segunda-feira, abril 4

CARTA ABERTA AO PASTOR E DEPUTADO MARCOS FELICIANO

O BcF reproduz o e.mail do amigo navegante Paulo Cequinel...

Esta carta aberta está em meu blog: prcequinel.blogspot.com
PAULO ROBERTO CEQUINEL


CARTA ABERTA AO PASTOR E DEPUTADO MARCOS FELICIANO

1. A Constituição Federal é maior e infinitamente mais importante que a bíblia ou qualquer outro livro supostamente divino ou sagrado porque, já em seu artigo 1º, assenta que o Brasil tem como um dos seus princípios fundamentais a dignidade da pessoa humana.

2. Já a sua bíblia defende explicita e claramente a escravidão, para citar apenas um exemplo que me ocorre, e você, pastorzinho homofóbico de merda, proclama e canta e garante que os africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé, e que isto é um fato, e que tal maldição, e de novo recorro à sua inacreditável fé obtusa, explica os problemas todos vividos pela África. Vale dizer, pastorzinho homofóbico de bosta, que você e sua manada negam em nome de um deus que sequer existe qualquer condição inata de dignidade aos africanos, concedendo-lhes a redenção, entretanto, - oh, o deus inexistente é tão misericordioso -, se aceitarem cristo ou besteira assemelhada. Eu, de cachola de poucas luzes, fico com a dignidade que nossa lei maior proclama e nos impõe buscar e me permito, comendo minhas goiabinhas regulamentares, acrescentar mais um problema ao rol dos desafios da nossa África: livrar-se da invasão dos missionários que oferecem aos africanos a tal da redenção em cristo desde que, é claro, deixem uma graninha nas suas indefectíveis e imorais sacolinhas coletoras de coisas daqueles que nada possuem.

3. Meu filho mais novo é gay e, por amá-lo incondicionalmente, tenho o dever irrenunciável de protegê-lo de ataques de gente da sua laia porque, que fique claro, a dor que ele sentir, de qualquer tipo, será também a minha dor e eu não posso permitir que meu menino sofra. Seu deus inexistente, pastorzinho-monte-de-estrume, diz que meu filho é amaldiçoado, e você ecoa estas merdas, e você proclama que ofender meu filho, seu filho-da-puta homofóbico, é um direito seu e da sua manada de cristãos bovinos que tangidos, como é próprio, babam bovinamente.

4. No que depender das minhas forças declaro que não será ele que ficará acuado pelo preconceito, pela intolerância e pela violência. Ao contrário, vocês é que haverão de sentir-se constrangidos e acuados, e isso será feito, sempre, nos meus termos, ou sendo bem mais claro: quem, segundo meu juízo e entendimento, ofender, constranger ou ameaçar meu filho, por qualquer meio em qualquer lugar, estará autorizando resposta pronta e rápida de minha parte: bateu, pastorzinho homofóbico canalha, levou, e comigo não tem essa conversa mole de oferecer a outra face.

5. Recuso-me terminantemente a considerar um energúmeno da sua extração merecedor do tratamento protocolar de Vossa Excelência, pois isso seria afronta e grosseria ao digno deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) e, também, porque um patife como você que diz que meu filho e eu temos ‘sentimentos homoafetivos podres’ mereceria tratamento respeitoso, seu homofóbico de merda?
6. Se entendi direito, você é pastor da Assembleia de Deus, e – quioispariu! -, é cantor, ou seja, além de nos encher o saco obrando as baboseiras religiosas que ofendem o senso comum, você canta as porcarias todas do gospel-gosmento, abusando infinitamente da nossa paciência. Quiospariu, pastorzinho indecente, poupe-nos da sua cascata de porcarias!

7. Você disse que “a podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, a rejeição”, e eu afirmo que meu filho e o povo LGTB não têm “sentimentos podres” de qualquer tipo e, que fique bem claro, seu homofóbico filho-da-puta, o que produz ódio, rejeição e crime não são os sentimentos homoafetivos, é gente da sua laia que provoca essas coisas, seus lazarentos. Sentimentos podres, emérito calhorda e monumental filho-da-puta, inundam em verdade sua cabeça depois de ter sido tomada por esta fé insana, doentia, obtusa e perigosa.

8. Não seja assim mentiroso que o seu deus, mesmo inexistente, pode não gostar. O deputado Jean Willys não chamou a bancada evangélica para nenhuma guerra. Pelo que sei, apenas confirmou compromisso explicitamente assumido em sua campanha, o de que o seu mandato seria espaço de discussão, defesa e de luta pelos direitos dos homens e mulheres LGBT. Vocês, bando de cagões religiosos que constituem perigosa tropa do atraso e da escuridão é que declararam a tal guerra, e isso faz muito tempo. E você, especificamente, bradou no último dia 31 de março: “Conclamo a Mídia Cristã responsável, pois existem também no nosso meio cristão uma MIDIA MARROM, inescrupulosa, baixa, irresponsável e leviana, que se alimenta de especulações e fofocagens! Nesse momento não é o meu nome que está em jogo, nesse momento estão em jogo comigo MILHÕES DE CRISTÃOS QUE LUTAM PELA FAMILIA ASSIM COMO EU.” Ou seja, você escreve uma montanha de merdas e, em face da justa reação das pessoas de bem, trata de convocar uma espécie de cruzada. Era só que nos faltava, pastorzinho homofóbico, pulha e racista.

9. Não sei se você sabe, eminente produtor de interpretações safadas da bíblia, mas sexualidade não é escolha ou opção, é fato da vida e ponto final. Meu filho não é nenhum criminoso, ou anormal, não precisa de cura e é, claramente, um menino honesto e bom, amoroso, que respeita sua família, que gosta de trabalhar coletivamente, mas, para gente estúpida e abostada como você, ele deve esconder-se, anular-se, negar-se, envergonhar-se. Proclamo que meu menino, enquanto eu estiver por aqui, exercerá abertamente o definitivo direito de viver sua sexualidade e sua vida, e sua busca por felicidade, e anuncio que dele me orgulho, dentre outras razões, exata e precisamente por ter decidido não esconder-se. Meu guri, além do mais, tem coragem.

10. Sou ateu e isso nunca teve, e não tem, nenhuma importância, e sempre respeitei, deputadozinho produtor de cocô pretensamente santo, a fé professada pelas pessoas, e tenho muitos amigos que são fervorosamente evangélicos ou católicos, e mesmo meu menino Jean acredita em um deus. Agora, quem proclama, como você, que os povos africanos são amaldiçoados por um deus inexistente por terem uma religião diferente da cristã, deve merecer de minha parte combate frontal e direto. Quem é capaz de crer neste tipo de porcaria e de, lendo no livro das inutilidades, sandices supostamente divinas que poderiam lhes conferir uma espécie de ‘direito’ de serem intolerantes e preconceituosos contra o povo LGTB, bem, você e outros religiosos de merda não terão de minha parte nenhuma condescendência: para jaguaras da sua espécie, saiba, do pescoço pra baixo é canela.

11. Se você decidir processar-me devo dizer que repetirei diante de qualquer juiz o que escrevi, de modo que vamos lá, bostinha rançoso e lídimo representante do atraso e das trevas, anote aí: sou Paulo Roberto Cequinel, RG 847.060-0/PR, aposentado, residente à Rua João Leão, 324, Bairro Batel, 83370-000, e posso ser encontrado facilmente no fórum da Comarca de Antonina/PR, à Travessa Ildefonso, 115, onde faço trabalho voluntário de assistência aos presos e, como minha sala fica exatamente ao lado da dos Oficiais de Justiça, serei rapidamente alcançado pelo longo braço da lei.

12. Há entretanto em sua vida, pastorzinho jaguara, homofóbico e filho-da-puta, um problema insolúvel, e nem seu deus inexistente dele dará conta. Não existe no mundo juiz que me obrigue a acreditar que você NÃO É um pulha e um pústula. Simples assim, seu bosta: você é um pulha e um pústula.

Ao tempo em que reafirmo minha integral indignação e repúdio, esclareço que esta carta aberta tem por escopo defender irrestritamente a integridade moral e a imagem do meu filho. Filho-da-puta algum que ouse fazer isso pode achar que ficará sem resposta.

PAULO ROBERTO CEQUINEL

PS 1: Seu sorriso sestroso, seu cocozão homofóbico e racista, é tão verdadeiro quanto uma nota de 3 reais.

15 comentários:

  1. Meu Deus! Como é lindo esse pastor.

    ResponderExcluir
  2. Meu querido amigo Cequinel.

    É com muito pesar que leio, ou diga-se melhor, "TENTEI" ler seu péssimo artigo. Creio que qualquer manifestação política ou religiosa, é sim, ato próprio e digno de qualquer cidadão. Ocorre que, sem motivo justo, pautado em acusações torpes e frustradas à Bíblia e às religiões (todas, inclusive!) deixa qualquer manifestação inócua e sem razão. Ora, se não crees no Divino livro, porque então ofendê-lo? será porque não tens brio para lê-lo e apreciá-lo, ou sequer compreendê-lo? Ou ainda, por seu amado filho NÃO seguir os padrões sociais? EM análise a seu TEXTO (se é que pode ser chamado como tal), nota-se aviltosa revolta e ódio em seu coração, talvez, sinceramente, porque gostaría que sua vida fosse diferente... Pois bem, talvez seja você tão infeliz que não consigo sequer explanar sobre qualquer outro cidadão. Sem mais...

    ResponderExcluir
  3. Meu Pai,
    isso é uma carta aberta ou uma LATRINA?
    Tem cara prá tudo, se faz isso com Deus, imagine conosco.

    Desprazer, em tentar ler.

    ResponderExcluir
  4. Coitada de Antonina, parece curva de rio, encosta muita TRANQUEIRA.
    Só pela caridade; só pela misericórdia; só por Lázaro.

    ResponderExcluir
  5. Paulo Roberto Cequinel Junior6 de abril de 2011 10:48

    O mais nauseante é a não hombridade de se identificar, falar com a cara limpa, ter coragem, tipico desse pessoalzinho.

    "Meu Pai,
    isso é uma carta aberta ou uma LATRINA?
    Tem cara prá tudo, se faz isso com Deus, imagine conosco.

    Desprazer, em tentar ler."

    O engraçado é que não foram os ateus que dizimaram os indios, astecas, mutilam mulheres no oriente medio, em nome de um DEUS!!

    Paulo Roberto Cequinel Junior

    ResponderExcluir
  6. DESAFIO AO REDATOR DO BACUCU.

    A MUITO TEMPO VENHO ACOMPANHADO A SUA LINHA DE ATAQUE CONTRA TODAS AS RELIGIÕES,ONDE TANTO O SENHOR COMO O OUTRO BLOGUISTA QUE SE DIZ ATEU VEM BRATICANDO. QUE TAL ABRI UMA CAMPANHA DIRETA CONTRA O ALCORÃO E SEUS SEGUIDORES ,FAZENDO O QUE VOCEIS FAZEM COM A BÍBLIA.

    ResponderExcluir
  7. "DESAFIO AO REDATOR DO BACUCU.

    A MUITO TEMPO VENHO ACOMPANHADO A SUA LINHA DE ATAQUE CONTRA TODAS AS RELIGIÕES",

    Meu senhor, ou minha senhora...

    A questão não é essa, a tal linha de ataque..., isso tudo é relativo... tudo depende do ponto de vista que você encara a realidade religiosa... portanto, para mim sem medo de errar, esta realidade chamada religião... não serve para nada.

    Veja bem, como poderemos acreditar tanto no Deus da Bíblia, quanto no Deus do Alcorão? Deuses que amaldiçoam a humanidade, Deuses que erram, e olha, erram feio. Deuses que eceitam fanáticos religiosos cometerem as maiores barbaridades.

    Você deve ser aquela pessoa que acredita que não cai uma folha sem a permissão do seu Deus? Acertei?

    Como é que o seu Deus permitiu que este fanático religioso, psicopata, esquizofrenico, sociopata, Wellington de matar tantos jovens nesta tragédia em Realengo/RJ??? O maluco... pela sua carta, acredito que ele professava tanto o Ilamismo (Alcorão) quanto o Cristianismo (Paulinismo), (Bíblia)... porém, faz uma salada de frutae mistura cebola no meio... em alguns trechos religiosos referente após a sua morte.

    Mas, voltemos ao assunto referente ao Alcorão e Bíblia...

    Veja bem o que diz a sua bíblia referente a humanidade:

    Em Gênesis 3:16-23 e Romanos 5:18, ela (sua Bíblia) atribui à Deus ter amaldiçoado toda a humanidade e a criação devido ao ato de duas pessoas, Adão e Eva. Pode???

    Tem mais:

    Ter afogado mulheres grávidas, crianças inocentes e animais na ocasião do Dilúvio (Pereceu toda carne que se move sobre a terra - Gênesis 7:20-23); Ter atormentado os Egípcios e seus animais com pragas e doenças por ter o Faraó se recusado a deixar os Israelitas deixar o Egito (Êxodos 9:8-11,25); Ter matado crianças egípcias na época da Páscoa (No meio da noite Deus feriu todos os primogênitos na terra do Egito... e houve grande clamor no Egito por não haver casa onde não houvesse um morto); Depois do Êxodos ter ordenado aos Israelitas aniquilar sem piedade os homens, mulheres e crianças de sete nações e roubar suas terras, demolir seus altares, despedaçar seus postes sagrados e queimar seus ídolos (Deuteronomio 7:1-2); ter matado o filho do Rei David por causa do adultério de David com Betsabéia (Samuel II 12:13-18); ter solicitado a tortura e o assassinato de seu próprio filho (Romanos 3:24-25) e ter prometido enviar para o sofrimento eterno todas as pessoas que não aceitassem o Cristianismo (Revelações 21:8).

    Em Números capítulo 31, o Senhor indica sua aprovação para a ordem dada por Moisés, nos versículos 17 e 18, no que diz respeito a maneira pela qual os soldados israelitas deveriam tratar mulheres e crianças capturadas na guerra: "Matai portanto todas as crianças do sexo masculino. Matai também todas as mulheres que conheceram varão, coabitando com ele. Não conserveis com vida senão as meninas que não coabitaram com homem e elas serão vossas."

    ResponderExcluir
  8. E continua a matança...

    Isaías 13:9,15-18 contem esta mensagem do Senhor: "Eis o dia do Senhor que vem implacável e com ele o furor ardente da ira... Todo aquele que for encontrado será trespassado... As tuas crianças serão despedaçadas sob os seus olhos, as suas casas serão saqueadas e as suas mulheres violentadas... Os arcos prostrarão os meninos; eles não terão pena das criancinhas, os seus olhos não pouparão os filhinhos".

    E tem mais:

    O Deus da Bíblia também apresenta outras tendências sádicas com diversos outros métodos para atormentar o inocente. Ele abre a terra para soterrar famílias inteiras (Números 16:27-32); lança o fogo para a destruição das pessoas (Leviticos 10:1-2; Números 11:1-2); manda animais selvagens tais como ursos (Reis II 2:23-24), leões (Reis II 17:24-25), e serpentes (Números 21:6) sobre as pessoas; autoriza a escravidão (Leviticus 25:44-46); ordena a perseguição religiosa (Deuteronomio 13:12-16); causa o canibalismo ( Eu farei que eles devorem a carne de seus filhos e a carne de suas filhas - Jeremias 19:9); e exige o sacrifício de animais como meio de expiação dos pecados de seus proprietários (Exodus 29-36).

    Além de causar o sofrimento de inocentes, outro tipo de crueldade que a o Deus bíblico pratica é o de infligir castigos totalmente desproporcionais aos atos pelos quais tais castigos são aplicados. Em nosso sistema de direito atual, extrema desproporção dentre castigo e ato cometido é considerada uma violação dos direitos humanos. Alguns atos triviais são punidos com a pena de morte:

    No velho Testamento, o Senhor prescreve a execução como punição para o "crime" de se trabalhar nos sábados (Exodus 31:15); por praguejar contra os pais (Levíticos 20:9); por adorar outros deuses (Deuterenômio 17:2-5); por ser um bruxo, médium ou mago (Exodus 22:18, Levíticos 20:27); por envolver-se em atos homossexuais (Levíticos 13:6-10) e não ser virgem no dia do casamento (Deuteronomio 22: 20-21). Certamente, pedir a pena de morte para tais atos é rejeitar a noção de que a severidade de um castigo deve manter alguma proporção com a ofensa praticada.

    Quer mais ou já deu para satisfazer sua curiosidade???

    Um abraço...

    Áh!!! Tá, você deve estar se perguntando sobre o Alcorão???

    Esta matança é mais antiga, a desgraça vem desde os tempos de Maomé.

    Veja bem, quando Maomé chegou à cidade de Medina para a governar, haviam três tribos de judeus naquela cidade. Duas tribos que tiveram a idéia de se oporem a Maomé pagaram com um brutal extermínio, seguido pelo confisco dos bens dos judeus e da venda das judias e suas crianças como escravos. Uma das tribos de judeus de Medina, que tanto apoiara Maomé principalmente com dinheiro seria depois devidamente "paga" por tão grande favor. Tão logo teve força para isto, Maomé mandou massacrar os judeus que tanto o haviam apoiado. Os sobreviventes do massacre de judeus foram vendidos como escravos. Os bens foram de novo confiscados e Maomé como sempre ficou com 20% do apurado. No Alcorão a Sura 33:25 por sinal é uma louvação destes atos de Maomé, com o devido agradecimento a Alá, pela matança de judeus. Engana-se quem acha que as brigas de maomos com judeus tenham começado com a criação do estado de Israel. Toda a briga começou com Maomé e não terminou até hoje.

    Então, até hoje continuam matando tanto em nome de Deus como em nome de Alá.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Tenho 47 anos e posso dizer que as e religioes mais separam do que unem as pessoas .Vi muita gente mudando de religiao qdo as coisas nao acontecem em suas vidas . Eu acredito em um ditado que diz: cada um tem a sorte que merece...a ultimaa vez que fui a igreja numa missa de 7 dia do meu falecido tio,o padre perguntou quem poderia ficar na vigilia das 20 hrs ate as 6hrs da manha do dia seguinte ,é mole ficar rezando pela paz mundial ,eu que sou um pecador assumido? outra coisa vc nao precisa ir na igreja pedir ,Deus sabe do que vc precisa e merece ... obrigado pela atençao..

    ResponderExcluir
  10. Neutinho

    Gosto do assunto religião apesar de ter pais católicos e ser criado nessa doutrina não tenho muito interesse de seguir uma relião especifica. Acho que conforme o anônimo das 22:22 hs disse hoje a religiõ está mais desligando doque religando. Vejo que você segue uma linha conforme você mesmo acha ser a mais correta. Não vou questiona-lo acho que você quando fala em religião fala com certa propriedade e sabedoria, Mas gostaria da sua opinião a respeito do assunto. Por que existe tantas religiões se Deus é um só. Neutinho você poderia nos informar? Gosto do seu blog e gosto muito quando você aborda sobre este assunto.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. GOSTO DE PESSOAS DE CORAGEM QUANDO ASSUMEM O SEU REAL PENSAMENTO, PRINCIPALMENTE QUANDO O ASSUNTO É RELIGIÃO. SOU ESPIRITA DE FORMAÇÃO CATÓLICA MAS TAMBÉM NÃO ACEITO O QUE ESTÃO FAZENDO COM A RELIGIÃO NOS DIAS DE HOJE. tANTO DEUS QUANTO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO VIRARAM GAROTOS PROPAGANDAS NAS MÃOS TANTO DE PADRES QUANTO DE PASTORES. HOJE NOSSOS MENTORES RELIGIOSOS SÓ PENSAM EM GANHAR DINHEIRO EM NOME DE JESUS E DEUS. E O POVO CONTINUA CAINDO NESSA FARSA DOS FALSOS PROFETAS. NÃO AGUENTO TAMBÉM LIGAR A TELEVISÃO E VER O SENHOR MALAFAIA, VALDOMIRO PEREIRA, RR SOARES E TANTOS OUTROS ILUDINDO AS PESSOAS EM NOME DE DEUS.

    GRATO

    JOÃO LUIS - PINHAIS

    ResponderExcluir
  12. Por que existem tantas religiões?

    Já li a respeito que existem aproximadamente uma 15 religiões principais, se é que podemos chamar tantas religiões assim de principais...

    ... e pasmem, aproximadamente umas 12 mil seitas existentem... o problema de tudo isso, e está se tornando regra, na maioria das vezes os desenvolvimentos de novos grupos religiosos não estão se dando por uma aceitação divina... e sim pelo que o Padre, Pastor e outros digamos mentores religiosos mostram os modos diferentes de apresentar a verdade religiosa. Porém, o cristão (Cristianismo/Paulinismo) não segue a risca os ensinamentos da sua Bíblia, ao contrário, passaram a seguir os homens em vez de escutarem a seu próprio Deus. O que particularmente acho coerente, pois, se o cristão (Cristianismo/Paulinismo) for seguir a risca as escrituras "Sagradas", sai de baixo... principalmente o velho testamento, sairíamos matando todo mundo... Veja bem, estou lhe repondendo referente a sua pergunta "Por que existem tantas religiões?"

    Quanto a isso, de alguns criarem o seu Deus segundo sua própria vontade, vai de cada um, deva ser por causa disso que existem tantas religiões, não sou a pessoa específica para estar palpitando... sou cético quanto ao assunto religião... rss

    Então, se o Divino Espírito e Único Santo ( a sigla da palavra DEUS) realmente tivesse criado uma religião, esta seria a única religião...
    ... não poderia haver diversas religiões, pois todas são doutrinas contrarias entre si.

    Não pode haver contratição se tratando do assunto religião, uma coisa não pode ser e deixar de ser ao mesmo tempo sob o mesmo aspecto.

    Um exemplo:

    Deus não pode ter revelado para uns que a alma é imortal e para outros que ela é mortal, que o inferno existe para uns e para outros que não existe... ok?

    Veja bem, existe um exemplo específico de tudo isso que lhe acabei de dizer...

    Segundo um tal de João escreveu em Jo 14:6

    Que um certo Galileu disse:

    "Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim".

    Já um tal de Lucas em 17:20-21, ouviu este mesmo Galileu dizer quando...

    ...“interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, o Galileu lhes respondeu:

    Não vem o reino de Deus com visível aparência. Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Porque o reino de Deus está dentro de vós”

    ... ou seja, vamos ao Reino através do Galileu, ou através de nós mesmo?

    Já o outro Reino, podemos ir pela 277, ou pela estrada velha da Graciosa...

    Um abraço e continue acessando a bagaça.

    ResponderExcluir
  13. Neuton, conheço o Cequinel e sei a pessoa de bem que ele é. Que todos tivessem a coragem que ele tem. O amigo Paulo é contundente, mas joga limpo, coisa que muitos cristãos não fazem. O grande problema não é a religião e sim aqueles que a utilizam para cometer atos de violência e oprimir o povo através do medo e da culpa. Respeito quem não quer trabalhar no sábado, como acredito que ninguém é mal porque é ateu (e sou um deles) ou bom por ser um teista e vice versa.
    Luiz Henrique

    ResponderExcluir
  14. NEUTINHO SEU BLOG UM DIA FOI BOM HOJE NÃO DA NEI VONTADE DE LER POIS SO SERVE PARA DESABAFO DE MAL AMADO VALEU NAO SEI OQUE ESTA PESSOAS AINDA ESTÃO FAZENDO NA NOSSA QUERIDA ANTONINA.

    ResponderExcluir
  15. http://www.youtube.com/watch?v=bT0B8eDHIUI&feature=player_embedded

    ResponderExcluir

COMENTÁRIOS SOMENTE COM CONTAS NO GOOGLE