenida.

Grato pelo espaço.

Cincinatus Siqueira


***

Taí...

Mais um cidadão antoninense reclamando referente a esta situação dos buracos na entrada da cidade (Batel), queira Deus que não aconteça o pior, mas não precisa ter uma bola de cristal para prever que, senão tomarem uma providência urgente, um acidente está prestes a acontecer próximo ao portal da cidade.

segunda-feira, dezembro 22

CAMPANHA - RUMO AO 100MIL ACESSOS


VALEU!!!!!!

TAMBÉM NA SEDE DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DE GRACIOSA DE CIMA, GRACIOSA DE BAIXO E PORTINHO...

O governador Roberto Requião inaugurou nesta última quinta-feira (18), em Antonina, no litoral do Estado, a Biblioteca Cidadão Guilhobel de Camargo.
O espaço funcionará na também recém-inaugurada sede da Associação dos Moradores de Graciosa de Cima, Graciosa de Baixo e Portinho. Guilhobel foi vereador em Antonina aos 20 anos e assessor de gabinete do ministro do Trabalho, Amaury Silva, em 1963. Foi preso durante o golpe militar, em São Paulo. Em Antonina, foi considerado o homem que internacionalizou o barreado, prato típico da cidade.
(^Fonte: Agência Estadual de Notícias)

REFORMA DA SEDE DO PORTO DE ANTONINA...

19.12.08 – sexta-feira


Reforma da sede do Porto de Antonina vai revitalizar terminal

Depois de 30 anos sem receber qualquer tipo de investimento em melhorias, a sede do Porto de Antonina passará por reestruturação total.

O superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Daniel Lúcio Oliveira de Souza, autorizou o início do projeto para a contratação de empresa que irá fazer a reforma da sede administrativa do Porto de Antonina. O edital deverá ser lançado em janeiro e a previsão é que a obra esteja concluída em 120 dias.

A reforma está orçada em R$ 440 mil e será paga integralmente com recursos da Appa. A reforma do prédio em Antonina seguirá a mesma tendência utilizada na feita na sede administrativa do Porto de Paranaguá e inaugurada há cerca de dois anos.

O diretor do Porto de Antonina, Paulo Moacyr Rocha, acredita que a obra é um marco no processo de revitalização do terminal. “Com os processos de revitalização do complexo portuário, esperamos ter a receita incrementada em pelo menos 50% nos próximos dois anos”, comentou Rocha. Desde 2003, o Porto de Antonina acumulou superávit de mais de R$ 8 milhões.

“O complexo portuário antoninense é superavitário. Mesmo arcando com todo o custeio administrativo e obras de restauração e reforma do centenário Colégio Brasílio Machado, onde funcionam cursos voltados às áreas de meio ambiente, logística e turismo, o Porto de Antonina tem superávit acumulado nos últimos cinco anos de R$ 8,3 milhões”, completou Rocha.

TRANSPARÊNCIA - Depois de 30 anos sem receber qualquer tipo de investimento em melhorias, a sede do Porto de Antonina passará por reestruturação total. As áreas elétrica e hidráulica e o sistema de ar condicionado serão substituídos, oferecendo maior conforto aos 20 funcionários que trabalham no local. O prédio, de cerca de 400 metros quadrados, manterá seus dois pavimentos e, após a reforma, terá condições de abrigar órgãos federais como a Receita Federal e o Ministério da Agricultura.

Salas sem divisórias, centrais de trabalho dispostas de forma a integrar os ambientes e espaços mais amplos são algumas das mudanças que ocorrerão no prédio e que evidenciam o conceito de transparência adotada pela administração portuária.

FAIXA PRETA

SE EU QUIZÉ EU SA-O... EU SAL... EU SAU

domingo, dezembro 21

CRISE E OPORTUNIDADE





Por: Jeffe Picanço




Um ano que termina. O ano de 2008, assim como 1968, foi um ano que não terminou. Bombardeado pela Crise Mundial, é um ano que foi cortado no seu último trimestre, e deixa algumas (muitas) nuvens sombrias no horizonte pra 2009. Deixa a sensação de que faltou alguma coisa no final deste ano tão cheio e tão intenso.

O que fazer? Segundo um dito do (mal?) dito Roberto Campos, economista e ministro da fazenda dos governos da Ditadura Militar e um dos mais ferrenhos defensores do (neo)liberalismo econômico: “existem três formas de se perder dinheiro: a primeira, mais rápida e fácil, é no jogo; A segunda, e mais prazerosa, é com mulheres; A terceira e mais segura é confiando nos prognósticos dos economistas”.

Em termos de Brasil, o ano termina ainda bem, com o país enfrentando com balas na agulha a encrenca que já assola o “primeiro mundo”. Amigos que estão ou que recentemente passaram pela Europa confirmam: a crise por lá já estava instalada ou se instalando fazia alguns anos – diminuição do nível da atividade econômica, falta de perspectivas, pessoas com medo. Aqui, estamos ainda todos eufóricos, cheios de esperança e otimistas em relação ao futuro. Vamos ver o que vai acontecer.

Um dos maiores desafios para nosso país crescer é conseguir casar crescimento econômico com distribuição de renda. Nos tempos que correm, tempos de muita informação e de muita rapidez, o capital já não se mede somente pelo acúmulo de riqueza. Sim, a riqueza é importante, mas a grande riqueza das nações neste século vai ser cada vez mais o capital intelectual de um país. Menos soja e mais patentes. Países pequenos, como Israel, têm um grande faturamento, por exemplo, com a venda de softwares. Hoje, não basta ser grande, é preciso ter gente pensando, gente produzindo, gente inventando.

Assim, o grande desafio brasileiro é ter gente inventando. Pra isso, precisamos ter gente pensando. Educação, educação, educação. Os governos, nos três níveis, precisam ter educação e cultura como prioridade. Pra ter gente pensando, gente inventando, é preciso ter gente estudando. Temos que repensar nosso sistema de ensino público que privilegia a quantidade ao invés da qualidade, e que privilegia alguns poucos que podem pagar escola em meio à barafunda que virou nosso ensino público. Onde o professor é marginalizado, pouco respeitado, por vezes até vitima da violência que ronda as escolas.

Um povo educado não é facilmente enganado por falsos líderes e demagogos. Não vende barato o seu voto. Um povo educado se autogoverna. Cuida de suas casas, de seus filhos, de sua comunidade. Um dado mundial e que sempre me deixou muito impressionado e feliz: sempre em que, numa determinada comunidade, aumenta em um ano a escolaridade média das mulheres, o índice de mortalidade infantil cai dez pontos. Isso fala mais que todos os discursos pela educação.

Eu e minha geração temos uma dívida de gratidão com a escola pública, pois foi lá que recebemos nossa instrução. Ela foi nosso grande esteio, nosso passaporte para uma vida digna e autônoma. Quantos de nós saíram do antigo Valle Porto (hoje Moisés Lupion), Rocha Pombo, Brasílio Machado (que está vivo hoje graças à luta capitaneada por nosso querido Eduardo Bó), Maria Arminda, Matarazzo e tantos outros e que estamos por ai, trabalhando e estudando, fazendo acontecer em nossas profissões? Diz aí, o que poderemos fazer pela educação em nossa querida deitada-a-beira-do-mar?

Um bom Natal a todos.

PIADEX

Num açougue de Porto Alegre chega de repente uma exuberante Ferrari e dela sai um torcedor do Grêmio e chega para o açougueiro e pergunta:

- Tchê tu tens tem picanha?- Tenho sim - respondeu o açougueiro.
- Corte para mim vinte peças - diz o torcedor do Grêmio, pagando com notas de 100 dólares, saindo em seguida.

Passados 10 minutos, chega uma BMW e dela sai um torcedor do Inter chega para o açougueiro e pergunta:

- Tchê tu tens tem alcatra?- Tenho sim - respondeu o açougueiro feliz da vida pela venda.
- Corte 70 quilos - pede o torcedor do Saci. Ele paga com cartão American Express e vai embora.

Nesta hora, muito feliz pelas vendas, o açougueiro recebe um torcedor do Aimoré numa Mercedes que diz:
- Tchê tu tens tem filé mignon?- Tenho sim - respondeu o contente açougueiro.
- Preciso de 50 quilos, por favor - diz o torcedor do Aimoré, que paga a mercadoria com notas de 100 reais, saindo logo após.

De repente, chega um Corcel II, bem velho e todo enferrujado, placa do Rio, com um adesivo 'A INVEJA É UMA MERRRDA' numa lateral, outro no pára-brisa 'VEÍCULO RASTREADO POR VIZINHOS FOFOQUEIROS' e porúltimo, no vidro traseiro inteiro, 'É DEUS NO CÉU E NÓIS NO CORCEU' de onde sai um brutamonte com a camiseta e gorrinho do VASCO e diz para o açougueiro:
- Aê, maluco, tu tem asa?- Tenho sim - respondeu o açougueiro.
- Então voa, mermão: que isso é um assaltu!!!

RETROSPECTIVA 2008

OS MELHORES MOMENTOS

Nossa visão clara, simples e bacana de como foi 2008.

HUMOR

Depois de tentarem carreira solo, John Albert e Dom Pedro Pererecon, prometem em 2009 formar uma dupla sertaneja.

Mesmo sendo estilos de música diferente, um é cantor de bolero e outro interprete de samba enredo, acreditam no sucesso em 2009.


Vamos esperar para ver o que vai dar esta cruza, ou melhor, esta parceria...

sábado, dezembro 20

PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

50.000 MIL ACESSOSSSSSSS





+

34.303 mil acessoas...


=





E ai galera, mais uma vez venho postar aqui meus agradecimentos pelo número de acessos a esse blog, eu ainda não estou acreditando que tem gente que perde tempo lendo estas bobagens que escrevo, Kleber que o dica... hehehehe. Vocês são um bando de loucoooos.

Chegamos a marca de 50 mil acessos em menos de 2 anos, isto porque este blog ainda não foi divulgado da maneira que deve ser divulgado na blogosfera, estamos restritos a Antonina com os seus 20 computadores (segundo um certo comentário) e alguns loucos espalhados pelo mundo... Se pararmos para pensar o tanto de blogs de política, humor e entretenimentos que existe por ai, essa marca atingida é excepcional, extraordinária. Para os "velhos" leitores, continuem acessando e divulgando o Bacucu com Farinha. Amém... aleluia... rss

Para os que estão chegando agora, sejam bem vindos. Tento fazer um blog de forma simples, com atualizações diárias, coisa que não é fácil, me toma um tempo da porra, tento passar para vocês conteúdo de fácil leitura e entendimento. Nosso objetivo é oferecer a todos vocês informações relevantes da nossa querida Antonina, misturada com uma pitadinha de bom humor.

Obrigado mais uma vez a todos, esse blog é de vocês leitores!!! Que esses 50 mil se tornem em breve 100, 150 e por aí em diante!



VALEU!!!!!!!!!

sexta-feira, dezembro 19

UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA PARA TODOS



Sem comentários...


Hoje, só segunda... FUIIIII!!!!!!!!!!!

EU COMENTO - 8ª EDIÇÃO



Eu Comento

Em recente entrevista à rádio Serra do Mar, logo após ter-se auto-reempossado, se valendo de uma liminar concebida lá por cima, eis que o prefeito (que tristeza ter que chamá-lo assim), investido de sua habitual prepotência, destila sua prolixidade para todos os lados, às vezes com algumas pitadas de imprecações completamente extemporâneas, na mais visível demonstração de instabilidade emocional e psicológica, a mostrar que até mesmo com o puxão de orelha lhe aplicado pelo judiciário, não aprendeu a lição de casa.

Deveria aproveitar sim esta oportunidade que lhe resta, já ao apagar das luzes deste nefasto mandato, e num brado de nobreza e de humildade, declarar a sua mea-culpa, reconhecendo seus erros e acertos - mas não, preferiu continuar renitente como sempre. Kleber é tal como Querubim – aquele personagem de “As Bodas de Fígaro” de P.C. de Beaumarchais: um pajem fátuo e esperto, de uma vaidade extremamente infundada.

Kleber não é afeito à leitura, pois se o fosse, teria lido as quatro coisas que o poeta se referiu: a palavra proferida; a água que move moinho; a flecha disparada, e a oportunidade. Pois é, perde ele a maior chance de sua vida de pelo menos reabilitar um pouco do seu desgastado conceito moral perante a opinião pública, e fica com o estigma para sempre de ter sido o pior prefeito que Antonina já teve.

Relendo o seu jornaleco de campanha no que se refere aos 12 motivos para que você vote no Kleber, no seu item 12 está lá cravado: “por ele ser capelista e amar imensamente esta jóia pequenina e preciosa”. Imaginem se ele não a amasse? E a jóia pequenina e preciosa que em suas mãos virou bijuteria?

Outro item que me chamou a atenção pelo momento histórico portuário que estamos vivenciando – e por isso faz-se oportuna essa enfatização, é o de nº. 8, “da sua crença no progresso portuário de nossa terra”. Entretanto, acaba o seu mandato com essa triste realidade de um porto sucateado e vazio, cujos empregados dos Terminas da Ponta do Félix muitos foram demitidos, e outros da orla marítima a passar necessidades.

No seu compromisso com o meio ambiente, enfatiza estimular e viabilizar a coleta seletiva de lixo, com a criação do aterro sanitário, e, no entanto a cidade fica três dias sem coleta dos lixos, gerando com isso um caos social insuportável, e até problemas sanitários, pois os vira-latas estão deitando e rolando aos olhos complacentes de todos, isso sem se aprofundar no problema que está causando a falta de aterro para o depósito dos dejetos.


No que se refere o seu compromisso com o planejamento e obras, estamos à espera da tal conclusão do programa de saneamento básico e tratamento de esgoto do município tão decantado em versos por ele.

Naquela entrevista à rádio Serra do Mar, que, diga-se de passagem, eivada de verrina, querendo aparentar uma tranqüilidade que não possui - irreal até pode-se dizer - eis que ensaia um escárnio lúdrico, uma piadinha que sós aqueles não possuidores de criatividades, o fazem, comparando os cãezinhos que latem e não mordem com aqueles promovedores de opinião que ficam as esquinas. Mordem sim, quer ver só como mordem? Ele não se reelegeu; chegou a ser afastado do cargo e só voltou porque veio montado numa liminar; seu irmão enfrenta sérios riscos de não ser empossado; todas as denuncias estarão sendo investigadas , polulam vestigios de todos os lados;.
Como é que não mordem?

(Nerval Pedro é escritor e comentarista)

MULHERES BÊBADAS

Duas amigas casadas, após sairem de uma festa totalmente bêbadas, sentiram uma vontade irresistível de fazer xixi.

Apavoradas e bêbadas, sem alternativa, pararam o carro e decidiram ir assim mesmo dar uma mijada no cemitério.
A primeira foi, se aliviou, e então se lembrou de que não tinha nada para se secar. Pegou a calcinha, secou-se e jogou-a fora.
A segunda, que também não tinha nada para se secar, pensou:
“Eu não vou jogar fora esta calcinha caríssima e linda. ”Então pegou a fita de uma coroa de flores, que estava em cima de um túmulo, e se secou.

No dia seguinte um dos maridos ligou pro outro edisse:
“- a minha mulher chegou ontem em casa bêbada e sem calcinha…terminei o casamento”.

O outro:
- Você tem sorte, a minha chegou em casa com uma faixa presa na bunda com a inscrição:

“Jamais te esqueceremos - Vagner, Moisés, Ricardo e toda turma dafaculdade.”

Enchi ela de porrada.

CELULAR INDISCRETO

Este é o meu bairro...

ETA POVO PRA LUTAR, NUNCA VI TÃO DISPOSTO, NUNCA ESTÁ DE CARA FEIA, É O PRIMEIRO A PÔR O BLOCO NA RUA...

PARABÉNS MEU POVO, MOSTRA PARA O RESTO DA CIDADE COMO É QUE SE BRIGA PELO INTERESSE DA COLETIVIDADE.



CELULAR INDISCRETO

Os cachorros que andam soltos pela cidade estão fazendo a festa nos lixos, moradores não aguentam mais, todos os dias tem que refazer os sacos de lixos que ficam espalhados pelas suas calçadas...




CELULAR INDISCRETO

Como foi dito aqui no blog, preservaremos os Bacunautas que estão enviando as fotos...

A comunidade da Ponta da Pita se une para limpar a Praia para o fim de ano, cansaram de passar vergonha diante dos comentários dos turistas.

A cidade está um caos, tem lixo por toda parte.

Palavra de um cidadão antoninense indignado com toda esta situação...

Comprovem:











PIADEX DE SEXTAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Eu sei que a piada é velha, mas para aqueles que não conhece, vai aí mais uma vez...

Zézinho Lambuja: Bença padre.
Padre: Deus o abençoe meu filho.
Zé: Padre, o sr. lembra do João pintor?
Padre: É claro meu filho.
Zé: Pois é Padre, o João veio a falecer.
Padre: Que pena, morreu de quê?
Zé: Olha, Padre. Eu moro numa rua sem saída e minha casa é a última. Ele desceu com o carro e bateu no muro lá de casa.
Padre: Coitado, morreu de acidente.
Zé: Não, ele bateu com o carro no muro e voou pela janela. Caiu dentro do meu quarto e bateu a cabeça no meu guarda-roupa de madeira.
Padre: Que pena, morreu de traumatismo craniano.
Zé: Não Padre, ele tentou se levantar pegando na maçaneta da porta que se soltou e ele rolou escada abaixo.
Padre: Coitado, morreu de fraturas múltiplas.
Zé: Não Padre, depois de rolar a escada ele bateu na geladeira, que caiu em cima dele.
Padre: Que tragédia, morreu esmagado.
Zé: Não, ele tentou se levantar e bateu as costas no fogão que tombou derramando a sopa que estava fervendo em cima dele.
Padre: Coitado, morreu queimado.
Zé: Não Padre, no desespero saiu correndo, tropeçou no cachorro e foi direto na caixa de força.
Padre: Que pena, morreu eletrocutado.
Zé: Não Padre, morreu depois que lhe dei dois tiros.
Padre: Filho, você matou o João?
Zé: Lógico, o filho da puta tava destruindo a minha casa toda!!!...


quinta-feira, dezembro 18

O SONHO DO SUMPLENTE DUROU POUCO...

Câmara dos Deputados barra proposta que aumenta número de vereadores no país

MÁRCIO FALCÃO
colaboração para Folha Online, em Brasília

O aumento no número de vereadores aprovado na noite desta quarta-feira (17) pelo Senado foi barrado pela Mesa Diretora da Câmara.

Os deputados entenderam que as alterações realizadas pelos Senadores na PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que ampliou dos atuais 51.924 para 59.267 --acréscimo de 7.343-- o número de cadeiras nas Câmaras Municipais de todo o país desconfiguraram o texto e, portanto, decidiram que não vão assinar a matéria impedindo que ela seja levada à promulgação pelo Congresso.

Com a decisão da Mesa, a PEC será devolvida ao Senado e o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), deve solicitar ao presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), que em seguida repasse a PEC aprovada pelos senadores para a análise da Câmara. "Foi uma alteração substancial", disse o corregedor da Câmara, deputado Inocêncio de Oliveira (PR-PE).

GIFS DA SAPATADA NO BUSH

Nos últimos dias não se fala em outra coisa a não ser as sapatadas no Presidente dos Estados Unidos George W. Bush levou no Iraque. E como tem muita gente com tempo e criatividade sobrando, sempre aparecem coisas engraçadas a respeito do acontecido.

Confira:









(Fonte: http://blog.wired.com/underwire/2008/12/bush-shoe-toss.html)

SENADO APROVA PEC QUE AUMENTA O NÚMERO DE VEREADORES...




O Plenário do Senado aprovou na madrugada desta quinta-feira (18) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 20/08, que cria 24 faixas para o número de vereadores de acordo com a população dos municípios. Os municípios com até 15 mil habitantes terão nove vereadores, enquanto os municípios com mais de 8 milhões de moradores terão 55 vereadores. Os limites de gastos das câmaras de vereadores não foram modificados e um artigo prevê que a mudança valerá para os vereadores que tomarão posse no próximo mês. Com as mudanças, haverá mais 7.343 vereadores no país.

Foto: Moreira Mariz

(Blog do Fábio Campana)

MEU DEUSSSSSSSSSSSSSS

Está rolando na internet um debate a respeito do desmatamento na Amazônia, tipo: O que você acha do desmatamento na Amazônia.

Agora dá uma olhada nos comentários:

“O problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta.”

“A amazônia é explorada de forma piedosa.” (???)

“Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta.” (Já tem gente se unindo separadamente para fazer isso?)

“A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.” (Velocidade 1, 2, 3...)

“Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.” (Reparem o tamanho da destruição)

“O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação.” (pleonasmo é lei!)

“Espero que o desmatamento seja instinto.” (…)

“A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo.” (os animais extintos também merecem uma cerveja para comemorar quando o ar estiver limpo)

“A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta.” (noffa)

“Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis.” (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e realizar uma árvore renovável)

“Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas.” (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd’s da coleção do Chaves)

“Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna.” (amém)

“Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza.” (e as árvores renováveis?)

“A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica.” (deve ser culpa da morte ecológica)

“A amazônia tem valor ambiental ilastimável.” (ignorem, por favor)

“Explorar sem atingir árvores sedentárias.” (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)

“Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia.” (ÃHN? Que merda!!!)

“Paremos e reflitemos.” (beleza)

“A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas.” (onde está o Guarda Belo nessas horas?)

“Retirada claudestina de árvores.” (caraulio!)

“Temos que criar leis legais contra isso.” (bacana)

“A camada de ozonel.” (Chris O’Zonnell?)

“A amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.” (a solução é colocar a o pessoal do Bacucu com Farinha pra cortar árvores?)

“A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração.” (…)

“A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável.” (campeão da categoria “o mais enchedor de lingüiça”)

“Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação.” (NÃOOOOOOOOOO!!!!!!)

“Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises.” (gênio da matemática)

“A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes.” (red bull neles - dizem as árvores)

“O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório.” (ótima)

“O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando.” (subindo, subindo, subindo!)

“Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc.” (…dinossauros, não...não, esta éspecie você acha na mata atlântica)

“Convivemos com a merchendagem e a politicagem.” (que burragem)

“Na cama dos deputados foram votadas muitas leis.” (imaginem as que foram votadas no banheiro deles!)

“Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia.” (oh god!)

“O que vamos deixar para nossos antecedentes?” (dicionários)

“A fiscalisação tem que ser preservativa.” (Hoje é festa, lá no meu AP ... vai rolar bunda lê-lê)

“Não podem explorar a Amazônia de maneira tão devassaladora.” (neologismo pra devastadora + avassaladora)

EM CARTAZ

Está em cartaz em Paranaguá o filme Sal da Terra, dirigido pelo cineasta paranaense
Eloi Pires Ferreira. O filme teve algumas das suas seqüências filmadas no Porto de Paranaguá.

"O sal da terra" é, na forma de sua essência, um roadmovie. Tomando por cenários as estradas brasileiras e focalizando um contexto gerado pelo gigantismo do Brasil rodoviário, o filme conta a historia de um padre caminhoneiro e suas andanças junto ao povo da estrada.

A produtora do filme e o diretor foram vencedores do 3º Prêmio Estadual de Cinema
e Vídeo, concedido pelo Governo do Estado. O destaque é para a tomada aérea que, para muitos, representa uma das mais belas imagens já feitas do Porto. Uma seqüência importante é ambientada no pátio de triagem da Appa. Antonina tam bém está no filme, com cenas num hospital local e através de dois atores nascidos na cidade (Rafael Camargo e Rosinha de Antonina).

Não deixe de prestigiar.

Local: CineSystem - Condor
Sala 2 - às 14h e às 20h10
(Colaboração: Celso Meira)

quarta-feira, dezembro 17

UIIIIIII UMA BARATA...


 
 
 

BORBOLETAS AO VIVO EM BARRETOS

 Victor & Leo - Borboletas

BACUNAUTAS NA REDE...II

Boa tarde

Gostaria de pedir a ajuda de todos os Antoninenses para que divulguem o estrago que o atual prefeito fez no Bairro do Saivá, lembrando que todos precisam daquele bairro, pois lá no final da rua é o deposito de lixo de toda a cidade.

A rua esta bloqueada com galhos, pedras, cadeiras e os própios moradores estão se revesando para que ninguém passe, a rua esta sem condições, é lama e buracos por toda parte, sem contar que a bela obra da calçada já esta se destruindo, ficando o bairro com a aparencia pior do que já era, isso é um desrespeito com os moradores.

Divulguem em jornal, rádio, televisão, site, e-mail e o melhor de todos o boca a boca, o corpo a corpo, convidem seus amigos a visitarem o bairro e confirmarem o fato, lembrem que se não tiver onde depositar o lixo da cidade, não haverá coleta, ficando a cidade suja com os saquinhos em frente de todas as casas e para as festividades onde todos recebem visitas de parentes e amigos de outras cidades, fica muito feito.

Aos que puderem ajudar, agradeço a colaboração.

Eliane

BACUNAUTAS NA REDE

Boa tarde Neuton,

meu nome é Roni, moro em Curitiba há 8 anos pois como é de conhecimento de todos não existe emprego em Antonina e como todo jovem que quer ter um futuro melhor tive que sair da minha cidade. Mas o assunto não é esse fiquei sabendo por amigos e parentes que esta havendo uma manifestação dos moradores do bairro do Saivá, devido a maravilhosa obra que foi ou esta sendo realizada naquele bairro, onde esta praticamente impossível de transitar tanto de carro, bicicleta, carroça ou a pé. Os moradores estão revoltados com essa situação e fecharam a rua em forma de protesto para quem sabe a Prefeitura possa tomar alguma providencia para melhorar um pouco a vida dos moradores que inclusive nessa época do ano recebem vários amigos e parentes de outras cidades e que irão observar o total desrespeito com os moradores daquele bairro. Sabemos que o atual prefeito não teve competência para fazer algo pela nossa cidade em 3 anos e 11 meses e não será agora faltando (Graças a Deus) 14 dias para ele se mandar de Antonina que ira fazer. Mas como a maioria dos Antoninenses temos a certeza que o PREFEITO Canduca poderá ajudar essas famílias que estão sendo desrespeitadas pelo atual prefeito que ai esta. Deixo aqui o meu apoio aos moradores do bairro do Saivá.

Sem mais

Roni.

REQUIÃO DISTRIBUI BOLSAS PARA MELHORAR A SUA IMAGEM APARTIR DE 2009...





O Bolsa Requião, idéia do governador Requião que está desesperado para melhorar sua imagem no Paraná, foi aprovado em segunda discussão na assembléia hoje pela tarde. A idéia é distribuir R$ 100,00 mensais a jovens para incentivar a "inclusão social". Essa semana, o projeto vai para sanção do próprio e começa a ser distribuído no ano que vem.

Populismo, puro e simples. O Duce apela para ver se consegue recuperar a imagem, que saiu desgastada depois de desobedecer a súmula 13 do STF, insistindo em não demitir seus parentes, e do cargo que arranjou para Maurício Requião, o irmão caçula, como conselheiro do Tribunal de Contas.

COMENTÁRIO

Bacucu contado

Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2008 – 20:20 hs
O Governo Requião descobriu que tinha muitos comissionados na APPA(Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina) e bolou uma programa de aposentadoria voluntário. Como incentivo, Requião decidiu dar mil dólares de bônus por centímetro medido numa linha entre dois pontos quaisquer do corpo do comissionado.
O primeiro comissionado que aceitou pediu para que medissem do alto da cabeça até as pontas dos pés. Ele recebeu um cheque de 180 mil dólares.
O segundo comissionado esticou os braços e pediu para medir a distância entre as pontas dos dedos dos dois braços. Recebeu um cheque de 200 mil dólares.
O terceiro comissionado(da casa), já alertado, disse que queria que medissem da ponta do pênis dele até as bolas do saco.
Depois de muita risada, o examinador(Divino Dino)pediu para o comissionado baixar as calças para ele poder medir.
____Meu Deus! ___esclama o examinador. __Onde estão suas bolas?
O comissionado responde:
___Lá no Porto de Antonina.

Essa, Fábio é só uma estorinha que conta a realidade dos antoninenses. O nosso sistema portuário está "às moscas". Estamos esperando a materialização da famosa "Carta de Puebla", antes que algum estivador cometa suicídio. Requião, poderia mandar um pouco desse dinheirinho para nos ajudar?

(Blog do Fábio Campana)

CELULAR INDISCRETO

ATUALMENTE
Daqui alguns dias faremos outra tomada...

De um antoninense atento.

PERERECA... SERÁ QUE É O C... DO VÉIO?

Com a palavra o conhaquinho e o chorrilho atômico guarapirocabano...
Há quem diga que tem um vírus na cidade atacando determinado tipo de C... todo Cú-idado é pouco.

A MINHA CASA É PEQUENA... MAS A MINHA CAMA É DE CASAL...

(Fonte: jacaré banguela)

terça-feira, dezembro 16

ELE QUER VOLTAR NOS BRAÇOS DO POVOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

PAUTA DIA 18 - 20H: REQUIÃO E LUCIA ARRUDA INAUGURAM RESTAURANTE E SEDE DE ASSOCIAÇÃO NO PORTINHO, EM ANTONINA

O governador Roberto Requião e a presidente do Provopar Ação Social, Lucia Arruda, inauguram nesta quinta-feira (18), às 20 horas, o restaurante e a sede da Associação dos Moradores de Graciosa de Cima, Graciosa de Baixo e Portinho, no município de Antonina, no litoral do Paraná.
O Provopar investiu R$ 600 mil na construção do restaurante, que abrigará a sede administrativa da associação dos moradores, biblioteca, ambulatório médico e odontológico, local para oficinas e venda de artesanato e a sala de entrega do “Leite das Crianças”, num total de quase 400 metros quadrados de área construída. No local, funcionava há 25 anos a associação dos moradores, que conta com aproximadamente 2 mil associados dos três bairros de Antonina.
Com parte dos recursos que obteve no leilão de sobras e resíduos de soja da APPA – Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, o Provopar adquiriu um terreno ao lado da associação e investiu na construção do restaurante e nova sede. Além do mais, investiu outros R$ 150 mil na compra de móveis, equipamentos e utensílios.
Enquanto a obra estava sendo construída, o Provopar realizou curso de artesanato e de culinária na base de pescado, este em parceria com o Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. “Estamos providenciando para que os integrantes da associação tenham cursos na área de gestão, para poderem administrar este espaço que o Provopar está repassando a eles”, destacou Lucia Arruda. Segundo ela, o principal objetivo do projeto é a geração de renda. “Esta comunidade está tendo a oportunidade de melhorar a qualidade de vida, porque o restaurante vai agregar valores a produção de pescado, além de atrair os turistas que freqüentam o litoral do Paraná”.
Serviço: Inauguração do restaurante e da sede da associação dos moradores do Portinho Data: 18/12/2008Horário: 20 HorasLocal: Rua Escoteiro Milton Oribe, s/nº, Bairro do Portinho - Antonina
***
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
KLEBERRRRRRRRRRRRRRRRRRR
VOCÊ NÃO EXISTEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

EXTRA ...EXTRA...EXTRA...EXTRA

O vereador Jeferson de Oliveira Fonseca, de Antonina-PR, teve sua candidatura para 2009/2012 cassada por motivo de compra de votos nas eleições de outubro de 2008.
A ação de impugnação de mandato eletivo foi julgada procedente pela Juíza de Direito da comarca de Antonina, Dra. Gabriela Scabello Milazzo Taques. O vereador também terá que pagar multa de R$ 3.700,00.

O vereador cassado Jeferson Fonseca pode recorrer da decisão no TRE.

A prática da compra de votos, ou da obtenção irregular de sufrágio, representa um dos mais violentos atentados à liberdade de consciência. Esta prática tem como vítimas, quase que exclusivamente, pessoas humildes e pobres. Por isso, tanto o Ministério Público, quanto o Judiciário têm estado vigilantes na repressão dessa prática que atenta contra o livre exercício do voto.

Parabéns a Justiça Antoninense, a população agradece...

ORKUT É UMA MARAVILHA

SEM RUMO!!!


segunda-feira, dezembro 15

SOCIEDADE AMIGA DE ANTONINA

" QUEREMOS UMA CIDADE LIMPA E A NOSSA CONCIÊNCIA LIMPA"

Apartir de hoje foi aberto um link logo à direita do Bacucu com Farinha, trata-se de uma janela a qual o cidadão antoninense poderá registrar tudo o que está acontecendo em sua cidade, queremos que o cidadão antoninense participe, denunciando tudo o que encontrar de irregularidade em nossa cidade, tirem fotos de suas ruas emburacadas, depredação de patrimônio público, matos nas ruas e terrenos baldios, tirem fotos e nos enviem, vamos cobrar por uma cidade limpa e digna para todos nós.

O endereço do e.mail para os envios das fotos é: neutinhopires@ig.com.br

O sucesso de uma boa administração se dá com uma Administração Pública séria e competente e de uma população participativa e que sabe cobrar pelos seus direitos de cidadão.


A HORA DA MUDANÇA CHEGOOOOUUUUUUU!!!!

PIADEX

Sentados em um bar, REQUIÃO e o seu irmão EDUARDO discutem calorosamente, quando chega um guarapirocabano querendo saber o que os dois estavam planejando.

EDUARDO responde:
-Estamos planejando a demissão de 500 estivadores guarapirocabano.
-E como seria isso? quis saber o capelista.
EDUARDO responde:
-Vamos dizer que a crise chegou e estamos demitindo 500 estivadores e 1 caranguejo.
-Um caranguejo? Mas porque 1 caranguejo?

EDUARDO vira-se para REQUIÃO e diz com um ar vitorioso e divertido:

-Está vendo? Ninguém se preocupa com os 500 estivadores guarapirocabano...

EU VOS DECLARO...

Marido e Peito


Gostaria de ver a cara do Padre realizando este casamento...

MACUMBA DA NAMORADA...


(Colaboração do meu amigo Lauro Gouvea)

MELHOR E.MAIL DE CORRENTE...

há algumas correntes de solidariedade que eu acho válido passar , mas esta é para todas aquelas que dizem por exemplo: "seu desejo vai se realizar se mandar pra tanto numero de pessoas"


(Fonte: http://www.recebiporemail.com.br)

PIADA SEM GRAÇA DE SEGUNDA FEIRA

Um cara meio fracote e raquítico pega o elevador.

Junto com ele entra um negão imenso. O cara fica meio assustado com o tamanho do negão e o olhade cima abaixo. O negão percebe e fala:
- Tenho 2 metros de altura, 180 quilos, 30 centímetros depênis, o saco pesa 3 quilos, FELIPE COSTA, seu criado!
O cara fracote e raquítico cai duro e desmaia. O negão então dá uns tapas na cara do coitado, acorda-oe lhe pergunta:
- O que houve cara, por que voce desmaiou?
O cara ainda meio desacordado responde:
- Desculpe, o que foi mesmo que você disse?
- Eu disse:
- Tenho 2 metros de altura, 180 quilos, 30centimetros de pênis, o saco pesa 3 quilos, FELIPE COSTA, seu criado.
- Ah! Gracas a Deus... Eu tinha entendido, FIQUE DE COSTA, seu viado....

OLHA O NÍVEL DE ESTRESSE QUE UM TCC PODE CAUSAR...

(Trabalho de Conclusão de Curso)

Recebi por e.mail esta solicitação para um trabalho de conclusão de curso do Luis Carlos da Silva (Luisinho/Inglaterra), vale apena ler até o fim...


Pedido dos Alunos do Mackenzie ao Café Pilão:

Prezados Srs.,

gostaria de verificar a possibilidade da realização de uma entrevista com o responsável pela Área de Marketing a respeito do mercado de café tipo exportação no Brasil. Eu e meus colegas somos alunos do curso de Administração/Comércio Exterior da Universidade Mackenzie e temos como tema do trabalho de conclusão de curso a influência do selo 'tipo exportação' no consumo de café no Brasil. A idéia é estudarmos os efeitos do produto exportável no mercado doméstico e por isso selecionamos profissionais do mercado de café cuja opinião nos seria de algum valor. A entrevista seria agendada conforme a disponibilidade da sua empresa e não levaria mais do que 1h. Aguardo um retorno, e desde já agradeço.

Resposta do Café Pilão:

Agradecemos o seu contato e o seu interesse no nosso Café Pilão. Informamos que nós, do Café Pilão, possuíamos uma política para divulgação das informações sobre os nossos produtos e sobre a nossa empresa.
Desta forma, disponibilizamos o site para que o estudante tenha acesso às informações sobre a marca do produto e a empresa possíveis de serem divulgadas. Você poderá acessar nossa página pelo endereço: (http://www.cafepilao.com.br) Esperamos que você possa apreciar o site do Café Pilão, pois ele foi especialmente desenvolvido com todo carinho para você! Mais uma vez agradecemos o seu contato e colocamos o Serviço de Atendimento ao Consumidor a sua disposição.

Um abraço, Gledes de Souza.
Serviço de Atendimento ao Consumidor.

Réplica dos alunos:

Prezado Sr. Gledes de Souza,
somos alunos do último semestre do curso de Administração/COMEX da Universidade Mackenzie. Embora o nosso curso seja meia-boca, Vsa. seja meia-boca e essa água suja que vocês chamam de café seja meia-boca, nós não o somos e a nossa paciência se esgotou. Como Vsa. não deve saber o que é stress, pois a sua existência medíocre não prevê a transposição de limites, prazos, etc, eu gostaria de, em poucas linhas, escrever que é muito foda ralarmos para pagar a facu, mantermos nossos empregos, tentarmos minimamente concluir os trabalhos que sempre deixamos atrasar e ainda termos que aturar respostas imbecis como a que Vsa. nos mandou.
Para tentar fazê-lo perceber o quão estúpida foi a sua atitude, segue um silogismo bem didático, com a seqüência de raciocínio que o seu cérebro de amendoim deveria ter feito:

1. a minha mensagem chegou por meio do site do Café Pilão, portanto eu tenho acesso à Internet
2. a mensagem foi escrita, logo eu sei escrever
3. se eu sei escrever, muito provavelmente eu saiba ler
4. se eu sei ler, tenho acesso à Internet e acessei o site do Café Pilão p/ escrever a mensagem, eu vi o que havia escrito lá
5. se eu me dei ao trabalho de escrever uma merda de mensagem para uma banca de idiotas do serviço de atendimento, é porque eu preciso de algo ALÉM do que está no site.
Ficou claro?
Portanto, meu amigo, eu penso sinceramente que pessoas como Vsa. deveriam ser esterilizadas ao nascer, pois assim pouparíamos as futuras gerações do convívio desgastante que hoje somos obrigados a manter, em nome dos direitos humanos e da civilidade. Por fim, segue um conselho e um pedido. O conselho é que Vsa. se mate o mais rápido possível, e o pedido é que, antes de se matar, você vá tomar no C...

Tréplica do Diretor de Marketing do Café Pilão

Prezados Formandos:

Como vocês já devem ter percebido, cometeram vários erros na sua solicitação, imperdoáveis em alunos que estão saindo dos bancos de uma universidade para o mercado de trabalho..

Erro 1

Vocês tentaram estabelecer contato com uma grande empresa usando o canal de comunicação errado, ou seja, o SAC, Serviço de Atendimento ao Consumidor. Se vocês já tivessem recebido a graça de um estágio numa empresa medianamente organizada, este fato, além de transformá-los em alvo de piada, jamais lhes renderia um emprego na alta administração, nem menos no telemarketing que é onde as empresas atendem idiotas iguais a vocês.

Erro 2

Vocês também revelaram grande amadorismo em fazer este tipo de contato por e-mail, como se em alguma empresa houvesse profissionais prontos para responder pedidos de filhinhos de papai que deixam os seus trabalhos de aula para a última hora, porque ficam fumando maconha, correndo gatinhas e torrando a grana da família nos botecos da vida. Existe um equipamento
chamado telefone, que é atendido por uma profissional chamada telefonista. Aqui na Pilão, casualmente, a telefonista é uma diplomada em Administração pela Mackenzie, com ênfase em Comércio Exterior , que, por suas raízes, certamente abriria as portas para vocês.

Erro 3

O trabalho proposto por vocês é de uma inutilidade espantosa, uma prova de total incompetência para quem está obtendo um diploma de bacharel em administração. Na verdade, é uma pesquisa estúpida e imbecil, pois utiliza uma metodologia completamente errada – 'entrevistas com profissionais do café ' para'estudar os efeitos do produto exportável no mercado
doméstico'. Garotos, este tema já foi pesquisado há 10 anos atrás e não tem mais a mínima importância depois que Collor de Mello abriu as fronteiras do Brasil. Naquele tempo, aliás, os jovens, além de estudiosos, também eram politizados. Vocês já ouviram falar dos 'caras pintadas' ou acham que isso é apenas um apelido para palhaços como vocês?

Espero, com esta resposta, estar contribuindo para a formação de vocês. Mas, se esta resposta não lhes servir como uma pequena lição, fiquem tranqüilos. Entrem novamente em nosso site e conheçam os nossos projetos sociais, destinados a recuperar jovens drogados, a fazer inclusão digital (ensina inclusive a usar a internet) e a tratar problemas sexuais em jovens estudantes.
Ah, antes que esqueça, abriu uma oportunidade de estágio para formandos em Comércio Exterior aqui na empresa: na Namíbia. Sabemos que é no C... do mundo, mas como vocês merecem tomar no C.., é um bom lugar.

Atenciosamente.

Jairo Soares
Diretor de Marketing